1106 – Ocupação Dandô, na Unibes (SP), marca cinco anos de premiado projeto itinerante

Vários eventos em torno da música independente que vem motivando a promoção do circuito cultural em homenagem a Dércio Marques serão oferecidos entre quarta-feira e domingo, na estação Sumaré do Metrô SP

Para celebrar cinco anos de estrada do Circuito Dandô de Música Dércio Marques, a União Brasileiro-Israelita de Bem Estar Social (Unibes) Cultural acolherá entre 12 e 16 de setembro a Ocupação Dandô. O evento, entre a quarta-feira, dia da abertura, e o domingo, oferecerá palestras, rodas de conversa, sarau, a exposição fotográfica Olhar da Utopia, oficinas de música e de dança latino-americanas, contações de histórias, mostras regionais e shows já confirmados com João Bá e João Arruda (12/9), Ceumar (13/9), Zé Geraldo (14/9), Alzira E. (15/9), José Delgado, Cecilia Concha Laborde e Analia Garcetti (16/9), além do lançamento da segunda coletânea do projeto, produzida em parceria com a Tratore, e que tem repertório apresentando 27 artistas do Brasil, do Chile, da Argentina e da Venezuela.  Paralelamente à Ocupação, será realizado o 2º Encontro Latino-americano do Dandô com representantes de circuitos parceiros do Chile, da Venezuela e da Argentina, que terá abertura na terça-feira, 11. 

Para ingressos e mais informações visite www.facebook.com/circuitodando e veja abaixo a guia Serviços.

Continue Lendo “1106 – Ocupação Dandô, na Unibes (SP), marca cinco anos de premiado projeto itinerante”

991 – Atração do Projeto Dandô Dércio Marques, Sol Bueno (MG) canta no IJC, com abertura de Mari Ananias

A cantora e compositora Sol Bueno protagonizará em São Paulo neste domingo, 13 de agosto, mais uma rodada do premiado Dandô Circuito de Música Dércio Marques, prevista para começar às 17 horas, no Instituto Juca de Cultura (IJC). Mari Ananias abrirá a apresentação durante a qual a mineira de Pitangui cantará músicas integrantes de Poeira Dançante, seu disco de estreia, lançado no final de maio em Belo Horizonte (MG) e no qual, de forma apurada, ela revela sutilezas e memórias do universo da cultura popular, vivências, sentimentos e um olhar acurado para a terra. À medida que ouve as 13 faixas, a plateia embarca em poético passeio ao Cerrado — passando pela bacia do rio São Francisco e por cenários mágicos do sertão Roseano — e conhece parte das sonoridades que ocorrem naquelas paisagens.  Egressa de família de músicos e cantadores, Sol Bueno resgata com voz suave e timbre marcante a força dos ancestrais, ilustrando a cada nova canção os múltiplos retratos interiores dos Brasis que Minas Gerais carrega.

Continue Lendo “991 – Atração do Projeto Dandô Dércio Marques, Sol Bueno (MG) canta no IJC, com abertura de Mari Ananias”

954 – Sol Bueno é atração do Cine Teatro Brasil para lançamento do álbum autoral Poeira Dançante

A cantora e compositora Sol Bueno (Pitangui/MG) trará a público em 30 de maio o recém-gravado Poeira Dançante durante apresentação programada para o  Cine Theatro Brasil Vallourec, situado em Belo Horizonte (MG). Sol Bueno ocupará o palco a partir das 21 horas para retratar de forma apurada em 13 músicas deste primeiro trabalho autoral sutilezas e memórias do universo da cultura popular, vivências, sentimentos e um olhar acurado dela para a terra; simultaneamente, a plateia experimentará um poético passeio ao Cerrado, à Bacia do São Francisco, a muitos cenários do Sertão Roseano  e às sonoridades marcantes que ocorrem nestas paisagens. Vinda de uma família de músicos e cantadores populares, Sol Bueno resgata com voz suave a força dos ancestrais e ilustra os múltiplos retratos interiores dos Brasis que Minas Gerais carrega. O show de lançamento contará com Gladson Braga (percussão), Letícia Leal (violas), Ricardo Rodrigues (violões) e Rodrigo Salvador (rabecas), mais as participações especiais de Sérgio Pererê, Meninas de Sinhá, Tambores de Luta, Erick Castanho, Marcelo Taynara, Ana F. e Lud Benquerer.

Continue Lendo “954 – Sol Bueno é atração do Cine Teatro Brasil para lançamento do álbum autoral Poeira Dançante”

910 – Músicos da Argentina, do Brasil e do Chile protagonizam show de encerramento do III Encontro Nacional do Circuito Dandô

Katya Teixeira, João Arruda, Rodrigo Zanc e o Duo Flor de Maracujá (SP)*; Sol Bueno, Erick Castanho, Marcelo Taynara, André Salomão, Nádia Campos, Ana F., Ricardo Rodrigues, Adriano Bianchini, Letícia Leal, João Mendes Rio (MG); Giancarlo Borba, Cardo Peixoto, Cristiano Nunes, Mara Muniz, Roberto Pohlmann (RS); Isabela Rovo, Victor Batista, Cabocla Inez, Pedro Vaz, Milla, Franklin Borges, Rosa Barros (GO); Oswaldo Rios (PR); e Maryta de Humauaca, Marina Luppi, Anália Garcetti (Argentina) e Cecilia Concha-Laborde (Chile) vão subir ao palco do Teatro Experimental de Uberaba (MG) neste sábado, 18, a partir das 20 horas, para protagonizarem o espetáculo de encerramento do III Encontro Nacional do Dandô Circuito de Música Dércio Marques e I Encontro Latino Americano. Os dois eventos simultâneos estão transcorrendo desde a quarta-feira, 15, na Casa do Folclore, situada na mesma cidade do Triângulo Mineiro, onde os músicos, acolhidos pelo anfitrião, o empresário Gilberto Rezende, planejam a temporada do quinto ano consecutivo do projeto concebido por Katya Teixeira.

Continue Lendo “910 – Músicos da Argentina, do Brasil e do Chile protagonizam show de encerramento do III Encontro Nacional do Circuito Dandô”

853 – Katya Teixeira (SP) recebe amigos e fãs em teatro lotado e lança Cantariar comemorando 21 anos de trajetória

A cantora, instrumentista e compositora Katya Teixeira (SP) recepcionou no palco e na plateia do teatro do Sesc Belenzinho, em São Pailo, na noite de sábado, 9 de abril, familiares, amigos, fãs e parceiros de estrada para festejar o lançamento de Cantariar, álbum com o qual marca 21 anos de carreira. O espetáculo merece adjetivos como deslumbrante e memorável, mas ambos, além de correr o risco de parecerem reducionistas, soariam com pouca fidelidade ao que foi visto e ouvido. Acompanhada por Cássia Maria (percussão), Ney Couteiro (violão) e Thomas Rohrer (rabeca), Katya Teixeira apresentou o repertório ao seu melhor estilo, costurando a apresentação com histórias sobre sua trajetória artística pelo Brasil afora e alguns países latino-americanas, narradas com bom humor mais acentuado do que o de costume, e interpretando com propriedade e deleite as canções que no disco, cuja distribuição agora cabe a Tratore, teve remasterização de Júlio Santin (SP).

Continue Lendo “853 – Katya Teixeira (SP) recebe amigos e fãs em teatro lotado e lança Cantariar comemorando 21 anos de trajetória”

837 – Cantariar, novo álbum de Kátya Teixeira, consagra 21 anos de carreira e parcerias em andanças pelo Brasil profundo

A cantora, instrumentista e compositora paulistana Katya Teixeira ocupará o palco da unidade Belenzinho do Sesc da cidade de São Paulo no sábado, 9 de abril, para lançamento a partir das 21 horas de Cantariar, álbum com o qual comemora a chegada aos 21 anos de carreira. Idealizadora do premiado e já na terceira temporada projeto Dandô –Circuito de Música Dércio Marques, o perfil de Katya Teixeira é o de pesquisadora e artista que percorre vários estados garimpando saberes e sonoridades que constituem a cultura popular, dedicação que entre os parceiros e amigos renderam a ela o carinhoso apelido de “Katya Trecheira”. Entre uma parada e outra nestas viagens pelo Brasil profundo, ela incorpora à obra manifestações culturais autênticas do nosso país, sempre guardando reverência aos mestres que a estimulam e a influenciam, além de formar profícuas parcerias musicais que ao mesmo tempo a consagram, consolidam seu nome como referência no meio e revelam novos valores no rico âmbito da música  regional.

Continue Lendo “837 – Cantariar, novo álbum de Kátya Teixeira, consagra 21 anos de carreira e parcerias em andanças pelo Brasil profundo”

770 – Erick Castanho (MG) lança “Elemental”, primeiro disco da carreira, no Teatro Rondon Pacheco, em Uberlândia

12226936_895190820563246_8668734851712313276_n
Erick Castanho também é um dos embaixadores do projeto Dandô Circuito de Música Dércio Marques, idealizado pela compositora e cantora Katya Teixeira (SP), e recentemente visitou cidades gaúchas promovendo novas rodadas deste mutirão nacional

O violeiro e cantador mineiro Erick Castanho receberá amigos e admiradores nesta quarta-feira, 23, para promover em sua terra natal, Uberlândia (MG), o lançamento do álbum Elemental, o primeiro da carreira. O disco que o público conhecerá a partir das 20 horas no Teatro Rondon Pacheco é um registro da trajetória autoral de Erick Castanho, que apesar de ter começado há pouco tempo já rendeu prêmios em diversos festivais de âmbito nacional e regional, como o Finca 2011 e 2012, promovido pela Universidade de Brasília e o Circuito Integração de Viola.

Continue Lendo “770 – Erick Castanho (MG) lança “Elemental”, primeiro disco da carreira, no Teatro Rondon Pacheco, em Uberlândia”

756 – Erick Castanho (MG) faz giro pelo RS e RJ e na volta para casa lança Elemental, primeiro disco da carreira

erick castanho 1

O violeiro e cantador mineiro Erick Castanho está começando hoje, 9 de dezembro, giro pelo país que encerrará apenas dia 23, já às vésperas de dividir peru e champanha com amigos e familiares, quando lançará na cidade natal, Uberlândia, o álbum Elemental, o primeiro da carreira. Erick Castanho será atração logo mais em Caxias do Sul (RS) de nova rodada do Dandô Circuito de Música Dércio Marques, onde terá como anfitrião no palco da Sala de Cinema Ulisses Geremia, a partir das 20 horas, o Rota Lunar. Depois de passar também por Soledade e Terra de Areia, fechando o compromisso pelo Dandô em solo gaúcho, Erick Castanho visitará Angra dos Reis (RJ), última parada antes de receber no Teatro Rondon Pacheco, a partir das 20 horas, amigos e admiradores para a festa de apresentação do “primeiro filho”.

Continue Lendo “756 – Erick Castanho (MG) faz giro pelo RS e RJ e na volta para casa lança Elemental, primeiro disco da carreira”

II Enangra terá oficinas e shows gratuitos de vários artistas latino-americanos em Angra dos Reis (RJ)

joaokatya
Katya Teixeira e João Arruda, e nas imagens abaixo, Mariana Avena e Erick Castanho, são atrações do Brasil no II Enangra (Fotos Katya e João e Erick Castanho: Marcelino Lima)

Entre 5 e 9 de agosto músicos de diversas nacionalidades estarão reunidos em Angra dos Reis (RJ) para o 2º Encontro de Músicos Latino-Americanos em Angra dos Reis (Enangra) — que neste ano receberá alguns dos maiores expoentes da música de raiz latino-americana feita no Brasil. Nomes pioneiros como o do quenista espanhol Emilio de Angeles e o da cantora argentina Mariana Avena, fundadores dos grupos Tarancón e Raíces de America, respectivamente, vão se juntar a importantes artistas da nova geração como Katya Teixeira, Erick Castanho e João Arruda (Brasil). Além destes, outros artistas convidados para o encontro são os brasileiros Odorico Sérgio, Moacir Saraiva, Ademar Farinha, Jorjão do Tarancón, Pablo Zuniga (Bolívia), Natalia Gularte (Uruguai), Federico Caravatti (Uruguai), Lino Huaman (Peru).

A coordenação artística geral será do percussionista uruguaio Jonathan Andreoli. Participarão ainda do encontro dez músicos residentes em Angra dos Reis e dez músicos vindos de diversas regiões do Brasil, todos selecionados por meio de processo seletivo realizado antecipadamente.

João Arruda (SP): aniversário do inquieto e sonhador violeiro e compositor no Dia do Trovador

joão niver

Hoje, 18 de julho, Dia do Trovador, também é aniversário de João Arruda, jovem cantor, compositor e multi-instrumentista de Campinas (SP), mais que um músico talentoso e criativo, pessoa amável  amiga que se auto define como inquieto e sonhador e está completando 10 anos de carreira. Neste domingo, 19,  ele (en) cantará em Uberlândia (MG) como atração de mais uma rodada do Dandô Circuito de Música Dércio Marques, palco no qual irá recepcioná-lo o amigo e anfitrião Erick Castanho, a partir das 20 horas, no Atrio Bussines Center. Fora os milhares de hoje, certamente ele receberá, antes e depois do show, beijos, abraços e bitocas, mimos que deverão deixá-lo ainda mais cheio de energia e ideias para a sequência do projeto que iniciou em 10 de julho. Na noite desta recente data, João Arruda começou a gravar Entre Violas e Couros em Barão Geraldo,  nome que terá o terceiro álbum solo e com o qual  pretende marcar e comemorar seu jubileu de estanho/zinco.

Continue Lendo “João Arruda (SP): aniversário do inquieto e sonhador violeiro e compositor no Dia do Trovador”