1562 – Mariângela Zan é atração da festa de emancipação de Pirapora do Bom Jesus (SP)

#MPB #MúsicaCaipira  #PiraporadoBomJesus #CidadeDaFéViva

A cantora e compositora paulista Mariangela Zan vai se apresentar em Pirapora do Bom Jesus, cidade da Grande São Paulo a cerca de 60 quilômetros da Capital. A apresentadora do programa Aparecida Sertaneja, da TV Aparecida, encerrará a programação musical preparada pela Secretaria de Cultura e Turismo da cidade para a noite de 5 de agosto como parte da agenda que comemora os 67 anos de emancipação político-administrativa do município e de 297 anos do encontro no rio Tietê da imagem do Padroeiro local. Mariangela Zan deverá subir ao palco a partir das 22 horas.

Continuar lendo

1561 – Maricenne Costa – A cantora de voz colorida conta em 260 páginas a história de vida e carreira da cantora e compositora

#MPB #Literatura #CulturaPopular

Figura importante da música brasileira, elogiada por João Gilberto — que dizia que ela possuía ‘voz colorida’ — foi a primeira a gravar Chico Buarque, cantou em festivais dos anos 1960 e fez parceria com o grupo punk Inocentes

A Editora Álbum de Família está lançando Maricenne CostaA cantora de voz colorida, livro que revela em 260 páginas informações sobre a biografia e a carreira da cantora paulista Maricenne Costa, de autoria de Elisabeth Sene-Costa e Laïs Vitale de Castro. O livro traz um apanhado das realizações da intérprete e compositora que fez parte da Bossa Nova paulista e representou a música brasileira em Portugal e nos Estados Unidos da América, nos anos 1960. Eclética, trabalhou com teatro e se destacou como atriz.

Continuar lendo

1511 – Maria Alcina (MG) inicia comemorações de 50 anos de carreira com lançamento de duas músicas carnavalescas pela Kuarup

#MPB #MarchinhasDeCarnaval #MariaAlcina #FioMaravilha50Anos #KuarupProduções #Cataguases #MinasGerais #VelhoLua #LuizGonzaga #Gonzagão #Baião #Xote #Xaxado #Calango #Rock #InezitaBarroso # Festival Internacional da Canção #FIC72 #PrêmioDaMúsicaBrasileira #CulturaPopular

Extravagantes Celestes e Rei Mandou, em parceria com o músico Heitor D’alincourt, estão disponíveis nas plataformas digitais

A cantora Maria Alcina está celebrando neste ano meio século de carreira e para iniciar as comemorações lançou em parceria com o cantor Heitor D’Alincourt duas marchas carnavalescos. Extravagantes Celestes e o Rei Mandou são ambas de autoria de D’Alincourt e Mug Guimarães, produzidas por Cláudio Kote. A ideia de ter a irreverente mineira de Cataguases interpretando essas canções foi do músico e pianista João Roberto Kelly, o Rei das Marchinhas, amigo de D’Alincourt. Kelly ouviu, gostou e aprovou as composições. Em uma conversa, surgiu o nome de Maria Alcina e logo as faixas, distribuídas pela produtora e gravadora Kuarup, foram gravadas.

Continuar lendo

1491- Priscila Rosa protagoniza último episódio de 12 Histórias no canal do Festival das Marias*

*Com Verbena Assessoria, Eliane Verbena/João Pedro

O Festival das Marias – Festival Internacional de Artes no Feminino apresentará o último episódio da série musical 12 Histórias nesta sexta-feira, 17 de dezembro, com transmissão a partir das 11 horas no canal YouTube/Festival das Marias. O microdocumentário trará a cantora e compositora Priscila Rosa que lançará o single Alento nas plataformas digitais. Esta atividade integra a programação paralela do Festival, que transcorreu em novembro.

Continuar lendo

1463 – Disco de Túlio Mourão que comemora 50 anos de carreira do pianista mineiro concilia experimentações e antagonismos

#MPB #MúsicaInstrumental #ClubedaEsquina #JazzMineiro #Piano #CulturaPopular #Divinópolis #BH #Beagá #BeloHorizonte

Lançado ao final de 2020 na sequência de um livro autobiográfico, o álbum de menos de 40 minutos conta com participações de Chico Amaral, Toninho Horta e Juarez Moreira

O ótimo Barraco Barroco, mais recente álbum instrumental do mineiro Túlio Mourão, está nas lojas e nas plataformas digitais há quase um ano. Foi lançado em 26 de novembro de 2020 como atração do Festival Tudo é Jazz, promovido em Ouro Preto (MG), pouco tempo depois da publicação, em dezembro de 2019, de Alma de Músico, livro no qual Mourão revelou como escritor a mesma maestria que tem como pianista ao transformar situações triviais em boas crônicas e imprimir a bastidores da MPB o valor de documento histórico. Barraco Barroco, de brevíssimas nove faixas, tem menos de 40 minutos! Eu o ouvi já “n vezes”, mais pela qualidade das músicas do que pela duração do disco, ensaiava publicar matéria a respeito desde a primeira vez que a agulha da vitrola as espalhou pela redação, mas vinha sendo atropelado pela demanda que, felizmente, tem chegado ao Barulho d’água Música de trabalhos tão excelentes quanto este no qual Mourão celebra cinco décadas de estrada brindando os ouvidos de amigos e fãs com composições que reúnem influências da música erudita ibérica, da música instrumental dos anos 1960 e do rock progressivo dos anos 1970, com participações de Juarez Moreira, Toninho Horta e Chico Amaral. Então, fim de papo, vamos ao texto!

Continuar lendo

1369 – Wilson Dias e Picuá Produções promovem 4º Viola de Feira, com 20 concertos virtuais

#MúsicadeViola #ViolaBrasileira #ViolaCaipira #ViolaInstrumental #ViolaDeFeira #CulturaPopular

Projeto resgata a tradição da viola caipira em suas diversas óticas e arranjos e propõe nova formatação com apresentações on-line, com canções autorais e peças da cultura popular brasileira

jornaslistas antifascistasA Picuá Produções Artísticas apresentará a quarta edição do projeto Viola de Feira por meio de concertos virtuais entre 4 e 25 de abril, com apoio do Ministério do Turismo e do Governo do Estado de Minas Gerais, agora contemplado pelo Edital da Lei Aldir Blanc (Edital Nº 16/2020 – processo nº 1397)l. Violeiros consagrados se revezarão a cada nova rodada sempre a partir das 11 horas e suas apresentações poderão ser acompanhadas pelo canal https://m.youtube.com/user/picuaproducoes, sem a necessidade, portanto, de sair de casa e promover aglomerações neste grave momento da pandemia de Covid-19 em todo o país. O projeto Viola de Feira é idealizado por Wilson Dias com o apoio da esposa Nilce Gomes à frente da Picuá Produções. O casal entende do riscado e convidou conterrâneos mineiros e de outros estados para embalarem a hora do almoço com música de raiz e com ambiente de feira de eventos, o que unirá boa comida e ótima companhia.

Continuar lendo

1303 – Produtora cultural paulistana promove apresentações virtuais para comemorar 90 anos de Sivuca (PB)

Autor de composições e trabalhos que incluem, dentre outros ritmos, choros, frevos, forrós, jazz, baião, música clássica e até blues, ele ganhará homenagens das mais especiais pelo aniversário durante uma semana inteira, a partir da terça-feira, 19, ancoradas por Thadeu Romano e Marcelo Caldi

#luluculturalinfluencer #redecolaborativalulu #luciapro

#FiqueemCasa

#ForaBolsonaro

Um dos mais queridos multi-instrumentista, maestro, arranjador, compositor, orquestrador e cantor brasileiro, o paraibano Sivuca passou ao Mundo Maior em dezembro de 2006, mas ao lado de outros “bambas” como Luiz Gonzaga e Dominguinhos continua presente no nosso dia a dia, influenciando novos artistas e reverenciado em todos os setores da cultura popular. Natural de Itabaiana (PB), Sivuca era Severino Dias de Oliveira, nascido em 26 de maio de 1930, data que dentro de alguns dias completará 90 anos. Autor de composições e trabalhos que incluem, dentre outros ritmos, choros, frevos, forrós, jazz, baião, música clássica e até blues, ele ganhará homenagens das mais especiais pelo aniversário durante uma semana inteira, a partir da terça-feira, 19, promovidas pela paulistana Rede Colaborativa LuLu. Com rodas de conversas, debates, vídeos, indicações de música e apresentações ao vivo (lives), o projeto terá como âncoras os acordeonistas, pianistas, compositores e arranjadores Thadeu Romano e Marcelo Caldi, que são artistas que têm muita intimidade e interpretam com propriedade o repertório do mestre.

Continuar lendo

1217 – Época de Ouro lança “De pai pra filho” em teatro do Sesc de São Paulo e na Casa do Choro (RJ)

Disco do selo Kuarup confirma a excelência no modo de tocar chorinho de um dos mais queridos grupos brasileiros do gênero, fundado em 1964 pelo lendário Jacob do Bandolim e pelo qual passaram entre outros expoentes Jorginho do Pandeiro e Dino 7 Cordas

O Conjunto Época de Ouro, em plena forma aos 55 anos de estrada, será a atração nesta segunda-feira, 5 de agosto, em São Paulo, de mais uma rodada gratuita do projeto Sesc Instrumental Brasil, com mediação de Patrícia Palumbo, a partir das 19 horas. O repertório da apresentação deverá privilegiar as músicas do álbum De pai pra filho, que está em fase de lançamento pelo selo da gravadora e editora Kuarup. Depois da passagem pelo palco do Teatro Anchieta, o Época de Ouro levará a novidade à Casa do Choro, na cidade do Rio de Janeiro (RJ) para rodadas nos dias 7 e 8 (veja a guia Serviço). Um exemplar do álbum, gentilmente nos enviado pelo diretor executivo da Kuarup, Rodolfo Zanke, ao qual agradecemos estendendo o abraço à toda equipe, abriu as audições matinais dos sábados neste dia 3 de agosto aqui no boteco do Barulho d’água Música, em São Roque, Interior paulista.

Continuar lendo

1152 – Paulo Rubens Gimenes, o Tio Paulão, lança Música Cidadã Brasileira 2

Disco e DVD, contemplados pelo Proac  da Secretaria de Estado da Cultura paulista, apresentam em 11 faixas mensagens direcionados ao público infantil, mas que nenhum adulto deve ignorar desprezar

A tradicional audição dos sábados pela manhã aqui na redação do Barulho d’água Música começou neste  2 de fevereiro (salve Rainha do Mar, mãe Iemanjá)  com Música Cidadã Brasileira (MCB) 2, álbum lançado recentemente, acompanhado de DVD, pelo multiartista Paulo Rubens Gimenes,  o Tio Paulão MCB, de Franca, uma das mais importantes cidades do Interior de São Paulo. Gimenes é autor também do combo livro+CD O Poeta e o Cantadô/Uma Odisseia Caipira, tema da atualização 943, que publicamos em abril de 2017 (visite-a clicando no linque ao final desta página).

Continuar lendo