Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!


Deixe um comentário

1002 – Culto à Padroeira do Brasil, consagrada em “Romaria”, remonta à pescaria milagrosa no Vale do Paraíba (SP)

PadroePapel

Origami de Emilson Santos (www.coisasdepapel.com.br)

A estupidez e a intolerância religiosa já a tornaram entre outros episódios condenáveis vítima de ensandecidos pontapés, ao vivo, desferidos pelo pastor da Igreja Universal do Reino de Deus Sergio Von Helde em uma emissora de televisão, em 12 de outubro de 1995. A devoção e a fé nos prodígios e bênçãos dela, entretanto, em grandeza exponencialmente inversa àquele ódio, transformam-na em amuleto e em amparo nos quais há séculos se apegam, entre outros, inúmeros artistas populares como a confraria quase completa de violeiros. Em suas cantorias, eles costumam entoar seu amor, suas súplicas, seus agradecimentos e, ainda, pedem proteção e iluminação à Santa que por decreto oficial do Papa Pio XI, desde 16 de junho de 1930, é a Padroeira do Brasil. Juntamente com o Dia das Crianças, é à Nossa Senhora (da Conceição) Aparecida que se dedica o feriado desta quinta-feira, 12 de outubro, que deverá atrair à Basílica de Nossa Senhora Aparecida milhares de peregrinos de diversas partes do território nacional e do exterior.

Continuar lendo

Anúncios


1 comentário

746 – Inaugurada no Morro da Serrinha, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), a nova sede do Centro Cultural Casa do Jongo

casa-do-samba_em-Madureira_RJ_29112015_003

A nova sede do Centro Cultural Casa do Jongo possui dois pavimentos construídos no Morro da Serrinha, em Madureira, e oferece atividades diversas relacionadas à manifestação que entrou no país com negros bantos e também ocorre em São Paulo, Sul da Bahia e várias cidades fluminenses (Foto acima e no destaque, ao lado do título: Beth Santos/Prefeitura do RJ/Fotos Públicas)

Os mantenedores, frequentadores e beneficiários da Organização não-Governamental (OnG) Grupo Cultural Jongo da Serrinha, estabelecida no Morro do Serrinha, em Madureira, bairro carioca, está festejando a conquista da nova sede do Centro Cultural Casa do Jongo, aberta desde o domingo, 29. A Casa do Jongo, que é um ritmo precursor do samba, agora dispõe de dois andares que passaram por desapropriação antes de serem totalmente reformado pela Prefeitura do Rio de Janeiro. O novo espaço ocupa cerca de 2.000 metros quadrados. Oferecerá além de ambiente para rezas e terreiro para Jongo e Capoeira auditório, com projetor, para 30 pessoas; estúdios; salas e oficinas para danças, cursos profissionalizantes, de artes e de exposições permanentes; lojas; refeitório e escritórios administrativos. O projeto do térreo seguiu proposta paisagística com pedras portuguesas compondo mosaicos em referência a desenhos africanos.

Continuar lendo