1564 – O livro do desassossegado: Letícia Bertelli revisita trajetória do cantor e compositor Dércio Marques (MG)

#MPB #MúsicaLatinoAmericana #MúsicaIberoAmericana #CulturaPopular #InsitutoÇare 

Estudo que sai pelo Instituto Çare (SP) resgata potência da obra e atualidade do pensamento do cantador, compositor e pesquisador que a mídia e a cultura de massas negligenciam, mas que revelou ao mundo a força e as tradições anticolonialistas latino-americanas

Autor de uma obra que espelha a riqueza multicultural da música, Dércio Marques dedicou sua carreira a pesquisar as raízes musicais ibero-americanas e a pensar a cultura popular como forma de ação social. Cantador, compositor, agregador, Dércio produziu talentos como Elomar e Diana Pequeno e tornou-se elo entre o Brasil e os movimentos musicais latino-americanos de resistência política a partir dos anos 1960. Dércio Marques: da Latinoamérica ao Brasil de dentro, livro da artista e pesquisadora Letícia Bertelli, que o Instituto Çarê, situado na cidade de São Paulo, lançará na sexta-feira, 19 de agosto, resgata a potência singular de um ícone apagado pela crítica canônica – e ilumina a atualidade de um pensamento que valoriza o legado musical autóctone do continente e o papel social da cultura. A noite de autógrafos começará às 18 horas. 

Continuar lendo

1403 – Carlinhos Ferreira (MG) lança Fragmentos e Trilhas, álbum concebido em retiro espiritual no Caparaó capixaba

#MúsicaInstrumental #MúsicaBrasileira #CulturaPopular #Caparaó #ParqueNacionaldoCaparaó 

Disco que sai pela Quae Música é o quarto da carreira do compositor e percussionista e foi produzido durante seu recolhimento em uma das regiões mais marcantes do Brasil, entre o ES e MG 

O percussionista e compositor mineiro Carlinhos Ferreira acaba de disponibilizar neste domingo, 20, em todas as plataformas digitais, Fragmentos e Trilhas, seu quarto álbum de carreira e o segundo solo, pela Quae Música. As nove faixas, todas instrumentais, foram geradas aproveitando os rigores da pandemia da Covid-19 durante retiro espiritual e artístico de cinco meses do músico na porção capixaba da Serra do Caparaó — uma extensão da Mata Atlântica cercada por belezas naturais e que abriga o Parque Nacional do Caparaó, área que se tornou famosa no final da década dos anos 1960 por concentrar atividades de um dos primeiros grupos guerrilheiros de enfrentamento ao nefasto regime militar que se manteve no país até 1985. A utilização nos arranjos de diversos instrumentos musicais presentes no Brasil e em outros países (de cordas, de sopro e de percussão, alguns artesanais, por exemplo) que buscaram captar esta atmosfera mágica, de resistência e de transcendência resultou em um álbum definido pela cantora, escritora e compositora Consuelo Maryákoré de Paula como um “grito de vida”, um trabalho em tempos de isolamento e de pandemia “pra se ouvir com urgência”.

Continuar lendo

Levi Ramiro e Paulo Freire e grupo de Arapiraca (SE) abrem série de 480 concertos do Sonora Brasil/15, em Vitória (ES)

ppppiutre

Os violeiros e compositores Levi Ramiro e Paulo Freire, ambos de São Paulo, abriram ontem, 28 de maio, a 18ª edição do projeto Sonora Brasil com um show no Centro Cultural Sesc Glória, em Vitória (ES). O Sonora Brasil, promovido pelo Sesc, é considerado o maior do país em circulação musical e na edição de 2015 terá, até dezembro, 480 concertos em mais de 130 cidades brasileiras. Além de Levi e Paulo Freire,  estreia contou ainda com apresentação do grupo Destaladeiras de Fumo de Arapiraca (AL), com mestre Nelson Rosa, representando o tema Cantos de trabalho.

Continuar lendo