669 – Chorinho, big band, quinteto de metais, recital e violonista italiano: curta o Musica MCB em outubro. De graça!

pnorama

O Museu da Casa Brasileira (MCB), situado em agradável imóvel situado na avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705, no bairro paulistano de Pinheiros, oferece todos os domingos, às 11 horas, o projeto Música no MCB, por meio do qual o público pode curtir sem pagar ingresso apresentações de variados estilos musicais — do caipira ao erudito, passando pelo jazz contemporâneo e pelo samba, por exemplo. Para a primeira atração de outubro, o palco estará reservado neste dia 4 ao grupo Panorama do Choro Paulistano Contemporâneo, criado pelos percussionistas Yves Finzetto e Roberta Valente com o objetivo de registrar e divulgar a expressão atual do choro produzido em Sampa.

Continue Lendo “669 – Chorinho, big band, quinteto de metais, recital e violonista italiano: curta o Musica MCB em outubro. De graça!”

630 – Trio que Chora e Ione Papas tocam e cantam em festa de nove anos de projeto musical do Aúthos Pagano (SP)

trio que chora arte

Nove anos de atividades do projeto Conversa com Verso do Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano motivaram as coordenadoras Celina Lucas e Lourdes Casquete a convidar o público para participar do evento comemorativo que ocorreu na tarde de sábado, 29 de agosto, com direito a café coletivo e bolo de festa. Antes da confraternização, desfrutando da bela tarde, a plateia curtiu, desta vez do lado de fora, as apresentações do Trio que Chora e da cantora Ione Papas. Marca registrada do Conversa com Verso nesta jornada de quase uma década, as cantorias costumam ser oferecidas em uma das salas do imóvel localizado em arborizada rua do bairro paulistano do Alto da Lapa , a Tomé de Souza. Ao ser transferida para o quintal naquela ocasião especial, tornou-se ainda mais agradável por transcorrer quase que o tempo todo com sábias cantando — acompanhamento inesperado para Marta Ozzetti (flautas), Cássia Maria (percussão) e Rosana Bergamasco (violão), que formam o Trio que Chora, mais Ione Papas.    

Continue Lendo “630 – Trio que Chora e Ione Papas tocam e cantam em festa de nove anos de projeto musical do Aúthos Pagano (SP)”

Thadeu Romano (SP), um dos melhores acordeonistas do país, faz aniversário hoje

 

Hoje, 23, o Barulho d’água Música envia abraços e votos de sucesso ao acordeonista Thadeu Romano, campineiro aniversariante do dia cujas referências são, entre outras, Sivuca e Astor Piazzola.  Iniciou seus estudos em música aos 15 anos e em pouco tempo já se apresentava em concertos para acordeom. Thadeu Romano é um músico inquieto e ávido por novas experiências musicais, da nova safra de músicos talentosos, que transitam pelas mais diferentes formas de gêneros, abrindo uma nova possibilidade para a sanfona. Além de ter feito parte até pouco tempo da banda de Roberta Miranda, costuma acompanhar músicos de calibre como Rodrigo Zanc (Araraquara/SP) e Cláudio Lacerda (São Paulo/SP), e, por apresentar um repertório dos mais ecléticos e abrangentes, que permite que transite facilmente entre o popular e o erudito, já tocou, ainda, com Zizi Possi, Nailor Proveta, André Rass, Guelo, Heraldo do Monte, Luciana Rabello, Fernanda Porto, Fátima Guedes, Peri Ribeiro, Eduardo Gudin, Mafalda Minozzi, Ary Holland, Giba Favery, Fábio Canela, Rodrigo Satter, Naná Vasconcelos, Dona Inah, João Borba, Celia e Celma.

Continue Lendo “Thadeu Romano (SP), um dos melhores acordeonistas do país, faz aniversário hoje”

Almir Côrtes e João Paulo Amaral apresentam Cordal e promovem oficina Cordas Dedilhadas em Sampa

cordal arte 2

Há um filme da carreira de Clint Eastwood na qual ele transforma-se em “outlaw”, Josey Wales, que abandona um sítio perdido do bucólico meio-oeste norte americano, logo após o final da Guerra Civil, e sai caçando os assassinos de sua mulher e do seu filho, gente muito má que acabou com a vida frugal que eles levavam. Um dos que estão na lista do agora implacável pistoleiro é um traíra que, em determinado momento da trama, participa de uma conversa durante a qual alguém do bando afirma ter ouvido falarem que Wales estaria morto. O agora desafeto marcado para morrer, antes amigo, então, saca ligeiro. E dispara: “Não quero ouvir falar que Josey Wales está morto: quero é vê-lo morto!”

Continue Lendo “Almir Côrtes e João Paulo Amaral apresentam Cordal e promovem oficina Cordas Dedilhadas em Sampa”

Jane do Bandolim e Miado do Gato revivem com maestria mestres do chorinho no Sesc Consolação (SP)

janennn
Jane Silvana Corilov é reconhecida dentro e fora do país e desde 1998 porta o título de “Rainha do Bandolim Brasileiro”; sua biografia consta no Livro do Bandolim, com edições na Alemanha e nos Estados Unidos. O nome do quinteto é uma homenagem ao gato Branco, que dormia sobre suas partituras (Foto: Marcelino Lima)

O Barulho d’Água Música acompanhou na noite de segunda-feira, 13, mais uma rodada do Instrumental Sesc Brasil, atração de todas às segundas-feiras do Sesc Consolação (SP). Jane do Bandolim e o Miado do Gato foram os convidados desta vez e recordaram no palco do Teatro Anchieta vários clássicos de autores do chorinho como Jacob do Bandolim, Pixinguinha, Radamés Gnatalli, Ernesto Nazareth. Mais conhecido como sambista, Paulinho da Viola também entrou na roda com a inclusão no repertório da composição Beliscando.

Continue Lendo “Jane do Bandolim e Miado do Gato revivem com maestria mestres do chorinho no Sesc Consolação (SP)”

Paulinho da Viola completa 50 anos de carreira com shows no Sesc Pinheiros (SP)

27
Paulinho da Viola, em 1996, diante da praia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro ( Foto: Leonardo Aversa)

Amigos e seguidores:

A agenda com sugestões de shows que o Barulho d’água Música traz pra vocês neste mês (veja na página inicial) destaca, entre tantas atrações, os shows de Paulinho da Viola, excelência do samba que está completando  50 anos de carreira e preparou um show especial para trazer ao público paulistano do Sesc Pinheiros. A plateia ouvirá clássicos como Dança da Solidão, Sei Lá, MangueiraPecado Capital e Coração Leviano, além de uma coletânea de sambas de compositores que considera os mais importantes da música brasileira, entre os quais Cartola, Nelson Cavaquinho, Noel Rosa, Wilson Batista e Geraldo Pereira.

37
Em foto de 1964, Paulinho da Viola e Anescarzinho (Foto: Site do cantor)

Paulinho da Viola terá acompanhamento  dos músicos João Rabello (violão), Dininho Silva (baixo), Ricardo Costa (bateria), Adriano Souza (piano), Mário Seve (sopros), Celsinho Silva (ritmista), Hercules Nunes (percussão), Muiza Adnet (voz) e Beatriz Faria (voz). Cada show no Teatro Paulo Autran terá duração de 90 minutos e não será permitida entrada após o início do espetáculo. A venda de ingresso está limitada a quatro por pessoa.

 Também sugerimos especial atenção às novas prosas-shows e apresentações do projeto cultural 4 Cantos, formado pelos cantadores Cláudio Lacerda, Luiz Salgado, Rodrigo Zanc e Wilson Teixeira, nas cidades paulistas de Avaré e Botucatu. O  Dandô Circuito de Música Dércio Marques também está de volta à estrada com rodadas no RS e em SP, e, em Poços de Caldas (MG), a dupla gaúcha Kleiton & Kledir vai fazer soar o apito do trem no pátio da estação em mais uma rodada, a segunda, do projeto Composição Ferroviária. Ainda em Minas Gerais, na capital Beagá, Wilson Dias abrirá mais uma edição do projeto Canto & Viola: uma vez por mês, até dezembro, será escalado um dos expoentes da viola caipira do Estado. Entre os nomes já confirmados estão Paulo MourãoBilora Violeiro e Chico Lobo.

 Ainda falando em viola, a agenda traz Neymar Dias e Toninho Ferraguti e quadro com as datas e as cidades nas quais Renato Teixeira estará neste mês.  Ná Ozzetti, Otto, Tom ZéHeraldo do Monte e Wolf Borges também estarão na lista. E no mês do Choro, entre outras homenagens, Jane do Bandolim e O Miado do Gato  farão tributos aos mestres do gênero  Pixinguinha, Chiquinha Gonzaga, Ernesto Nazareth, Anacleto Medeiros, Jacob do Bandolim, Altamiro Carrilho, Waldyr Azevedo e da própria Jane do Bandolim

As dicas que oferecemos são baseadas na programação divulgada por entidades como o Sesc São Paulo e assessorias dos próprios artistas e não nos responsabilizaremos por mudanças de datas, locais e horários após a publicação desta agenda. Sendo assim, observamos que é conveniente sempre entrar em contato, previamente, com os organizadores e locais de espetáculos por meio dos endereços ou telefones fornecidos. Não disponibilizamos entradas para nenhum espetáculo. Para melhor compreensão das legendas, os números ou a letra L (Livre) indicam a classificação etária, G que não há cobrança de entrada e $ que o espetáculo só será visto mediante compra de ingresso cujo valor varia de acordo com a atração.

O blog não cobra para inclusão de espetáculos nesta agenda. Estamos abertos a quem queira nos enviar sua agenda, mas nos reservamos ao direito de avaliar, antes da divulgação, se o artista e sua proposta de show ou projeto se enquadra em nossos critérios. Para assuntos relativos a assessoria de imprensa favor ligar para 11 3766-9006 ou enviar mensagem para barulhodeaguamusica@gmail.com 

1390502789
Toninho Ferraguti (acordeon) e Neymar Dias (viola caipira) serão atração do Sesc Belenzinho/SP (Foto: Laura Del Rey)

1239695_633323143378408_1766679416_nunnamed

Continue Lendo “Paulinho da Viola completa 50 anos de carreira com shows no Sesc Pinheiros (SP)”

Sesc Consolação (SP) reúne mais uma vez Vânia Bastos, Selma Reis e Marcos Paiva em homenagem a Pixinguinha

Selma Reis por Vinícius Campos3
Selma Reis participou de grandes musicais e novelas na TV Globo. O atual CD, Poeta da voz, tem apenas canções de Paulo César Pinheiro. (Foto: Vinícius Campos)

Chorinho Bom, projeto que teve início para marcar 40 anos de falecimento de Pixinguinha, em 2013, vem conseguindo lotação máxima em todas as apresentações. As estrelas deste tributo ao “Mestre do Choro” são as grandes cantoras Vânia Bastos e Selma Reis, que interpretam clássicos da obra única de Pixinguinha. Muita emoção na plateia e no palco. É espetáculo para todas as idades e que terá mais uma sessão no sábado, 28 de março, às 21 horas, no teatro Anchieta, do Sesc Consolação (SP). Ambas serão acompanhadas por  Marcos Paiva (baixo acústico), um dos melhores artistas da nova safra da música instrumental brasileira, que reencontra o Choro neste show e com arranjos lúdicos e criativos mostra a beleza da obra de Pixinguinha de forma bem particular. 

Continue Lendo “Sesc Consolação (SP) reúne mais uma vez Vânia Bastos, Selma Reis e Marcos Paiva em homenagem a Pixinguinha”

Chiquinha Gonzaga é a personagem do blog em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

CG 1
Chiquinha Gonzaga nasceu durante o Segundo Reinado, no Rio de Janeiro, e até morrer atuou por liberdade e por igualdade de direitos entre homens e mulheres, além de defender causas dos músicos e ser a primeira maestrina do país, entre outras atitudes pioneiras e contestadoras. É dela Ó abre-alas, marchinha carnavalesca de 1899 que até hoje embala foliões.

 

O Barulho d’água Música escolheu homenagear como personagem do Dia Internacional da Mulher, que se comemora neste domingo, 8 de março, Francisca Edwiges Neves Gonzaga. O blog entende que a maioria dos amigos e seguidores sabe sobre quem escreveremos. No entanto, para aqueles que a desconhecem, apresentaremos Chiquinha Gonzaga, nome artístico adotado por Francisca no final do século XIX em um período do Segundo Reinado no qual o Rio de Janeiro, onde ela nasceu e era capital do Império, passava por grandes transformações sociais e culturais, embora a mulher ainda vivesse em condições de submissão; entre outros costumes vigentes, podia ser obrigada a contrair matrimônio com um parceiro por ela não escolhido, submetendo-se a interesses das famílias dos cônjuges.

Continue Lendo “Chiquinha Gonzaga é a personagem do blog em homenagem ao Dia Internacional da Mulher”

Jaime Além, paulista de Franca, violeiro, violonista e produtor musical faz aniversário hoje

????????
Jaime Alem produziu vários discos de Maria Bethânia e entre suas obras autorais assina o clássico de viola caipira Dez Cordas e o recente  Meu Relicário (Fotos: Marcelino Lima)

Hoje, 21, é aniversário do paulista de Franca Jaime Alémcantor, compositor, maestro e arranjador até pouco tempo maestro de Maria Bethânia,   por três décadas. Jaime Alem é descendente de libaneses cuja mãe tocava bandolim e tem muito mais trabalho, e de qualidade, a serviço da música brasileira afora aqueles que fez  com a estrela da mpb, iniciado com o disco  dela Nossos Momentos, de 1983. No final de novembro do ano passado foi uma das atrações do Encontro Nacional de Violeiros, realizado na Galeria Olido (SP), onde protagonizou com o violeiro e amigo Osni Ribeiro e o violonista Toninho Porto um momento dos mais marcantes. Com além dedilhando outra viola, o trio tocou ma versão instrumental de Tristeza do Jeca (Angelino de Oliveira)

Continue Lendo “Jaime Além, paulista de Franca, violeiro, violonista e produtor musical faz aniversário hoje”

Elisa Meyer, bandolinista, pianista e compositora do Choro das Três (SP), faz aniversário hoje

10981534_472145646266281_7396677463281462980_n
Elisa com o primeiro bandolim, personalizado, que ganhou das irmãs em 2003 (Foto: Arquivo da família)

Hoje, 18 de fevereiro, o Barulho d’água Música registra o aniversário da multi-instrumentista Elisa Meyer Ferreira, caçula do grupo Choro das Três, de Porto Feliz (SP). Elisa toca bandolim, clarinete, banjo e piano e ao lado das irmãs Corina (flauta e flautim), Lia (violão de 7 cordas) e do pai, Eduardo (pandeiro e percussão), forma o quarteto que despontou para o cenário musical há 13 anos. Desde então, o Choro das Três vem fazendo sucesso em vários programas de rádio e de televisão, com direito a matérias em vários veículos impressos e virtuais, vários concertos Brasil afora e sucessivas turnês nos Estados Unidos.

Continue Lendo “Elisa Meyer, bandolinista, pianista e compositora do Choro das Três (SP), faz aniversário hoje”