762 – Cirinho Rio Doce, que em agosto lançara quinto disco da carreira, compõe canção e poema em homenagem ao Rio Doce

bento rodirgues
Foto aérea do distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG) mostra à direita da imagem como o lugarejo ficou após o rompimento da barragem (Foto: Ricardo Moraes/Reuters)

As centenas de mortes e a monstruosa destruição causadas pela onda de lama e rejeitos químicos que vazaram no dia 5 de novembro da barragem do Fundão, em Mariana, e que a partir do antigo distrito desta cidade mineira, Bento Rodrigues, impôs ao país seu maior “desastre” ambiental, mais de um mês depois seguem rendendo protestos e justas indignações coletivas, embora, até o momento, não tenha havido a devida condenação e responsabilização da Vale e suas associadas estrangeiras que, por detrás da mineradora Samarco, ainda exploram este forma de atividade — sabe-se agora, tão potencialmente arriscada e letal para quem vive no seu entorno e/ou mesmo há quilômetros de distância, em outro estado, inclusive.

cirinho-rio-doce-a-jpg
Cirinho Rio Doce, artista natural de Colatina (ES)

Um destes gritos de indignação chegou ao Barulho d’água Música por intermédio do cantor e compositor Cirinho Rio Doce, artista natural de Colatina (ES) e que traz em seu nome artístico homenagem justamente ao rio que banha sua terra natal e mais afetado pela devastação. Cirinho Rio Doce compôs música e poema, apresentados por meio de um vídeo intitulados O lamento do Rio Doce e o desastre de Mariana  que poderá ser visto clicando o ponteiro do mouse neste linque em azul ou caso o mesmo expire visitando-o pelo endereço virtual https://www.youtube.com/watch?v=0YyE_5yoQUg  .

Continue Lendo “762 – Cirinho Rio Doce, que em agosto lançara quinto disco da carreira, compõe canção e poema em homenagem ao Rio Doce”