1247 – 6º Prêmio Grão de Música será entregue na galeria do Centro Cultural Olido, em São Paulo

Idealizado por Socorro Lira (PB) como coletânea anual para destacar quinze artistas nacionais, cada um dos escolhidos recebe uma estatueta de 30 cm, em bronze, criada pelo artista visual Elifas Andreato.

Um dos mais importantes troféus do cenário musical da atualidade, o Prêmio Grão de Música (PGM) será entregue em 19 de outubro no Centro Cultural Olido, onde fica a Sala Olido, no antigo Cine Olido, situado na cidade de São Paulo. Já em sua sexta edição continua desde 2014, o PGM neste ano contemplará cantores e compositores de dez estados brasileiros em cerimônia prevista para começar às 17 horas, com entrada franqueada ao público mediante retirada de senhas. O PGM teve início em Salvador (BA), idealizado pela cantora, compositora, escritora e produtora cultural Socorro Lira (PB) como coletânea anual para destacar quinze artistas. Cada um dos escolhidos recebe uma estatueta de 30 centímetros de altura, em bronze, criada pelo artista visual Elifas Andreato. Além da cerimônia de entrega, o evento oferece a #MostraPGM, um concerto com três artistas dentre os premiados do ano. 

Continuar lendo

1055 – 4º. Prêmio Profissionais da Música: E o vencedor é…

Os organizadores do 4º Prêmio Profissionais da Música (PPM) divulgaram na noite de sábado, 21, os vencedores das 53 categorias das três modalidades que concorreram ao troféu Parada da Música em cerimônia promovida no Cota Mil Iate Clube, situado em Brasília (DF). A Capital Federal, que naquela data completava 58 anos de fundação, recebeu diversos representantes da cadeia produtiva e de divulgação da música — artistas, produtores culturais, jornalistas, blogueiros e outros agentes — para celebrar o encerramento do evento que após três etapas de votação, incluindo uma popular, com voto aberto ao público pela internet, consagrou seus novos campeões. Idealizado pelo empresário Gustavo Ribeiro de Vasconcellos nesta edição o PPM teve por tema E ai: Qual é sua Bossa? e homenageou o compositor Humberto Menescal. O capixaba fundador da Bossa Nova esteve presente em Brasília e na manhã anterior ao dia da premiação recebeu homenagem por sua contribuição à música brasileira e à cultura popular na Assembleia Legislativa do Distrito Federal.

Continuar lendo

Guilherme Ribeiro lança Tempo, quarto disco autoral, no Museu da Casa Brasileira (SP)

guiribw1

Natural de Santos (SP), Guilherme Ribeiro também toca acordeon e teclado, leciona música e já se apresentou em festivais e casas da Holanda, da França, da Bélgica, do Canadá e dos Estados Unidos; em 2010 lançou Calmaria, seu primeiro disco (Foto: Marcelino Lima)

 

O pianista e acordeonista Guilherme Ribeiro (Santos/SP) apresentou no domingo, 10 de maio,  pela primeira vez em público, músicas do quarto disco de sua carreira, intitulado Tempo, durante show promovido no Museu da Casa Brasileira, situado em São Paulo (SP). Guilherme Ribeiro tocou emoldurado por uma prazerosa chuva de outono no dia dedicado às mães, acompanhado por músicos de um time de primeira formado por Daniel de Paula (bateria), Sidiel Vieira (baixo), Rodrigo Ursaia (saxofone) e Vinícius Gomes (guitarra). Ele também recebeu no palco a cantora e fotógrafa Dani Gurgel, produtora de Tempo, que cantou Vento de Outrora, dela, e Verso em nó, parceria dela e Ribeiro. 

Continuar lendo