1551 -Zé Geraldo e Francis Rosa lançam O Poeta e o Violeiro, com a participação de Xangai*

#MPB #Violade10Cordas #ViolaBrasileira #ViolaCaipira #CulturaPopular

*Com Adriana Bueno

Single chega e clipe já estão em plataformas digitais e antecipam chegada do álbum homônimo, programada para o segundo semestre

As plataformas digitais já oferecem aos amantes de Zé Geraldo e de Francis Rosa a canção O Poeta e o Violeiro, canção que celebra um novo encontro entre os dois parceiros e dá nome ao álbum inédito que a dupla planeja lançar no segundo semestre. Um clipe da música também já está disponível na internet, com a participação especial do cantador Eugênio Avelino, o querido Xangai. É o bom baiano que faz a declamação para a entrada dos versos quase autobiográficos “Era uma vez um poeta nascido em solo mineiro/Caminhando pela vida, cruzou com um violeiro/Um completou o outro feito a casa e o terreiro/Plantando e colhendo amor/Saíram do interior pra correr o mundo inteiro”, na voz de ambos que, em 2016, gravaram seu primeiro trabalho juntos, no DVD ao vivo Canções e Versos, lançado pela gravadora Sol do Meio Dia, com distribuição pela Tratore.

Além de Zé Geraldo (voz), Francis Rosa (voz, viola caipira e baixo) e Xangai (declamação), O Poeta e o Violeiro tem os toques de Rafael Schimidt (violão de nylon), João Lima (percussão), Daniel Blando (sanfona), e os vocais de Bia Tucci, Helena Badari, Nô Stopa e Tata Fernandes. O álbum está sendo preparado e sairá nas versões bolachão de vinil (LP) e compacto a laser, além de tocar nas plataformas digitais, após o lançamento de outros dois singles promocionais inéditos.

O Poeta e o Violeiro, lançamento da Sol do Meio Dia, com distribuição da Ingrooves, pode ser pré-salvo em https://ingrv.es/o-poeta-e-o-violeiro-3eu-k; o clipe estreou em 24 de junho, no canal do YouTube de Zé Geraldo (https://youtu.be/xmgEIkvDRjc) ou no canal de Francis Rosa (https://youtu.be/9G9P260xR-w).

Zé Geraldo, nascido em Rodeiro, na Zona da Mata mineira, e criado em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, caiu na estrada cedo. Roqueiro da roça, o cantor e compositor construiu e consolidou sua carreira longe dos grandes holofotes da mídia e conta com um público fiel, que amplifica seus versos e lota os concertos por onde passa. Hoje, aos 76 anos, com mais de 40 anos de estrada, 19 álbuns e 3 DVDs lançados, além de coletâneas, participações e compactos, Zé Geraldo é bússola para uma nova geração de artistas. Canções como Cidadão; Como Diria Dylan; Senhorita; Rio Doce; e Milho aos Pombos, indispensáveis no repertório das apresentações, fazem parte da história da música brasileira.

Francis Rosa, nascido em Joanópolis, na Serra da Mantiqueira, no estado de São Paulo, tem a viola caipira como principal base para suas composições. Violeiro, cantor e compositor, traz em seu repertório canções que traduzem seu amor e respeito pela simplicidade. Com 10 discos lançados, dos quais dois ao vivo, já se apresentou nos mais diversos eventos como praças, auditórios, teatros e manifestações culturais. Suas apresentações remetem os espectadores a um clima bucólico comumente vivido nas rodas de violas em frente a tantas fogueiras nos terreirões deste país.

Xangai é descendente direto do sertanista João Gonçalves da Costa, fundador do Arraial da Conquista, atualmente Vitória da Conquista. Viveu em Vitória da Conquista (BA), onde aos 9 anos de idade conheceu Elomar, que, 10 anos mais velho, tornou-se seu amigo e de quem teve influência musical. Nasceu em Itapebi, em 20 de março de 1948, na zona rural do município, às margens do Rio Jequitinhonha, no extremo Sul da Bahia. Aprendeu a cantar com vaqueiros e cantadores da região, influência que permeou sempre a sua obra.

Filho e neto de sanfoneiros, teve seu primeiro disco, Acontecivento, lançado em 1976 pela gravadora CBS, mas depois seguiu uma carreira independente, desvinculada das grandes gravadoras. É além de cantor, compositor, trovador e violeiro e atuou como ator na novela O velho Chico (Rede Globo, 2016), como o personagem Avelino.

Além dos discos individuais, um em parceria com Renato Teixeira e dois volumes da série Cantoria, resultado de um concerto ao lado de Elomar, Vital Farias e Geraldo Azevedo realizado em 1984, com sua voz penetrante e muito característica, interpreta composições próprias e adaptações do folclore nordestino, em ritmo de xote, cocos e toadas.

Leia mais sobre Zé Geraldo, Francis Rosa e Xangai e conteúdos a eles relacionados ao visitar os links abaixo:

https://barulhodeagua.com/tag/ze-geraldo/

https://barulhodeagua.com/tag/francis-rosa/

https://barulhodeagua.com/tag/xangai/

https://barulhodeagua.com/tag/xangai/

Leia entrevista de Zé Geraldo ao jornalista Antonio Carlos da Fonseca Barbosa para a Revista Ritmo Melodia, publicada em 22 de setembro de 2021:

https://www.ritmomelodia.mus.br/entrevistas/ze-geraldo/

O POETA E O VIOLEIRO (Zé Geraldo e Francis Rosa, com participação de Xangai)

Era uma vez um poeta nascido em solo mineiro/Caminhando pela vida, cruzou com um violeiro/Um completou o outro feito a casa e o terreiro/Plantando e colhendo amor/Saíram do interior pra correr o mundo inteiro/O poeta escrevia versos falando da vida vivida na contramão/O violeiro arrancava notas doídas, saídas da alma e do coração/Num caminho sem destino, sem rumo, sem direção/Cada canto uma saudade/Umas noites na cidade, outras noites no sertão

Oi, poeta!/Oi, violeiro!

Numa venda ou num boteco/Pela noite ou pelo dia/Emoção correndo solta no meio da cantoria/Alguém levantava a mão e gentilmente pedia:/– Poeta, rabisque um verso na parede, feito água, mata a sede, molha o corpo e rega a flor/– Violeiro, senta o dedo na viola, isso é choro que consola. É remédio contra a dor.

Oi, poeta!/Oi, violeiro!

Era uma vez um poeta nascido em solo mineiro/Caminhando pela vida, cruzou com um violeiro/Um completou o outro feito a casa e o terreiro/Plantando e colhendo amor/Saíram do interior pra correr o mundo inteiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.