1588 – Beba Trio (SP) mescla ritmos brasileiros e latinos com jazz e lança álbum após turnê pela Europa*

#MPB #Jazz #Chacarera #Ijexá #Choro #MúsicaInstrumental

Disco com oito faixas, todas instrumentais, foi gravado ao vivo após a banda ser contemplada com a Lei Aldir Blanc

*Com Beto Priviero e Moisés Santana, Tambores Comunicações Assessoria de Comunicação, São Paulo (SP)

A pandemia de Covid-19 fez artistas se adaptarem e procurarem outras formas de manifestação e de produção. O grupo paulista Beba Trio deu um exemplo neste sentido ao lançar o álbum Beba Trio & Convidados nas plataformas digitais, com distribuição pela Tratore, após projeto aprovado pela Lei Aldir Blanc (LAB). Formado por Beba Zanettini (piano, composições e arranjos), Victor Kutlak (contrabaixo) e Gudino Miranda (bateria), o beba Trio transformou o azedo limão dos tempos de isolamento social e fez uma doce limonada com a série de apresentações virtuais (lives) no estúdio paulista Arsis que possibilitou gravar seu primeiro disco.

As apresentações online transmitidas por rede social incluíram composições dos integrantes (tais como Vagalumeando e Chorando em 3, de Zanettini, e Sambareia, de Kutlak), além de uma versão para April Child, de Moacir Santos e Ney Lopes. Para gravar o álbum, reforçaram o time Edu Paes (guitarra), Paulo Oliveira (flauta e sax) e Gustavo Godoy (percussão), os “convidados”. A produção cultural coube à agência Belic Arte Cultura.

O Beba Trio surgiu em 2020, a partir de uma ideia de Beba Zanettini: misturar ritmos brasileiros, como samba e baião, a elementos da música latino-americana e caribenha, sem se esquecer do jazz e do pop. Beba Zanettini encontrou o baixista Victor e o baterista Gudino, seus ex- alunos no curso de Faculdade de Música, e descobriu o quanto todos tinham afinidade. A parceria deu tão certo que em 2021 o trio acabou contemplado pela LAB e pode pensar em, além de apresentar seis concertos virtuais, registrar o material para o disco inédito.

Em 2022, o Beba Trio visitou Portugal e Alemanha em sua primeira viagem internacional. Nestes países protagonizou o Festival Internacional de Teatro do Alentejo (FITA), em Beja, depois tocou no Salão Brazil, em Coimbra, ambas em Portugal; esteve, ainda, na Embaixada do Brasil (em Berlim); Festival Guten Morgen (Eberswalde); e Berlin Drum Days (Noisy Rooms), todos situados na terra onde nasceram os algozes do 7×1. 

O Beba Trio com os convidados que participam do álbum (Foto: Adri Belic)

Beba Zanettini comentou o trabalho do grupo ao citar as músicas registradas no disco: “Nós temos desde um choro em três tempos, que não é muito usual, como o Chorando em 3, até a Chacarera dos Esquecidos, que é uma chacarera, ritmo argentino com molho brazuca; passando por Balbúrdia, uma mistura contemporânea, que traz ‘improvisação livre’ e ijexá; Giro é uma balada jazzística. além de nossa homenagem a Moacyr Santos e Ney Lopes, na versão de April Child, que virou um samba/bossa”.

Zanettini é formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Pós-graduado em Canção Popular pela Faculdade Santa Marcelina (SP). Integrou os grupos Café Jam e Aquilo DeI Nisso e gravou vários discos solos, entre eles Beba Música! (2009), com Vânia Bastos e Luciana Souza. Participou de concertos e  de discos de Dominguinhos, Alzira E., Jaques Morelenbaum e Guinga.

Victor Kutlak é Pós-graduado em Música Popular e Bacharel em baixo elétrico pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU/SP). Gudino Miranda é Bacharel em Bateria também pela FMU paulistana. Seu primeiro contato com percussão foi ainda criança, na tradicional Escola de Samba paulista Rosas de Ouro. Miranda começou bem cedo os estudos de bateria numa escola que é referência na América Latina, a EM&T, onde se formou sob a orientação do professor Giba Favery.

Acesse mais informações e as músicas do Beba Trio & Convidados pelo QR Code abaixo.

1529- Selo Belic Music chega ao mercado com foco na música instrumental e na canção brasileira*

#MPB #MúsicaInstrumental #Rock #Blues #Vanerão #Chacarera #Choro, #Baião #Forró #CaxiasdoSul #RS #Eindhoven #Holanda #CulturaPopular

* Com Verbena Assessoria: Eliane Verbena / João Pedro

Após mais de 10 anos de atuação no mercado artístico e cultural, a Belic Arte.Cultura está lançando o selo Belic Music que, em um primeiro momento, enfocará a música instrumental brasileira e na canção brasileira de artistas e grupos atendidos pela agência. O novo braço comercial entra no mercado musical com títulos dos seguintes artistas nos próximos meses – Beba Trio, Choro Pro Santo, Fábio Bergamini, Filó Machado e Quarteto de Cordas Vocais, cujos lançamentos serão divulgados oportunamente, além de outros programados ainda para este ano.

Continuar lendo