Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!


Deixe um comentário

982 – Tunai e Wagner Tiso apresentam “Saudades da Elis” na estação ferroviária de Poços de Caldas (MG)

Em mais uma rodada do projeto Composição Ferroviária, moradores de Poços de Caldas e região e turistas que estiverem aproveitando o inverno passeando pelo município sul mineiro poderão curtir, gratuitamente, na manhã de domingo, 30 de julho, apresentação dos músicos Tunai e Wagner Tiso, protagonistas do show Saudades da Elis. Antes de eles subirem ao palco do pátio da estação ferroviária, o público terá a oportunidade de matar saudades de músicas que embalam a memória afetiva de várias gerações, recordadas a partir das 10 horas pelo Choro a Dois. O duo é formado por Gabriel Carbonari (violão) e Jéssica Rosado (bandolim), novos talentos que têm encantado a cidade.

Continuar lendo

Anúncios


Deixe um comentário

979- Jucilene Buosi recorda sucessos de Elis e de Mercedes Sosa como atração do Julho Fest, em Poços de Caldas (MG)

Cantora e atriz, Jucilene Buosiexpoente dos mais representativos da música sul mineira e do Estado, protagonizará neste domingo, 23, apresentação em Poços de Caldas durante a qual o público poderá matar saudades de Elis Regina e de Mercedes Sosa — duas consagradas expressões latinoamericanas. O show previsto para começar às 20 horas, na Casa de Cultura do Instituto Moreira Salles (IMS), intregra a programação do JulhoFest e brindará o público com canções imortalizadas tanto pela gaúcha Elis Regina, quanto pela argentina Mercedes Sosa, cujas vivências, atitudes e histórias construíram as biografias de duas mulheres que direcionaram fundamentais conquistas femininas em seus países, utilizando o canto como instrumento. Acompanhada por Albano Sales (piano) e Eduardo Sueitt (percussões), Jucilene Buosi interpretará com sua performance vocal sempre expressiva Volver a los 17, Gracias a la vida, Casa no campo, O bêbado e a equilibrista e Yo vengo a oferecer mi corazón, entre algumas das mais aclamadas músicas do repertório tanto da Pimentinha, quanto da La Negra, como carinhosamente os fãs e admiradores tratavam as homenageadas.

Continuar lendo


Deixe um comentário

943- Conheça Paulo Rubens Gimenes, escritor de Franca, autor de O Poeta e o Cantadô/Uma Odisseia Caipira

Minha cantiga é de cantar e alertar/é pelo prazer te ver dançar, voar no ar/(…) é dança antiga para chover/molhar o sertão, teu coração, e o chão (…) voltar ao ar ao ar, ao chão do teu lugar

Cantiga, faixa 2 de O Poeta e o Cantadô/Uma Odisseia Caipira, de Paulo Rubens Gimenes

O Barulho d´água Música voltou às páginas do blogue Terra Brasilis, de Daniel Lamounier, para de lá trazer e compartilhar com amigos e seguidores a dica para baixar e conhecer O Poeta e o Cantadô/Uma Odisseia Caipira, o mais recente álbum do escritor e músico Paulo Rubens Gimenes. Este ótimo disco de 15 faixas é daqueles que exigem “dar um tempo nesta vida louca” (para ser ouvido mais e mais, sem pressa, permitindo-se o encantamento,  saboreando um bom gole de café que lambuza a boca ou como quem ouve prosa boa de compadre, como Paulo Rubens Gimenes bem ensina logo na primeira música, Simples Composto) e acompanha livro de 37 contos e poemas do paulista de Franca, cidade onde nasceu e mora, formou-se em Comunicação Social pela Unifran, cria jingles publicitários e ainda atua como microempresário do ramo de produtos para calçados. Os dois “troncos da mesma raiz”repetem com idêntico sucesso o formato do primeiro combo — o livro de poesias Poemas para Cantar, Músicas para Ler (2010), que também traz encartado um disco, lançado no Centro Médico de França em outubro de 2010 após ser contemplado (depois de muitas tentativas do autor) pelo Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo (ProAc) e que contou ainda para ir ao prelo e ao estúdio com iniciativas da FM Editorial, situada em São Paulo.

Continuar lendo


1 comentário

898 – Composição Ferroviária está de volta com shows gratuitos do Cobra Coral e do Tarumã em Poços de Caldas (MG)

Neste domingo, 17 de julho, o público de Poços de Caldas e dos municípios  vizinhos deste aprazível cantinho sul mineiro voltará a curtir no pátio da antiga estação de trens da Mogyana as apresentações musicais do Composição Ferroviária. Coordenado pelos músicos e produtores culturais Wolf Borges e Jucilene Buosi, o projeto que já faz parte do calendário cultural da cidade nesta primeira rodada da temporada 2016 será oferecido como parte da programação do Julhofest.  E como a retomada será mais do que especial, eles prepararam uma Edição Vocal que brindará a plateia com dois shows, ambos sem cobrança de ingressos, levando ao palco a partir das 10 horas o Quarteto Cobra Coral (BH) e o Grupo Tarumã (SP).

Continuar lendo


1 comentário

845 – Relação de vencedores do Troféu Fernando Brant tem Hamilton de Holanda, Chico Lobo, Adriano Grineberg…

Hamilton de Holanda (RJ), Chico Lobo (MG) e Adriano Grineberg (SP) estão entre os vencedores do 2º Prêmio Profissionais da Música, anunciados em Brasília (DF) entre 1º e 3 de abril. O projeto idealizado com o objetivo de reconhecer o potencial e premiar a contribuição de profissionais envolvidos na criação, produção e circulação de obras de arte físicas e digitais relacionados à música contou com 117 finalistas de 39 categorias que compuseram as modalidades Criação (na qual Holanda, Lobo e Grineberg concorreram), Produção e Convergência. Todos os ganhadores levaram para casa o Troféu Fernando Brant, músico mineiro de Caldas (MG) que integrou o Clube da Esquina e se consagrou como compositor de sucessos nacionais como Travessia, em parceria com Milton Nascimento.

Veja abaixo a relação dos contemplados da modalidade Criação e suas respectivas categorias

Autor, Thiago Amud; Instrumentista, Hamilton de Holanda (bandolim); Cantor, Pedro Sá Moraes; Cantora, Verônica Ferriani; Arranjador, André Vasconcellos; Hip-Hop, Lurdes da Luz; Gospel, Anayle Sullivan; Instrumental, Panorama do Choro Paulistano; Rock’n Blues, Adriano Grineberg; Metal & Hardcore, As Verdades de Anabela; Groove & Pop, Aláfia; Raiz Regional, Chico Lobo; MPB, Roberta Campos; Folclore e Cultura Popular, Mawaca; e Samba Choro, Galo Cego.

Os demais vencedores poderão ser conferidos mediante acesso ao linque http://www.ppm.art.br/pt/

Roberta Campos

Roberta Campos (ao violão) faturou o troféu da categoria MPB, na qual concorreu com a parceira do projeto de Manifesto Poesia, Nô Stopa. Nesta foto de Rita Araújo ambas estão no palco do Sesc Belenzinho, de São Paulo


Deixe um comentário

842- Jucilene Buosi lança “Falsete”, álbum com trilha de longa metragem homônimo que revela a música e a beleza sul-mineira

“Falsete é cantar fino sem fazer força, é aquilo que engana o que seria para acontecer e dá um chapéu na canção, Falsete é o que acontece na vida, demais da conta” 

Dinho Caninana

Vamos dar um pulo rápido à aprazível Poços de Caldas (MG)  para deixar registrado que hoje, 1º de abril,  é dia de lançamento do álbum Falsete, de Jucilene Buosi, em evento que está marcado para transcorrer no Instituto Moreira Sales (IMS), com a participação de Wolf Borges.

O álbum traz a trilha sonora do filme Falsete – o que é de Naturetat, negare pot!., primeiro documentário de longa metragem que proporciona uma imersão no cenário musical do Sul de Minas Gerais contendo paisagens e personagens que fazem a história desta rica vertente reconhecida mundialmente e que tem como expoentes, entre outros, Ivan Vilela, Gildes Bezerra, Fernando Brant, Ceumar, Raimundo Andrade, Sérgio Santos, Casquídeo, Chorões da Pedra Branca e Grupo 13 de Maio.

O filme apresenta Jucilene Buosi, cantora e atriz que conduz os encontros e interpreta as canções do filme. Tem a direção de Rodrigo Infante, produção artística de Wolf Borges e som direto e arranjos de Deivid Santos. Deverá deve ser lançado em breve em Poços de Caldas e em todo o Sul de Minas.

“O sul-mineiro tem uma percepção da natureza muito mais forte, pois vive num lugar bonito que o obriga a percebê-la. Assim, de uma maneira geral, o sul-mineiro é um pouco mais abrandado, tem o coração mais suave, pois o mundo onde vive é lírico, quase onírico”, segundo Ivan Vilela, nascido em Itajubá. Hoje, no show de lançamento do CD, Jucilene Buosi (voz) e Deivid Santos (arranjos e violão) interpretam as canções contidas no trabalho que reforçam esta visão do violeiro por meio de composições, boa parte inéditas, e de rara beleza.

jucilene na janela

Em Falsete, tanto no álbum quanto no documentário, Jucilene Buosi nos abre a janela que dá para o interior de sul de Minas e como anfitriã do passeio por uma região das mais belas revela as riquezas e as particularidades desta peculiar cultura do Brasil profundo

 

anuncio 26a

 


Deixe um comentário

832 – Chico Lobo (MG), Cláudio Lacerda (SP) e João Triska concorrem ao Prêmio Fernando Brant de música regional

Chico Lobo (MG), Cláudio Lacerda (SP),  e João Triska (PR) estão entre os 117 finalistas das 39 categorias do 2º Prêmio Profissionais da Música, conforme apontaram os 4967 votos de profissionais cadastrados (entre os quais o autor deste blogue, o jornalista Marcelino Lima), em processo encerrado no domingo, 13 de março. Os três disputarão, agora, o título da categoria Raiz Regional, representado pelo Troféu Fernando Brant, previsto para ser entregue entre os dias 1 e 3 de abril, no Teatro Nacional de Brasília (DF), evento que terá entrada franca mediante retirada de ingresso e que oferecerá como parte da programação várias atividades e eventos correlatos, incluindo exposição sobre a vida e a obra de Fernando Brant, um dos ícones do Clube da Esquina, que morreu em 2015 e entre outros foi parceiro de Milton Nascimento.

Continuar lendo