1064 – Andreia Preta, com Thiago Ligouri, apresenta Intuição, no Teatro da Rotina (SP)

Intuição, show que levará Andreia Preta à cidade de São Paulo, será a atração do Teatro da Rotina na quarta-feira, 23 de maio. A partir das 21 horas, a cantora  e compositora nascida e residente em Campinas (SP) e que já emplacou 18 anos de carreira ocupará o palco acompanhada pelo músico Thiago Liguori, produtor do álbum Doce de Salgar, que ela lançou em 2016. A apresentação tem formato acústico e mostra a força das palavras presente nas canções que Andreia compõe, fazendo uso da oralidade aprendida com a avó materna. Além de músicas do disco de estreia, o repertório para o Teatro da Rotina inclui inéditas, todas autorais, entre as quais a parceria com Consuelo de Paula, de quem  foi uma das convidadas em março, quando, naquele espaço da rua Augusta, a mineira de Pratápolis conduziu Bibianas, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

Continue Lendo “1064 – Andreia Preta, com Thiago Ligouri, apresenta Intuição, no Teatro da Rotina (SP)”

Anúncios

João Bá: o menino está de volta e desafia o zumbi que veio por aqui zanzar querendo levá-lo para o lado de lá da lagoa

joão bá
João Bá em sua apresentação no distrito de Barão Geraldo (Campinas/SP): há pouco ele travou uma luta quase desigual com a coisa feia, mas a fibra de sertanejo aliada às preces, à prontidão e à fé de seus filhos, amigos e seguidores o ajudaram a livrar-se da mais forte das assombrações e colocaram-no mais uma vez no palco (Foto: Marcelino Lima)

 

O público que compareceu ou estava na Praça do Coco, no distrito de Barão Geraldo, em Campinas (SP), no sábado, 23 de maio, presenciou uma animada e emocionada apresentação do cantor e compositor João Bá (Crisópolis/BA). Somente há dois meses João Bá passara por uma delicada situação que por pouco não o levou para a outra margem da lagoa, o que deixaria muitos fãs e amigos pelo Brasil espalhados não apenas órfão de mais um mestre, como de um irmão mais velho que por sua sempre irreverência e espírito de menino irrequieto, além claro, de sua magnifica obra discográfica e artística (ele também é poeta e ator) já desfruta de um merecido lugar no coração e na crítica dos que batalham, como ele, pelo respeito às tradições e valorização da cultura popular. É tal qual um Hermeto Pascoal, um Heitor Villa Lobos, um Velho Lua, o malungo Elomar. A cirurgia que o livrou de um incômodo problema do sistema urinário no alto dos seus mais de oitenta anos foi bem sucedida, mas melhor ainda que a zelosa e delicada intervenção médica em Belo Horizonte (MG) foi o carinho e a prontidão de seus muitos seguidores e filhos que se mobilizaram em uma ciranda de orações, bons fluídos e contribuições financeiras pelo país afora para devolver o mais possível para ele toda sua energia e bem estar contra esta que foi uma luta desigual, mas que por hora dobrou a mais implacável das assombrações.

Continue Lendo “João Bá: o menino está de volta e desafia o zumbi que veio por aqui zanzar querendo levá-lo para o lado de lá da lagoa”