Sesc Interlagos programa duas atrações com o músico João Arruda (SP) no Viveiro de Plantas

joão arruda interlagospb
João Arruda é cantor, compositor e multi-instrumentista, integrante dos grupos Flautins Matuá e CantaVento e curador de projetos musicais como o Arreuní, em Campinas (Foto: Marcelino Lima, Sesi de Osasco/SP, setembro 2013)

O cantor e compositor multi-instrumentista João Arruda vai animar (duas vezes no mesmo dia) o público do Sesc de Interlagos na tarde de quinta-feira, 30. Na véspera do feriado do Dia do Trabalhador, o talentoso e irrequieto músico de Campinas (SP) será uma das atrações do projeto Pétala por Pétala, e, às 12 horas, cantará ao som de suas violas músicas de sua carreira e de artistas populares, no viveiro de plantas. Depois, às 16 horas, participará de roda de prosas, cantorias  brincadeiras ao lado de João Bá, Levi Ramiro, e Nanah Correia.

Continue Lendo “Sesc Interlagos programa duas atrações com o músico João Arruda (SP) no Viveiro de Plantas”

Anúncios

Violeiro Fábio Porte animará mais uma rodada do projeto Viola e Café, em Campinas (SP)

image2
Fabio Porte despertou interesses pela música caipira ainda menino, levado a rodas de violas pelo pai, Luis Porte, nas quais conviveu, por exemplo, com Bambico. Hoje além de estudioso e professor que toca também cavaquinho e violão, já gravou dois álbuns. Ainda neste semestre, pretende lançar o terceiro, que se chamara Trilhos da Vida.

O cantor e compositor Fábio Porte vai se apresentar no domingo, 19, como atração do projeto Viola e Café, do Sesc Campinas. Natural de São Paulo, atualmente residente em Jundiaí (SP), Fábio Porte estará no palco da área de convivência a partir das 10 horas acompanhado por Luccas Martins (percussão) e Marcelo Eduardo (violão e cavaquinho). O repertório mesclará  ritmos como rasqueado, chamamé, polca paraguaia, valsa, baião e xote, tanto por meio de composições próprias, quanto releituras de clássicos de Sivuca, Ramoncito Gomes, Renato Teixeira e Goiá.

Continue Lendo “Violeiro Fábio Porte animará mais uma rodada do projeto Viola e Café, em Campinas (SP)”

Kleiton e Kledir dão sequência ao projeto Composição Ferroviária, de Poços de Caldas (MG)

1755168138524c6ee7626a1
Os irmãos gaúchos que já fizeram parte da banda Almôndegas levarão a Poços de Caldas sucessos como Navega Coração e Paixão (Foto: Beto Scliar/RS)

Os irmãos gaúchos Kleiton e Kledir serão a atração da segunda rodada do projeto Composição Ferroviária, que os músicos Wolf Borges e Jucilene Buosi promovem anualmente em Poços de Caldas (MG). Kleiton e Kledir estarão no palco do pátio da estação ferroviária da cidade em 19 de abril, a partir das 10 horas. Voz & Violões & Violino terá entrada franca e ficará marcado pela recordação de inesquecíveis sucessos como Deu para ti, Vira Virou, Navega Coração, e Paixão, parte do repertório registrado por ambos em mais de 15 discos ao longo da carreira que contem, ainda, trilhas sonoras.

Continue Lendo “Kleiton e Kledir dão sequência ao projeto Composição Ferroviária, de Poços de Caldas (MG)”

Fabrício Conde, violeiro e escritor de Juiz de Fora (MG) faz aniversário hoje

fc niverpb
Fabrício Conde,de Juiz de Fora (MG), levou sua música de viola e com ela valores do sertão mineiro aos ouvidos da rainha inglesa e à Espanha (Foto: Marcelino Lima/nov. 2014)

Se é que este Barulho d’água Música não está comendo bola e desconheça que já exista, chegará um dia em que alguém capacitado publicará estudo que explique as razões pelas quais são as Minas Gerais solo tão rico para a geração de talentosos violeiros, sendo esta apenas uma das virtudes dos baluartes que fazem deste Estado um dos mais abençoados na preservação e na difusão de valores da nossa cultura popular. E neste compêndio um capítulo à parte, com certeza, estará dedicado ao aniversariante de hoje, o ilustre Fabrício Conde, de Juiz de Fora, cidade da Zona da Mata.

Continue Lendo “Fabrício Conde, violeiro e escritor de Juiz de Fora (MG) faz aniversário hoje”

Levi Ramiro e Paulo Freire: parabéns duplo ao som das cordas de dois mestres da viola caipira aniversariantes de hoje

paulo e levi w
Levi Ramiro e Paulo Freire são dois gênios da viola caipira e baluartes da preservação do gênero, um dos mais autênticos da nossa cultura popular (Foto: Marcelino Lima/Sesc Campo Limpo/jul.2014)

Vai ouvindo, vai ouvindo, amigo, seguidor: ambos são considerados mestres na arte de tocar e tratar a viola caipira e, com certeza, seus nomes já se emparelharam no firmamento aos dos consagrados Tião Carreiro, Renato Andrade, e Gedeão da Viola, entre outros virtuoses das dez cordas;

Continue Lendo “Levi Ramiro e Paulo Freire: parabéns duplo ao som das cordas de dois mestres da viola caipira aniversariantes de hoje”

Troféu Pinóquio será prêmio de Sérgio Turcão e de Giba da Viola para quem contar a maior mentira em festival de Barão Geraldo (SP)

1525379_10201839947300288_1519089837_n
Giba da Viola, o vencedor do Festival de Causos de 2014, e Sérgio Turcão: só não vale dizer em Barão Geraldo que nunca mentiu e tentar entrar se passando por guri para não pagar o ingresso: os organizadores são mentirosos natos, mas enquanto você vem com o milho…

A mentira é uma verdade que se esqueceu de acontecer (Mário Quintana)

Neste Sábado de Aleluia, dia 4 de abril, quem quiser um pouco de diversão para além de malhar algum político como se fosse Judas encontrará bons motivos para se descontrair, e rir, acompanhando, a partir das 12h30, o VIII Festival de Causos e Mentiras, que o músico Sérgio Turcão, da dupla Jica y Turcão, promoverá em restaurante localizado no bairro Barão Geraldo, de Campinas (SP). Ao melhor contador de causo, história ou mentira será ofertado o Troféu Pinóquio. Tradição que se repete em datas sempre  próximas a 1º de abril, por razões óbvias, a participação será aberta a toda pessoa que conseguir fazer inscrição até cinco minutos antes do início das apresentações. Além das lorotas, de quebra o público assistirá show caipira com Sérgio Turcão e Giba da Viola, eméritos e natos contadores de causos.

Continue Lendo “Troféu Pinóquio será prêmio de Sérgio Turcão e de Giba da Viola para quem contar a maior mentira em festival de Barão Geraldo (SP)”

Reggae une Adoniran a Bob Marley em Campinas (SP)

rasta_odyssey_reggae_jah_zion_abstract_hd-wallpaper-1614726
O tempo em Barão Geraldo poderá estar carrancudo e a noite fria em 26/03, mas no interior da Casa São Jorge até São Pedro deverá estar se entregando a magia e a paz destas luzes
 

A previsão do tempo, que nem sempre se confirma, antecipa tempestade para a noite de quinta-feira, 26, em Barão Geraldo, distrito de Campinas (SP). A temperatura, por volta das 19 horas, deverá estar na casa dos 20 graus C. Mas estas intempéries, com certeza, não segurarão em casa a galera da cidade e municípios próximos que curte a sonoridade jamaicana e suas ramificações e está na febre por mais uma Positive Vibrations. Pois é chegada a hora, amigos e seguidores: a quarta edição da festa começará a rolar, exatamente no dia e no momento em que os céus ameaçam desabar — ou até já estejam desabando –, entretanto com tamanha energia e paz que provavelmente até São Pedro colará na Casa São Jorge trajando túnica colorida e com as longas cabeleiras trançadas em rastafári.    

A positividade é a pegada dessa verdadeira celebração à alegria. Como nas ocasiões anteriores será possível dançar ouvindo muito reggae, dub, ragga, nayambing, ska, e dancehall, entre outros ritmos da Jamaica apresentados pela Adube, que fará homenagem ao mestre Bob Marley, e do Malacabeza, mais a a discotecagem em vinil dos residentes Xegado e Rodrigo Dzion.

 A Adube sempre vai fundo na pesquisa do raggae jamaicano. Neste ano tocará com arranjos próprios inspirados nas versões originais um repertório que abrange músicas de todas as fases da carreira do Rei do Reggae Bob Marley. Reúne Fernando Tocha (vocal e flauta), Graciela Soares (backing vocal), Nina Neder (backing vocal), Giorgio Francisco (guitarra), Viviane Pinheiro (piano), Iago Tojal (baixo), Fernando Junqueira (bateria).

maxresdefault
O repertório da banda Adube, com arranjos próprios, visita todas as fases da carreira do Rei do Reggae Bob Marley

A banda Malacabeza forma um time de craques bem distribuído nas cordas, teclas, bateria, metais, e vocais e não deixa ninguém parado quando manda seu ska, estilo contagiante da década dos anos 1960. O repertório em sua maioria é de músicas próprias, mas os integrantes também costumam embalar as plateias com versões criativas de clássicos, com destaque para o samba de Adoniran Barbosa Ói Nóis Aqui Traveis, consagrado pelos Demônios da Garoa.

A discotecagem de Xegado é exclusivamente feita em disco de vinil. Ele tem pesquisa musical em grooves e apresentará as influências que a música jamaicana incorporou nas terras brasileiras. Rodrigo Dzion representa o coletivo de discotecagem jamaicana Campinas Posse, fazendo seleção em vinil de sons raros que perpassam diversas fases da música do país banhado pelo Caribe. É organizador do Reggae na Quebrada, que agrega DJs e MCs que fluem na linguagem dessa cultura.

O trabalho fotográfico da quarta Positive Vibrations será uma contribuição do competente irmão Rafael Cruz. O ingresso comprado antecipadamente custará R$ 10,00; na portaria, será vendido por 15 contos. A Casa São Jorge fica na avenida Santa Isabel, 655, Barão Geraldo.

SC 2trocaodisco-musicos-de-rua-800x390

Continue Lendo “Reggae une Adoniran a Bob Marley em Campinas (SP)”