1539 – BMDG Instrumental premiará quatro músicos mineiros com R$ 12 mil e duo poços-caldense está no páreo

#MPB #MúsicaInstrumental #PrêmioBDMGInstrumental #BeloHorizonte #PoçosdeCaldas

O BDMG Cultural realizará entre a sexta-feira, 27, e o domingo, 29 de maio, a etapa final do 21º Prêmio BDMG Instrumental evento que chega à maioridade e completa 21 anos de fomento à cena da música instrumental mineira e brasileira. As apresentações dos instrumentistas selecionados ocorrerão no Teatro Sesiminas, em Belo Horizonte, com entrada gratuita.

Na primeira etapa do prêmio, que ocorreu em abril, na sede do BDMG Cultural, foram selecionados por uma comissão formada pela violonista Cláudia Garcia, pelo artista sonoro Marco Scarassatti e pelo músico Thiago Delegado doze músicos finalistas. Eles são: Daniel Souza (guitarra); Duo Rodrigo Mendonça e Flávio Danza (flauta transversal e violão 7 cordas); Ezequiel Piaz (violão 7 cordas); Jaiminho Silva (piano); Lucas Ladeia (cavaquinho); Makely Ka (violão); Nara Pinheiro (flauta transversal); Samy Erick (guitarra e violão); Silas Prado (saxofone e flauta); Ulisses Luciano (trompete);. Wallace Gomes (violão); e Wellington Gama (bandolim). Cada instrumentista defenderá duas composições autorais e um arranjo, como de praxe na história da premiação, nas três noites da finalíssima.

A comissão julgadora da etapa final reunirá Badi Assad, violonista, compositora e arranjadora; Daniel Barbosa, jornalista do Estado de Minas; Deborah Levy, pianista, compositora e arranjadora; Fabiano Fonseca, jornalista do O Tempo; Gê Côrtes, baixista, compositora e arranjadora; Jonatan Nascimento, trompetista, compositor e arranjador; Laura Lopes, programadora de música do Sesc Vila Mariana; Paulo Henrique, jornalista do Hoje em Dia; e Renata Celano, programadora de música do Sesc Consolação, de São Paulo.

Quatro vencedores serão contemplados com R$ 12 mil como prêmio, além de um concerto no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Belo Horizonte, mais uma apresentação no programa Instrumental Sesc Brasil, uma parceria com o Sesc São Paulo, no Teatro Anchieta do Sesc Consolação, na cidade de São Paulo. Também serão escolhidos, como nas edições anteriores da premiação, os dois melhores instrumentistas, dentre todos os músicos participantes. Ganhador do Prêmio Marco Antônio Araújo, com álbum homônimo, o Jamba Trio fará um concerto na noite de 29 de maio, durante a deliberação do júri do 21º Prêmio BDMG Instrumental.

Prêmio Marco Antônio Araújo

Lançado em março de 2021, o álbum Jamba Trio é composto por composições originais que representam o diálogo entre a música instrumental mineira, o jazz e a música erudita. Na estrada há 22 anos, o Jamba Trio é formado originalmente por Írio Junior, Enéias Xavier e Esdra Neném Ferreira. Atualmente, o grupo conta com o baterista Lincoln Cheib. O trabalho homenageia o baterista Esdra Neném Ferreira.

Enéas Xavier, Esdras Neném e Írio Júnior formam o Jamba Trio

O 21º Prêmio BDMG Instrumental e o Prêmio Marco Antônio Araújo são realizados pelo BDMG Cultural, com apoio do Ministério do Turismo, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio do BDMG Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais.

AFINIDADE MUSICAL

O Duo Rodrigo Mendonça e Flávio Danza, de Poços de Caldas, cidade sul- mineira, está entre os seletos compositores de destaque nacional e internacional finalistas desta edição do BMDG Instrumental e se destaca como os demais em termos de arranjo e composição que renovam a linguagem da música instrumental brasileira. Mendonça e Danza são parceiros neste trabalho desde meados de 2021, quando perceberam a afinidade musical entre ambos e a necessidade de externalizarem a arte de ambos por meio da paixão em comum: a música instrumental brasileira.

A partir de uma imersão criativa realizada em meio à pandemia de Covid-19, começaram a surgir as primeiras composições inéditas do duo, traduzidas em arranjos para violão de 7 cordas e flauta transversal. Ainda em 2021, projeto se consolidou com o lançamento de Dois Rios, concerto gravado ao vivo no Teatro Benigno Gaiga Urca, em Poços de Caldas, e lançado em áudio e vídeo nas plataformas digitais.

Atualmente, o duo segue em turnê com este primeiro trabalho, que entre maio e agosto brindará amigos e fãs em apresentações gratuitas em quatro diferentes pontos de Poços de Caldas, com produção da Carvalho Agência Cultural. O projeto foi contemplada no edital de fomento da Secretaria Municipal de Cultura de Poços de Caldas, que viabiliza a realização de ações culturais em espaços descentralizados da cidade como forma de democratizar o acesso à arte e à cultura para toda população local e turistas.

“A indicação como finalista desse importante prêmio representa o reconhecimento de um trabalho que vem sendo construído desde o ano passado”, comentou Danza. “De certa forma, é também um enorme incentivo para a gente continuar compondo e produzindo novos trabalhos.”

Mendonça complementou as palavras do parceiro de estrada: “Estou muito feliz com essa parceria, rolou uma afinidade rapidamente, um encontro de duas vertentes musicais diferentes, e no final surge uma música genuína brasileira. A indicação para a final do BDMG veio coroar esse encontro.”

O Duo também está em fase de pré-produção do seu segundo álbum com previsão de lançamento para o final de 2022. Sua apresentação na finalíssima do BMDG está marcada para a noite do sábado, 28, quando as atrações programadas subirão ao palco a partir das 19 horas.

Para saber mais sobre o Duo, siga-o pelas redes sociais @sax_rodrigo e @flaviodanza.

Programação completa do BMDG Instrumental

Sexta, 27 de maio, a partir das 20 horas

Silas Prado | saxofone e flauta/Daniel Souza | guitarra/Jaiminho Silva | piano/Wallace Gomes | violão/Lucas Ladeia | cavaquinho/Samy Erick | violão e guitarra

Sábado, 28 de maio, a partir das 19 horas

Ulisses Luciano | trompete/Makely Ka | violão/Duo Flávio Danza e Rodrigo Mendonça | flauta transversal e violão 7 cordas/Ezequiel Piaz | violão 7 cordas/Wellington Gama | bandolim/Nara Pinheiro | flauta transversal

Domingo, 29 de maio, a partir das 18 horas

Apresentação dos finalistas/Entrega do Prêmio Marco Antônio Araújo para Jamba Trio/Entrega do Prêmio Flávio Henrique para Pablo Bertola

Pocket show do Jamba Trio, vencedor do Prêmio Marco Antônio Araújo 2022, com o álbum Jamba Trio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.