Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!


2 Comentários

950 – Katya Teixeira volta ao Sesc Belenzinho (SP) e recebe convidados para lançar Flores do Meu Terreiro

A cantora, instrumentista e compositora paulistana Katya Teixeira ocupará o palco da unidade Belenzinho do Sesc de São Paulo na noite deste sábado, 13 de maio, para lançamento de As Flores do Meu Terreiro, nome que escolheu para o sexto álbum da carreira em cuja trajetória vem se destacando como ícone da música regional brasileira. Conhecida e querida tanto pela fibra, quanto pela generosidade que complementam seu indiscutível talento, Katya Teixeira não apenas representa uma bandeira em defesa da música independente e de qualidade: carrega-a, literalmente, pelo país afora e também pelo exterior, transmitindo e recolhendo por onde passa saberes e sonoridades que contribuem para revelar não apenas traços da mestiça identidade brasileira, mas descobrir o que em nós há de comum com outros povos. 

Desta forma e neste intercâmbio a garimpar novos e ancestrais valores pelo Brasil, o trabalho de Katya Teixeira tanto reflete as andanças – os quais acabam por serem incorporados à sua musicalidade — como é correia pela qual repassa os próprios. À medida que, ainda, presta reverência aos mestres populares que a influenciam em 23 anos de estrada, vem percorrendo nesta missão países da América do Sul e da Europa para promover shows, vivências e oficinas. Nascida em família de músicos e pesquisadores, portanto, estamos diante de um nome que personifica uma tríade brasileira e latino-americana (euro-afro-indígena) protagonista de um rico diálogo artístico no qual todas as linguagens não apenas se tornam possíveis, mas complementares e universais.

Continuar lendo

Anúncios


Deixe um comentário

853 – Katya Teixeira (SP) recebe amigos e fãs em teatro lotado e lança Cantariar comemorando 21 anos de trajetória

A cantora, instrumentista e compositora Katya Teixeira (SP) recepcionou no palco e na plateia do teatro do Sesc Belenzinho, em São Pailo, na noite de sábado, 9 de abril, familiares, amigos, fãs e parceiros de estrada para festejar o lançamento de Cantariar, álbum com o qual marca 21 anos de carreira. O espetáculo merece adjetivos como deslumbrante e memorável, mas ambos, além de correr o risco de parecerem reducionistas, soariam com pouca fidelidade ao que foi visto e ouvido. Acompanhada por Cássia Maria (percussão), Ney Couteiro (violão) e Thomas Rohrer (rabeca), Katya Teixeira apresentou o repertório ao seu melhor estilo, costurando a apresentação com histórias sobre sua trajetória artística pelo Brasil afora e alguns países latino-americanas, narradas com bom humor mais acentuado do que o de costume, e interpretando com propriedade e deleite as canções que no disco, cuja distribuição agora cabe a Tratore, teve remasterização de Júlio Santin (SP).

Continuar lendo


Deixe um comentário

837 – Cantariar, novo álbum de Kátya Teixeira, consagra 21 anos de carreira e parcerias em andanças pelo Brasil profundo

A cantora, instrumentista e compositora paulistana Katya Teixeira ocupará o palco da unidade Belenzinho do Sesc da cidade de São Paulo no sábado, 9 de abril, para lançamento a partir das 21 horas de Cantariar, álbum com o qual comemora a chegada aos 21 anos de carreira. Idealizadora do premiado e já na terceira temporada projeto Dandô –Circuito de Música Dércio Marques, o perfil de Katya Teixeira é o de pesquisadora e artista que percorre vários estados garimpando saberes e sonoridades que constituem a cultura popular, dedicação que entre os parceiros e amigos renderam a ela o carinhoso apelido de “Katya Trecheira”. Entre uma parada e outra nestas viagens pelo Brasil profundo, ela incorpora à obra manifestações culturais autênticas do nosso país, sempre guardando reverência aos mestres que a estimulam e a influenciam, além de formar profícuas parcerias musicais que ao mesmo tempo a consagram, consolidam seu nome como referência no meio e revelam novos valores no rico âmbito da música  regional.

Continuar lendo


1 comentário

754 – Apoie a campanha de Katya Teixeira (SP) para gravar “As Flores do Meu Terreiro”, quinto álbum e primeiro autoral da carreira!

kt niver

As Flores do Meu Terreiro é o nome que a cantora paulistana Katya Teixeira escolheu para batizar aquele que conforme projeta será o quinto álbum da carreira já com 21 anos de trajetória, ofício que a transformou em ícone da música regional brasileira. Katya Teixeira, conhecida e querida tanto pela fibra, quanto pela generosidade que complementam seu indiscutível talento, não apenas representa uma bandeira em defesa da música independente e de qualidade: carrega-a, literalmente, pelo país afora e também pelo exterior, levando por onde passa importantes valores de nossa cultura popular, alguns dos quais não apenas ajuda a divulgar, mas recupera, revaloriza e, portanto,  colabora para preservar.

Continuar lendo


2 Comentários

Santíssima Trindade

A mais nova integrante da família de instrumentos de Katya Teixeira (SP), a “violinha caipira” Katyra, como ela trata carinhosamente o instrumento que recebeu de presente de Gilberto Rezende

Katya Teixeira, que no começo de dezembro ganhou o Prêmio Brasil Criativo na categoria música pelo Dandô – Circuito de Música Dércio Marques rende homenagem com este batismo àquele que considera “mano-poeta-parceiro”, Paulo Cesar Nunes e, ainda, ao belo trabalho desenvolvido por Gilberto e Lisete Resende;  abençoando tudo e todos, o Divino Espiríto Santo vindo direto do Atelier IluminArte, da que trata por “mana querida” Cintia Mariele (São Jorge/GO).


3 Comentários

Katya Teixeira visita RS após cantorias na Casa dos Cordéis e no Centro Cultural Vergueiro

 

Ka 1

Katya Teixeira e Cássia Maria demonstraram virtuosidade, cantando e tocando com afinidade cantigas do Brasil e dos povos latinos, como “La Jardineira”, de Violeta Parra (Foto Elisa Espíndola)

A cantora e compositora Katya Teixeira está fazendo as malas para viajar até o Rio Grande do Sul, estado no qual fará várias apresentações e oficinas, com participações de artistas locais. A turnê começará pela capital gaúcha, Porto Alegre, na quinta-feira, 14. A partir das 19h30, a autora do álbum “Katxerê” e idealizadora do projeto “Dandô – Circuito de Músicas Dércio Marques” ocupará o palco do Centro Cultural Érico Veríssimo, recepcionada por Demétrio Xavier. O giro de Katya Teixeira chegará até Rio Grande, município no qual estará entre os dias 19 e 20, no Teatro CIDEC-Sul, a convite da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS).

Ka 6

Katya Teixeira é grata ao carinho que vem do público e canta sempre sorridente, com entusiasmo e bom humor (Marcelino Lima)

Antes de embarcar de malas e cuia (de chimarrão), levando os instrumentos que trata por nomes como “Rê”, “Ciça”, e “Patativa Bochudinha”, Katya Teixeira será uma das atrações do Mutirão do Acolher”, evento que será realizado a partir das 19 horas deste sábado, 9 de agosto, com renda  revertida para a construção de um telhado no teatro da “Casa dos Cordéis”, em Guarulhos (SP). Depois da passagem pelo sul, os fãs de Ubatuba (SP) e cidades vizinhas poderão vê-la em 23 de agosto durante a festa de encerramento do IV Mês da Cultura Popular do Projeto Tamar. O show se chamará “Assim na Serra como no Mar” está previsto para começar às 20 horas e Katya animará os presentes em companhia de Luís Perequê, Renata Marques e Negão dos Santos.

Show com Cássia Maria e André Venegas

Ka 12a

Cássia Maria fez soar forte pelo CCV seus tambores e pandeiro e também cantou as músicas do repertório (Marcelino Lima)

Katya Teixeira fez na quinta-feira, 7, uma de suas mais fulgurantes apresentações do ano, desta vez ao lado da percursionista Cássia Maria, integrantes do grupo “Vozes Bugras”. Por mais de uma hora, com a sala Adoniran Barbosa do Centro Cultural Vergueiro, em São Paulo, tomada por amigos e familiares, Katya cantou músicas de sua discografia que, além de Katxerê, inclui ainda Feito de Cordas e Cantigas”, Lira do Povo” e “2 Mares”, este gravado em parceria com Luiz Salgado (Patos de Minas/MG). Mestres e artistas que influenciaram a carreira dela receberam homenagens e foram citados com gratidão.

O público ouviu um repertório dos mais variados e ricos, que incluiu canções dos argentinos Atahualpa Yupanqui e Mercedes Sosa, da chilena Violeta Parra e do grupo brasileiro Tarancón. “Passarinheiro”, de Jean Garfunkel e Pratinha, “Maria, Estrela e Gerais”, que Amauri Fallabela e Chico Branco compuseram, e “Canto Lunar”, de Denise Emmer também constaram na lista da cantoria.

Em determinado momento do show, Katya Teixeira declarou que estava chegando de um giro por Goiás, para onde viajara com João Arruda, e que, às vésperas de entrar em contato com outros elementos da cultura nacional, deslocando-se agora para o Rio Grande do Sul, descobriu que “nem vivendo dez encarnações é possível conhecer tudo o que o Brasil tem de bonito”. Para nossa sorte, nós do Barulho d’Água Música e muitos dos nossos seguidores e amigos que a tratam com reverência e paixão precisamos apenas da atual vida para conhecê-la e ter a honra de desfrutar dos sorrisos, da doçura, da simpatia, da generosidade, do bom humor e da alegria com os quais ela ocupa e se coloca nos palcos e trata aos muitos amigos após as apresentações.

ka 3

Katya Teixeira fez agradecimentos aos mestres e aos parceiros da carreira  e homenageou Athaualpa Yupanqui e Mercedes Sosa (Elisa Espíndola)

Na apresentação do Centro Cultural São Paulo, abrilhantado não com menor grandeza também por Cássia Maria, a plateia ainda pode curtir como “bis” a “canja” de André Venegas, integrante dos “Barbatuques” e marido de Katya Teixeira. Vale a pena registrar, ainda, com muita gratidão, que Katya Teixeira abençoou a imagem de São Gonçalo do Amarante, mascote e padroeiro também deste blog dedicando ao santo festeiro versos de “Meu São Gonçalo”, faixa presente em “2 Mares”.

10532789_4325324066956_1876475228858203797_n10522636_4325327907052_4573209658012183147_n

Legenda para as imagens:

Na hora do “bis” Katya convidou ao palco André Venegas, do Barbatuques. Depois do show, cantou para abençoar a imagem de São Gonçalo do Amarante que o blog adotou como patrono

Fotos: Elisa Espíndola (palco) e Marcelino Lima

Agenda de Katya Teixeira em agosto

14, 19h30, Centro Cultural Érico Verissimo, anfitrião Demétrio Xavier, Porto Alegre (RS) 

15, 19h30, Katya Teixeira, Paulo Guerra e João Laner, com participação de Ginacarlo Borba, Auditório Ivo José Stein, Soledade/ RS

19 e 20, Katya Teixeira, Show e oficina, Universidade Federal do Rio Grande, Teatro CIDEC- Sul – Campus Carreiros – Rio Grande/ RS

23, 20 horas, Encerramento do IV Mês da Cultura Popular (Projeto Tamar), show Assim na Serra como no Mar com Luís Perequê, Kátya Teixeira, Negão dos Santos e Renata Marques, Ubatuba/SP