Santa Barbara d’Oeste, depois Piracicaba, assistem volta do 4 Cantos ao palco, com prosas-shows e cantorias

10406968_889455457734186_3577313393954721224_n
Rodrigo Zanc, Wilson Teixeira, Cláudio Lacerda e Luiz Salgado em apresentação do 4 Cantos, projeto que começou em 2011 (Foto: Nalu Fernandes)

Os violeiros e amigos Cláudio Lacerda (São Paulo)Luiz Salgado (Patos de Minas-MG)Rodrigo Zanc (São Carlos-SP) e Wilson Teixeira (Avaré-SP), que desde novembro de 2011 formam o o projeto intitulado 4 Cantos estarão de volta ao palco para matarem a saudade de fãs e amigos a partir da tarde da quarta-feira, 10. Neste dia, eles desembarcarão em Santa Barbara d’Oeste, no Interior paulista, para a primeira prosa-show tanto da mini-turnê programada para se estender até a noite de sábado, 13, quando tocarão na vizinha terra da pamonha mais famosa do Brasil, Piracicaba. 

Continue Lendo “Santa Barbara d’Oeste, depois Piracicaba, assistem volta do 4 Cantos ao palco, com prosas-shows e cantorias”

Anúncios

Projeto de Katya Teixeira que percorre o país e homenageia Dércio Marques fatura Prêmio Brasil Criativo

10415645_758842234171000_7335958653913589174_n
Talento, simpatia, generosidade, garra, fé são atributos que rimam com a cantora paulista  Katya Teixeira, agora reconhecidos também pelos organizadores do Prêmio Brasil Criativo, na categoria Artes de Espetáculo/Música (Foto: Mercedes Cumaru)

Olhem ai, povos!

O Dandô – Circuito de Música Dércio Marques,  idealizado pela cantora e compositora Katya Teixeira é o ganhador da categoria Artes de Espetáculo/Música do Prêmio Brasil Criativo, promovido pelo Ministério da Cultura, pelo Projeto Hub e pela 3M. Os prêmios para os 22 projetos vencedores foi entregue no Auditório Ibirapuera, bairro da zona Sul de São Paulo, perante um público de mais de 800 pessoas na noite de quarta-feira, 3 de dezembro.

Ao idealizar em 2013 o “Dandô – Circuito de Música Dércio Marques”, Katya Teixeira pensava em fomentar a circulação de música de inquestionável qualidade por todo o país, reunindo artistas de várias regiões para gerar intercâmbios e novas plateias. Quem já se apresentou possui trabalhos reconhecidos, mas poderia ter uma melhor projeção no panorama nacional e proporcionar às pessoas o acesso à música de qualidade produzida fora da “grande mídia”.

Continue Lendo “Projeto de Katya Teixeira que percorre o país e homenageia Dércio Marques fatura Prêmio Brasil Criativo”

Bambas da viola brasileira encontram-se na Galeria Olido, em São Paulo

Matuto e Indio
Matuto Moderno e Índio Cachoeira (Fotos: Marcelino Lima)

Entre os dias 27 e 29 de novembro quem esteve na Galeria Olido, situada no centro de São Paulo, teve a oportunidade de prestigiar mais uma edição do Encontro Nacional de Violeiros, que há oito anos não ocorria depois de ter sido organizado em Ribeirão Preto. O evento na Capital paulista foi promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e reuniu no palco do antigo cinema parte dos mais expressivos cantores, compositores e expoentes do país que se dedicam à transmissão, à preservação e à divulgação de valores vinculados à viola de dez cordas, seja por meio de sua vertente caipira ou regional, permitindo a plateia conhecer variados ritmos e toques numa verdadeira ode à cultura popular.

Continue Lendo “Bambas da viola brasileira encontram-se na Galeria Olido, em São Paulo”

Wilson Teixeira já canta músicas de novo disco, Casa Aberta, que planeja lançar no primeiro trimestre de 2015

DSC04995w
Wilson Teixeira canta no Julinho Bar Clube, acompanhado por Vinícius Bini (ao fundo), Walter Bini (de preto) e o baterista Drums, trabalha em novo disco, Casa Aberta, que pretende lançar em março de 2015 (Foto: Marcelino Lima)

 

O cantor e compositor Wilson Teixeira (Avaré/SP), conforme o Barulho d’água Música já anunciou em primeira mão, está em estúdio preparando o álbum Casa Aberta, que pretende lançar em março. O disco, que será sucessor do concorrido Almanaque Rural (2007), virá com a tradicional alegria e a viola bem afinada, marcas de Wilson Teixeira. Algumas de suas composições, que vão do clássico caipira ao folk, em algumas ocasiões, também provocam suspiros na plateia que o acompanha, notadamente as fãs, já que sua poética flerta com o romântico, sem no entanto, fazer concessões aos modismos e aos chavões que são rimados na medida para embalar e agradar certos setores do mercado e seu público cativo.

Continue Lendo “Wilson Teixeira já canta músicas de novo disco, Casa Aberta, que planeja lançar no primeiro trimestre de 2015”

Paulo Monarco deixa de raspar a ou bater na trave e fatura edição deste ano do Festival da Alta Mogiana

fam6
Paulo Monarco ocupa o pódio do FAM desde 2012, subindo um degrau por ano até faturar a edição de 2014, com Contenteza (Divulgação/FAM)

 Um veterano do Festival da Alta Mogiana (FAM) faturou o primeiro lugar da sexta edição, encerrada na noite de sábado, 29, nos Estúdios Kaiser de Cinema, em Ribeirão Preto. Paulo Monarco conseguiu o troféu de campeão com Contenteza, música que além do primeiro lugar, com gravação garantida pelos produtores do FAM, rendeu ao intérprete e autor R$ 10 mil do prêmio total de R$ 32,5 mil que os inscritos disputavam. A vencedora da categoria instrumental,  A trilha do duende,  é de Robson Luiz Ribeiro, da cidade anfitriã.

Continue Lendo “Paulo Monarco deixa de raspar a ou bater na trave e fatura edição deste ano do Festival da Alta Mogiana”

João Bosco apresenta em show gratuito sucessos tocados ao violão em quarenta anos de estrada

34668_
O cantor e compositor mineiro há mais de quatro décadas encanta os fãs com músicas que toca acompanhado por seu violão, entre as quais O Bêbado e a Equilibrista, gravada também por Elis Regina (Foto: Divulgação)
João Bosco estará em São Paulo neste sábado, dia 29, para uma apresentação única no SESC Campo Limpo, a partir das 20h30. O público não pagará entrada para curtir o show 40 anos depois, durante o qual o mineiro de Ponte Nova cantará sucessos do seu consagrado repertório marcado por um toque refinado de violão que jazzístico e percussivo, composto por músicas próprias, de Milton Nascimento, Paulinho da Viola, Tom Jobim e Vinícius de Moraes, além de parcerias com Aldir Blanc, entre outros compositores. A lista inclui O Bêbado e a Equilibrista, gravada por Elis Regina, Papel Maché; Corsário; Jade; e Quando o amor acontece, todas aclamadas pelo gosto popular.
O SESC do Campo Limpo fica na rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, a menos de 1.000 metros da estação Campo Limpo do Metrô.

Mineiro, Fabrício Conde extrapola adjetivos como violeiro, escritor e contador de causos repleto de predicados

fabricio e músicos
Márcio Hallack, Fabrício Conde e Zé Nogueira foram atrações de mais uma edição do Instrumental SESC Brasil (Fotos de Marcelino Lima)

Genial. Notável. Impecável. Sim, só que não, ou… não apenas. Seja qual for o adjetivo que se empregue para definir Fabrício Conde ainda será um vocábulo reducionista e que não exprimirá, em toda sua completude, o talento deste mineiro de Juiz de Fora (MG), terra situada lá na Zona da Mata que conheço tão bem e para a qual sempre me arrastam várias das minhas memórias afetivas. E ao buscarmos esta definição a qual Fabrício Conde estaríamos nos referindo? Seria possível haver um Fabrício Conde, violeiro, e outro, poeta, escritor e contador de causos, ou vários, coexistindo? 

Continue Lendo “Mineiro, Fabrício Conde extrapola adjetivos como violeiro, escritor e contador de causos repleto de predicados”

Galeria Olido (SP) recebe encontro da nata de violeiros de vários estados, com entrada franca

Encontro 1w
Fotos: Marcelino Lima

 O virtuosismo e a criatividade de boa parte dos violeiros mais expressivos do Brasil poderão ser conferidos pelo público entre 27 e 29 de novembro no palco da Galeria Olido, o antigo cinema homônimo que fica na avenida São João, 473 (11 3331-8399 ou 11 3397-0171) , Centro de São Paulo, defronte à Capela do Largo do Paysandu e vizinho à Galeria do Rock. A programação que permitirá conhecer diversas afinações e formas de tocar o instrumento será aberta na quinta-feira, dia 27, a partir das 19h30, por Katya Teixeira, que na mesma noite será seguida por Levi Ramiro. Pereira da Viola encerrará a primeira noite.

Matutow
Matuto Moderno (Foto: Ulisses Matandos)

 Mais quatro atrações vão se revezar para entreter a plateia na segunda noite, quando estarão em destaque entre outros o grupo Matuto Moderno, que recentemente completou 15 anos de estrada. Índio Cachoeira, considerado um dos mestres da viola caipira, estará entre elas, além de Os Favoritos da Catira e do Trio Tamoyo.

Continue Lendo “Galeria Olido (SP) recebe encontro da nata de violeiros de vários estados, com entrada franca”

SESC Consolação recebe Fabrício Conde no Teatro Anchieta para nova rodada do Instrumental SESC Brasil

O violeiro Fabrício Conde   fechará a programação de novembro do programa Instrumental Sesc Brasil nesta segunda-feira, 24, no Teatro Anchieta, do SESC Consolação, com entrada gratuita. Fabrício Conde é natural de Juiz de Fora (MG), cidade situada na Zona da Mata e recentemente conquistou o primeiro lugar do XIV Prêmio BDMG Instrumental de 2014. Na apresentação em São Paulo, o público ouvirá um repertório de composições autorais de um trabalho que conta com pesquisas sobre a música rural do Chile, Equador, Brasil e Argentina, afrocolombiana e afroperuana, tocadas com viola de cabaça e de cuatro venezuelano.  O SESC Consolação fica na avenida Doutor Vila Nova, 255, na Vila Buarque, em São Paulo.

FabricioCondew
Fabrício Conde é mais um dos virtuosos violeiros de MG, com músicas destacadas pela famosa BBC, de Londres, autor de  premiado repertório que inclui ritmos afros e andinos (Foto: Élcio Paraíso)

Continue Lendo “SESC Consolação recebe Fabrício Conde no Teatro Anchieta para nova rodada do Instrumental SESC Brasil”

4 Cantos leva à estrada projeto de valorização da moda de raiz

Zanc, Teixeira, Lacerda e Salgado tocam juntos desde novembro de 2011. Em outubro de 2013, o grupo foi destaque do Sr. Brasil (Foto: Marcelino Lima)

Os violeiros e amigos Cláudio Lacerda (São Paulo)Luiz Salgado (Patos de Minas-MG), Rodrigo Zanc (São Carlos-SP) e Wilson Teixeira (Avaré-SP) tornaram-se a partir de novembro de 2011 mosqueteiros de uma empreitada cujo intuito é o resgate cultural, e, consequentemente, a preservação de uma das mais ricas tradições brasileiras: a música sertaneja de raiz. A missão, que não é pequena, mas que se depender da disposição deles e do talento de cada um, será bem sucedida, já abriu suas primeiras frentes ao ser lançado  o projeto intitulado 4 Cantos, que formatou a prosa e colocou os integrantes do quarteto na mesma estrada. Ainda naquele ano, o raro encontro desta afinidades e afinações costurado pela viola caipira possibilitou um início emocionado e emocionante deste trabalho, atraindo lotação surpreendente aos teatros do SESC de São Carlos e Araraquara. Nascia assim uma grande expectativa pela continuidade do projeto que mostra as diversas sonoridades de novos e jovens expoentes representantes do  regionalismo, ao qual se soma a difícil lida viver de música independente no Brasil.

Esta proposta, que Lacerda, Salgado, Zanc e Teixeira pretendem consolidar por meio de uma turnê e de registro audiovisual, traz ainda o ganho adicional de formar admiradores entre as mais novas gerações, aproximando ainda mais a arte do público e os artistas da comunidade. Um dos ícones desta cultura que se busca reavivar e fazer transcenderRolando Boldrin, já percebeu o  potencial do grupo e sua importância no cenário nacional e não tardou a chamar os quatro para participarem do renomado programa Sr.Brasil. A gravação ocorreu no teatro do SESC Pompeia em agosto de 2013 e arrancou demorados aplausos da plateia. Dois meses depois, encerrando um tempo de ansiosa espera, a TV Cultura, enfim, levou o 4 Cantos ao ar. Os vídeos podem ser vistos clicando nos linques abaixo.

É importante destacar que os quatro têm, ainda, promissoras carreiras-solo. Lacerda, por exemplo, já tem na discografia três títulos Alma Lavada, Alma Caipira e Cantador, Salgado assina Trem Bão e Sina de Cantadô, além de 2 Mares, com Kátia Teixeira. Zanc estreou com Pendenga e, prosseguiu com Fruto da Lida. Teixeira é autor de Almanaque Rural e está anunciando para março de 2015 Casa Aberta. Cláudio e Rodrigo ainda se apresentam em tributos à Pena Branca e Xavantinho e Wilson presta homenagens a Tonico e Tinoco. Com Sarah Abreu, ele reaviva  Cascatinha e Inhana.

Anuncio Bam 4www