1567 – Novo disco de Roberto Corrêa (DF) promove refinado e delicado diálogo entre violas tradicionais, como a caipira, e a barroca

#MPB #MúsicadeCâmara #ViolasBrasileiras #ViolaCaipira #ViolaInstrumental #VioladeCantoria #VioladeRepentista #VioladeBuriti #ViolaNordestina #ViolaCaiçara #ViolaBranca #VioladeFandango #ViolaDinâmica #ViolaBarroca #ViolaMachete #ViolaBahiana #VioladoRecôncavo #VioladeCocho #VioladeGamba #ConcertoParaVacaeBoi #CulturaPopular #RumosItaúCultural

Concerto para Vaca e Boi explora as sonoridades do instrumento em duos que também remetem à vida de vaqueiro, com participação de Gustavo Freccia, em projeto contemplado no Rumos Itaú Cultural

Compositor, escritor, pesquisador e um dos mais tarimbados expoentes de todos os tempos entre os músicos que se dedicam à viola caipira e suas variações em território nacional, Roberto Correa (DF) promoverá nesta sexta-feira, 26 de agosto, um concerto virtual (online) para lançamento de Concerto para Vaca e Boi, magistral álbum que promove o diálogo entre várias violas, entre as quais a raríssima viola de gamba, do período barroco-renascentista. Previsto para começar às 20 horas e sem restrições para ao público (o recital poderá ser assistido por qualquer internauta interessado no canal do violeiro informado abaixo ao final desta atualização), o concerto terá a participação de do músico Gustavo Freccia.

No final de 2019, Roberto Corrêa compôs a trilha sonora do longa-metragem Bravos valentes: vaqueiros do Brasil, documentário exibido e disponível em um canal de assinaturas do grupo e uma das maiores emissoras do país. Enquanto se debruçava sobre as composições para o filme, Corrêa decidiu fazer uma música para viola da gamba, instrumento que adora, pois, em sua avaliação, remete ao berro de um boi. “Imaginei duos de violas, algumas violas do Brasil, de certas regiões, e compus algumas peças”, informou. Desta iluminada ideia surgiu o Concerto para Vaca e Boi, que ainda ganhará álbum físico e ficará disponível em todas as plataformas digitais.

O álbum sairá com 12 faixas, o 20º da consagrada carreira de Roberto Corrêa. Neste verdadeiro passeio pela história da viola no Brasil e pelos possíveis usos das diferentes construções desta família de cordofones, ele começou com viola da gamba, mas resolveu ampliar o projeto para todos os tipos presentes de viola no Brasil, seis ao todo. Assim entram no recital as violas de buriti, machete baiana, caiçara, de cocho e a caipira. O Concerto para Vaca e Boi é formado por duos de cada uma dessas violas com a da gamba. É um encontro no tempo de instrumentos antigos, porque essas violas também são instrumentos antigos”, observou o músico, contemplado pelo projeto Rumos Itaú Cultural, um dos principais programas de fomento à cultura no país.

A viola da gamba foi muito popular no período barroco. Hoje, é usada por quem pesquisa e cultua instrumentos antigos. É da família do violão, com afinação parecida, tocada com arco, um pouco maior que o violoncelo, e com sete cordas. “Essa viola tem muitos harmônicos e deu muito certo com as violas brasileiras”, comemorou Corrêa. No disco, Gustavo Freccia, professor da Escola de Música de Brasília (EMB), ficou responsável pela execução da viola de gamba, que se tornou praticamente um protagonista no novo álbum.

Junto com o novo álbum, Corrêa lançará, ainda, livro de partituras e textos dedicados à peça. Concerto para Vaca e Boi: Composições para Violas Brasileiras e Viola da Gamba. Partituras, tablaturas, apontamentos e memórias foi escrito simultaneamente às composições do recital. O livro tem um trecho autobiográfico no qual o violeiro explorou as próprias memórias e descreveu sua relação com os instrumentos. Cada uma das violas ganhou um texto no qual o autor narra seu primeiro contato com elas: “Foi uma imersão muito grande esse processo de criação, de lidar com essas violas”.

O novo livro é o quinto do músico que, em 2019, publicou Viola caipira: das práticas populares à escritura da arte. “Todo esse processo da minha lida com os instrumentos, escrevo. Não só a preparação de cada instrumento. Não é música regional, é música de concerto, de câmara, então os instrumentos foram preparados, muito bem afinados, para soar o melhor possível. E é música complexa, com contrapontos”, Cada viola também teve direito a um videoclipe.

Roberto Corrêa (esquerda), Gustavo Freccia e, entre ambos, as vedetes do Concerto para Vaca e Boi (Crédito: Dalton Camargos)

 

Filho de fazendeiro, Roberto Corrêa passou a infância e a adolescência fascinado com as histórias de boiada. Interessava-se pelo dia a dia dos vaqueiros, pelos bichos, pelo trabalho em si, e não pelo negócio. Concerto para Vaca e Boi, para ele, pode ser uma forma de retorno à própria infância, por isso o título inusitado da peça. “Talvez essa trilha musical (feita para o filme Bravos valentes: vaqueiros do Brasil) tenha me trazido para esse universo da minha infância e adolescência, daí nasceu esse concerto. É como se estivesse fazendo o concerto para uma cultura de boiada, de bois, de moda de viola, que eu sempre tive na minha história. Essa relação com vaqueiros, peões de veadeiro…”

Gustavo Freccia é músico gambista e cantor, com doutorado em Performances Culturais (2021) e mestrado em Música – Canto (2015), ambos pela Universidade Federal de Goiás (UFG). É professor de Viola da Gamba e Música de Câmara na Escola de Música de Brasília (CEP-EMB SEEDF).

Saiba mais e leia outros conteúdos sobre Roberto Corrêa ou a ele relacionados aqui no Barulho d’água Música pelo linque:

https://barulhodeagua.com/tag/roberto-correa/

Concerto para Vaca e Boi

Lançamento na sexta-feira, 26 de agosto, a partir das 20 horas, no canal do Youtube de Roberto Corrêa (https://www.youtube.com/user/CanalRobertoCorrea)

https://www.youtube.com/watch?v=9cwUXt_oKb

M

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.