Projeto de Katya Teixeira que percorre o país e homenageia Dércio Marques fatura Prêmio Brasil Criativo

10415645_758842234171000_7335958653913589174_n
Talento, simpatia, generosidade, garra, fé são atributos que rimam com a cantora paulista  Katya Teixeira, agora reconhecidos também pelos organizadores do Prêmio Brasil Criativo, na categoria Artes de Espetáculo/Música (Foto: Mercedes Cumaru)

Olhem ai, povos!

O Dandô – Circuito de Música Dércio Marques,  idealizado pela cantora e compositora Katya Teixeira é o ganhador da categoria Artes de Espetáculo/Música do Prêmio Brasil Criativo, promovido pelo Ministério da Cultura, pelo Projeto Hub e pela 3M. Os prêmios para os 22 projetos vencedores foi entregue no Auditório Ibirapuera, bairro da zona Sul de São Paulo, perante um público de mais de 800 pessoas na noite de quarta-feira, 3 de dezembro.

Ao idealizar em 2013 o “Dandô – Circuito de Música Dércio Marques”, Katya Teixeira pensava em fomentar a circulação de música de inquestionável qualidade por todo o país, reunindo artistas de várias regiões para gerar intercâmbios e novas plateias. Quem já se apresentou possui trabalhos reconhecidos, mas poderia ter uma melhor projeção no panorama nacional e proporcionar às pessoas o acesso à música de qualidade produzida fora da “grande mídia”.

Continue Lendo “Projeto de Katya Teixeira que percorre o país e homenageia Dércio Marques fatura Prêmio Brasil Criativo”

Bambas da viola brasileira encontram-se na Galeria Olido, em São Paulo

Matuto e Indio
Matuto Moderno e Índio Cachoeira (Fotos: Marcelino Lima)

Entre os dias 27 e 29 de novembro quem esteve na Galeria Olido, situada no centro de São Paulo, teve a oportunidade de prestigiar mais uma edição do Encontro Nacional de Violeiros, que há oito anos não ocorria depois de ter sido organizado em Ribeirão Preto. O evento na Capital paulista foi promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e reuniu no palco do antigo cinema parte dos mais expressivos cantores, compositores e expoentes do país que se dedicam à transmissão, à preservação e à divulgação de valores vinculados à viola de dez cordas, seja por meio de sua vertente caipira ou regional, permitindo a plateia conhecer variados ritmos e toques numa verdadeira ode à cultura popular.

Continue Lendo “Bambas da viola brasileira encontram-se na Galeria Olido, em São Paulo”

Wilson Teixeira já canta músicas de novo disco, Casa Aberta, que planeja lançar no primeiro trimestre de 2015

DSC04995w
Wilson Teixeira canta no Julinho Bar Clube, acompanhado por Vinícius Bini (ao fundo), Walter Bini (de preto) e o baterista Drums, trabalha em novo disco, Casa Aberta, que pretende lançar em março de 2015 (Foto: Marcelino Lima)

 

O cantor e compositor Wilson Teixeira (Avaré/SP), conforme o Barulho d’água Música já anunciou em primeira mão, está em estúdio preparando o álbum Casa Aberta, que pretende lançar em março. O disco, que será sucessor do concorrido Almanaque Rural (2007), virá com a tradicional alegria e a viola bem afinada, marcas de Wilson Teixeira. Algumas de suas composições, que vão do clássico caipira ao folk, em algumas ocasiões, também provocam suspiros na plateia que o acompanha, notadamente as fãs, já que sua poética flerta com o romântico, sem no entanto, fazer concessões aos modismos e aos chavões que são rimados na medida para embalar e agradar certos setores do mercado e seu público cativo.

Continue Lendo “Wilson Teixeira já canta músicas de novo disco, Casa Aberta, que planeja lançar no primeiro trimestre de 2015”

Galeria Olido (SP) recebe encontro da nata de violeiros de vários estados, com entrada franca

Encontro 1w
Fotos: Marcelino Lima

 O virtuosismo e a criatividade de boa parte dos violeiros mais expressivos do Brasil poderão ser conferidos pelo público entre 27 e 29 de novembro no palco da Galeria Olido, o antigo cinema homônimo que fica na avenida São João, 473 (11 3331-8399 ou 11 3397-0171) , Centro de São Paulo, defronte à Capela do Largo do Paysandu e vizinho à Galeria do Rock. A programação que permitirá conhecer diversas afinações e formas de tocar o instrumento será aberta na quinta-feira, dia 27, a partir das 19h30, por Katya Teixeira, que na mesma noite será seguida por Levi Ramiro. Pereira da Viola encerrará a primeira noite.

Matutow
Matuto Moderno (Foto: Ulisses Matandos)

 Mais quatro atrações vão se revezar para entreter a plateia na segunda noite, quando estarão em destaque entre outros o grupo Matuto Moderno, que recentemente completou 15 anos de estrada. Índio Cachoeira, considerado um dos mestres da viola caipira, estará entre elas, além de Os Favoritos da Catira e do Trio Tamoyo.

Continue Lendo “Galeria Olido (SP) recebe encontro da nata de violeiros de vários estados, com entrada franca”

Kuarup lança livro com dados biográficos do compositor e álbum de Taiguara só com músicas inéditas

Dupla Piano
Taiguara era uruguaio de nascença, mas foi no Brasil que ele se destacou e fez valer seu espírito combativo: acreditava que não existiria um lugar que desse para ele trégua ou lhe sorrisse, mas enfrentou o regime de exceção pois, entre outros sonhos, não queria ver a juventude perdida e bradava que as crianças cantassem livres sobre os muros, ajudando a tornar os homens libertos de um “deserto” sem paz e sem amor (Fotos do arquivo familiar)

Quem se fecha, não se acha, encontra só a solidão (…)/ em qualquer lugar do mundo a gente vê: a pior morte que existe é se viver inutilmente

A gravadora carioca Kuarup disponibilizou no final de outubro duas relíquias para os fãs do cantor e compositor Taiguara, que passou a maior parte da curta, mas intensa vida no Brasil. O pai,  bandoneonista e maestro Ubirajara Silva estava em Montevidéu, Uruguai, quando em 9 de outubro de 1945 nasceu Taiguara Chalar da Silva, que herdou do país natal o espirito crítico e contestador que o encorajou a tornar-se um dos mais combativos opositores da ditadura militar que dominou o Brasil entre 1964 e 1985. Por conta desta postura rebelde, Taiguara também viria a se tornar o artista mais censurado da MPB pelo regime cujos mandatários preferiam o cheiro de cavalo ao cheiro do povo, e pisando duro com seus coturnos, mandavam prender e serem arrebentados quem se opusesse ao que o generalato decidisse.

Continue Lendo “Kuarup lança livro com dados biográficos do compositor e álbum de Taiguara só com músicas inéditas”