1112 – Bernardo Pellegrini (PR) lança em São Paulo “Outros Planos”, com Alzira E e Edvaldo Santana*

O álbum revela o manancial criativo do cantor e compositor e um cancionista maduro e intenso, que redefine afro-brasilidades, jazz e ritmos latinos, consolidando sua assinatura musical e sua estética autoral

O cantor e compositor Bernardo Pellegrini (PR) será atração nesta sexta-feira, 28, da unidade paulistana Belenzinho do Sesc, onde ocupará o palco a partir das 21 horas para lançamento de Outros Planos, sexto álbum da carreira. Com seu violão, Pellegrini cantará acompanhado pelo Bando do Cão Sem Dono, formado por Edu Batistella (bateria e vocal), Hermano Pellegrini (guitarra e vocal), Filipe Barthem (contrabaixo e trompete), Sofia Pellegrini (sax e vocal) e Emilio Mizão (guitarra e violão). Como convidados para abrilhantar a apresentação, ele receberá Alzira E. e Edvaldo Santana (ver a guia Serviços).

Continue Lendo “1112 – Bernardo Pellegrini (PR) lança em São Paulo “Outros Planos”, com Alzira E e Edvaldo Santana*”

Anúncios

1050 – Nova temporada de “Concertos para Pixinguinha” volta ao Sesc Bom Retiro (SP), ponto de partida do sucesso que já dura cinco anos

O espetáculo, que uniu no palco pela primeira vez a cantora Vânia Bastos e o baixista Marcos Paiva, ajudou a atualizar a obra do carioca Alfredo da Rocha Vianna Filho

Marcelino Lima, com Petterson Mello

O espetáculo que há cinco anos lota espaços, teatros e casas por onde passa abrirá sua sexta temporada na sexta-feira, 20 de abril, retornando ao local onde estreou e começou a fazer sucesso, em 2013. Concerto para Pixinguinha, aclamado por público e crítica e premiado em 2017, será novamente atração da unidade paulistana Bom Retiro, do Sesc, a partir das 21 horas — apenas três dias antes dos 121 anos de nascimento de Pixinguinha na cidade do Rio de Janeiro (RJ), data na qual também se comemora o Dia Nacional do Choro, conforme consta no calendário oficial do país. No palco, Vânia Bastos, a dona da impecável voz que tem emocionado a plateia com interpretações marcantes de sucessos do maestro, compositor e arranjador carioca, desta vez, excepcionalmente, estará acompanhada pelo baixista Gustavo Sato — que substituirá o  maestro, arranjador e diretor artístico Marcos Paiva que está em viagem fora do país  Jônatas Sansão (bateria), César Roversi (sopros) e Nelton Essi (vibrafone).

Continue Lendo “1050 – Nova temporada de “Concertos para Pixinguinha” volta ao Sesc Bom Retiro (SP), ponto de partida do sucesso que já dura cinco anos”

980 – Em noite de homenagem a Ney Matogrosso, “Raiz Forte” rende troféu do 28º PMB a Ana Paula da Silva (SC)

A cantora Ana Paula da Silva (Joinville/SC) é uma das vencedoras do 28º Prêmio da Música Brasileira (PMB) e recebeu o troféu de Melhor Cantora da categoria Regional com o álbum Reza Forte na noite de quarta-feira, 19, em cerimônia promovida no Theatro Municipal do Rio de Janeiro (RJ). Nesta edição o tradicional evento homenageou Ney Matogrosso e entre outros também premiou nomes consagrados do cenário nacional tais quais Alceu Valença, Ivete Sangalo, Maria Bethânia, Elza Soares, Tom Zé, Zeca Pagodinho, a dupla Zé Mulato & Cassiano e o grupo MPB 4, além de gente e trabalhos muito bons que despontam no meio regional e independente, tais quais Alberto Salgado, Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz, Saulo Duarte e a Unidade, Baiana System e Alessandra Maestrini.

Continue Lendo “980 – Em noite de homenagem a Ney Matogrosso, “Raiz Forte” rende troféu do 28º PMB a Ana Paula da Silva (SC)”

937 – Ana Paula da Silva (SC) apresenta “Miudinho” em São José dos Campos e em São Paulo

Ana Paula da Silva, compositora e cantora catarinense de Joinville, finalista em duas categorias do Prêmio Profissionais da Música (PPM), estará em São Paulo para três apresentações entre 21 e 23 de abril, quando brindará o público de São José dos Campos e da Capital. Tanto no município do Vale do Paraíba, quanto em Sampa, Ana Paula da Silva estará acompanhada pelo pianista Fábio Leandro, protagonizando o show Miudinho.

Intérprete e produtora de sua obra e de outros projetos culturais, Ana Paula da Silva já completou 20 anos de carreira, período no qual lançou e produziu seis álbuns, um songbook e realizou shows e turnês no Brasil e no exterior. Em seus álbuns conta com a presença de músicos como Robertinho Silva, Beto Lopes, Arnou de Melo, Davi Sartori, Toucinho, Mário Sève, Toninho Ferragutti, Wolfgang Muthspiel, Karl Hodina, Bertl Mayer, Martin Reiter, Cláudio Jorge, e Chico Saraiva entre outros. Ela também compartilhou shows e turnês com Leny Andrade, Elza Soares e Toninho Horta e atuou como integrante do Joe Zawinul Syndicate, Martin Reiter Group e com Alegre Corrêa Group.

Continue Lendo “937 – Ana Paula da Silva (SC) apresenta “Miudinho” em São José dos Campos e em São Paulo”

867 – Luque Barros lança álbum que eletrifica com arranjos modernos para temas passionais a dor de cotovelo

Luque Barros, gaúcho de Ijuí radicado em São Paulo, dará sequência no domingo, 8 de maio, à temporada de lançamento de Muito Pouco Menos Mais, com participações especiais do guitarrista Daniel Brita (coprodutor musical do álbum) e da cantora Ela Solo Amore. Amílcar Rodrigues (trompete), Allan Abbadia (trombone), Caio Lopes (bateria), Estevan Sinkovitz (guitarra), Ricardo Prado (teclados), Jorge Cirilo (sax tenor) e Simone Julian (flauta) formam a banda que subirá com Luque Barros ao palco do Teatro Décio de Almeida Prado, refinando a apresentação que integra o Circuito Municipal de Cultura. Este time de amigos já toca junto há mais de 15 anos.  

Continue Lendo “867 – Luque Barros lança álbum que eletrifica com arranjos modernos para temas passionais a dor de cotovelo”

827 – Elza Soares não foge às lutas pela afirmação feminina e jamais fez concessões para construir a carreira de “Rainha do Samba”

Em matéria da revista Capitolina assinada em dezembro de 2015 , a jornalista  Aria Rita relembra  a indicação de Elza Soares pela emblemática BBC de Londres como “a melhor cantora do milênio”,  considerada “uma mistura explosiva de Tina Turner e Celia Cruz” pela Time Out, e conhecida no mundo todo como “A Rainha do Samba” A data deste significativo voto pelas pesquisas do Barulho d’água Música teria ocorrido em 2.000, mas independentemente da época na qual foi dado, eis um título que tende a jamais perecer e que, com certeza, amigos e seguidores da obra de Elza Soares ratificariam sempre que fossem chamados a opinar.

Continue Lendo “827 – Elza Soares não foge às lutas pela afirmação feminina e jamais fez concessões para construir a carreira de “Rainha do Samba””

612- Imagens do Brasil Profundo recebe José Miguel Wisnick para debate sobre Guimarães Rosa (MG) na Biblioteca Mário de Andrade (SP)

zmw_renato_stockler
Wisnick é autor de livros e como músico já gravou com Elza Soares, além de lançar dois álbuns, um dos quais o duplo Indivisível, para piano e violão (Foto: Renato Stockler)

A próxima atração do projeto Imagens do Brasil Profundo será especialíssima, pois o curador Jair Marcatti receberá no auditório da Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo, o professor, pesquisador, compositor e músico José Miguel Wisnik para o debate O Brasil Profundo em Guimarães Rosa: O Recado do Morro, marcado para começar às 20 horas desta quarta-feira, 19 de agosto. José Miguel Wisnik  é dono de um vasto currículo e autor de livros importantes que abordam questões essenciais para a sociedade e cultura brasileiras, como, por exemplo, O Som e o Sentido (Companhia das Letras, 1989), considerado um guia para leigos ou iniciados no estudo da música; Sem Receita – Ensaios e Canções (Publifolha, 2004); Veneno Remédio: O Futebol e o Brasil (Companhia das Letras, 2008). Entre os discos gravados elenca-se São Paulo Rio (2002) que teve participação da cantora Elza Soares, com a qual realizou alguns shows naquele ano, além de participar da direção artística do disco dela Do Cóccix até o Pescoço. Em 2011, lançou o álbum duplo Indivisível,  dedicado às canções acompanhadas por piano, e outro, por violão. Apresenta-se regularmente em shows pelo Brasil e exterior , desde 2005, tem realizado várias séries de aulas-shows com o violonista e compositor Arthur Nestrovski.

Continue Lendo “612- Imagens do Brasil Profundo recebe José Miguel Wisnick para debate sobre Guimarães Rosa (MG) na Biblioteca Mário de Andrade (SP)”

Eliminatórias do Festival de Música da Alta Mogiana músicas de 16 estados e do DF

 

RZ Jabiticabal
Rodrigo Zanc, de São Carlos/SP (Foto: Marcelino Lima)
nova-imagem6
Luiz Salgado, de Araguari/MG (Foto: Marcelino Lima)

A comissão organizadora do FAM (Festival de Música da Alta Mogiana) divulgou nesta semana as músicas classificadas à 6ª edição do festival, entre a quais, pela primeira vez, foram aceitas inscrições de peças instrumentais. Ao todo, 527 músicas chegaram de todo o Brasil, das quais  471 canções (música e letra), e 56 instrumentais.  Todas serão apresentadas em Ribeirão Preto (SP), cidade sede do evento, nas eliminatórias dos dias 27 e 28 de novembro, nos Estúdios Kaiser de Cinema. A final será dia 29, no mesmo local, situado na Rua Mariana Junqueira, 33, (16) 3620-7032 / 3043-6504.

Os prêmios para os finalistas totalizam R$ 32,5 mil. Nesta edição, há inscrições de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Bahia, Rio Grande do Sul, Rondônia, Paraíba, Espírito Santo, Ceará, Goiânia, Distrito Federal, Pará, Paraná, Tocantins, Acre e Maranhão. São Paulo apresentou 14, quatro delas da cidade de Ribeirão Preto. De Minas Gerais foram três classificadas e do Pará, duas. 

Continue Lendo “Eliminatórias do Festival de Música da Alta Mogiana músicas de 16 estados e do DF”