1128- Mesclando tradição e experimentalismo, “Expresso 2222” crava o nome de Gilberto Gil na MPB*

O quinto álbum de estúdio do tropicalista é considerado um dos mais marcantes da longa carreira e em sua ode futurista traz blues temperado com toques psicodélicos e a Banda de Pífanos de Caruaru botando dendê no rock
*Com Daniel Tozzi (21/7/2017), do blog A Escotilha

O Barulho d’água Música retoma a série Clássico do Mês e nesta que é a 11ª matéria dedica a presente atualização ao quinto álbum da carreira do genial Gilberto Gil, o icônico Expresso 2222, que o baiano de Salvador gravou em abril e lançou em julho do — ainda turbulento — ano de 1972, seis meses depois de regressar do exílio ao qual fora forçado em  Londres. Em 1969, ele e seu  parceiro musical nas peripécias tropicalistasCaetano Veloso, foram presos, acusados de subversão pelo regime militar. O local escolhido para se exilar foi a efervescente Inglaterra da virada da década dos anos de 1960 para a dos anos 1970. Por lá, o músico baiano entrou em contato com diversos elementos da cena de rock e do psicodelismo da terra da rainha (de The Beatles a Jimi Hendrix) que foram devidamente incorporados em seus trabalhos lançados aqui no Brasil posteriormente.

Continue Lendo “1128- Mesclando tradição e experimentalismo, “Expresso 2222” crava o nome de Gilberto Gil na MPB*”

Anúncios

1018 – Do Vale do Pajeú para o mundo: Maria Dapaz traduz em suas canções a alma festiva e musical dos brasileiros

O Barulho d’água Música apresenta aos amigos e seguidores que ainda não a conhecem Maria Dapaz, cantora e compositora pernambucana, residente em São Paulo e que já soma 17 álbuns na bagagem, lançados entre 1981 e 2015.  Desta prodigiosa obra, o blogue destaca Outro Baião (2013), indicado ao 25º Prêmio Brasileiro da Música, promovido em 2014. Gravado em Recife, capital do estado natal de Maria Dapaz,  Outro Baião, conforme destaca o texto de apresentação disponível no sítio eletrônico da artista, é “uma explosão de brasilidade”. O autor do artigo, Luis Avelima, comenta, ainda, que o álbum a consolida como uma das compositoras de grandes possibilidades, traduzindo em suas canções a alma de um Brasil festivo e musical.

Continue Lendo “1018 – Do Vale do Pajeú para o mundo: Maria Dapaz traduz em suas canções a alma festiva e musical dos brasileiros”

Sr. Brasil recebe Neymar Dias e Toninho Ferraguti, indicados para o Grammy com “Festa na roça”

 

Toninho-Neymar-Imprensa-3
Festa na roça, indicado ao Grammy deste ano, é uma obra prima que recorda clássicos da música caipira, com arranjos singelos e muito bem executados pelos músicos convidados para o programa de Rolando Boldrin, Sr.Brasil

O Sr.Brasil que vai ao ar neste domingo, 26, partir das 10 horas, pela TV Cultura de São Paulo, terá entre as atrações Neymar Dias (viola caipira) e Toninho Ferraguti (acordeon). A dupla recentemente lançou Festa na roça, indicado para concorrer em novembro ao Grammy de melhor disco brasileiro de música de raiz. De papo pro ar (Olegário Mariano e Joubert de Carvalho); Saudades de Matão (Raul Torres/Antenógenes Silva /Jorge Gallati) e Olímpico (Toninho Ferragutti) serão apresentadas ao público que acompanha o programa de Rolando Boldrin. As músicas estão entre as 13 do álbum concebido para emocionar e trazer recordações, em homenagem à cultura caipira. Singelas e tão importantes na vida de tanta gente, as faixas ganharam pequenos arranjos que acrescentam dinâmicas e sonoridades diferenciadas, sem perder a força da simplicidade melódica. 

Continue Lendo “Sr. Brasil recebe Neymar Dias e Toninho Ferraguti, indicados para o Grammy com “Festa na roça””