Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!


Deixe um comentário

1025 – Centenário de Jacob do Bandolim reúne ases do instrumento no Teatro Paulo Autran*

*Com o Portal Vermelho, por Julinho Bittencourt (Revista Fórum)

Plêiade de bandolinistas formada por Hamilton de Holanda, Danilo Brito, Fábio Peron, Milton Mori e Izaías Almeida vai se encontrar ao lado de Gian Correa (violão de 7 cordas), Roberta Valente (pandeiro), Rafael Toledo (percussão) e Carmen Queiroz (voz) no palco do Teatro Paulo Autran da unidade Pinheiros do Sesc de São Paulo neste sábado, 17, e no domingo, 18 (leia Serviço). Reunidos pela produtora cultural Lu Lopes (Rubra Rosa), os músicos tocarão juntos pela primeira vez em homenagem ao carioca Jacob do Bandolim, até hoje um dos maiores nomes do Choro do país, que na quarta-feira, 14, completaria 100 anos.

Continuar lendo

Anúncios


1 comentário

845 – Relação de vencedores do Troféu Fernando Brant tem Hamilton de Holanda, Chico Lobo, Adriano Grineberg…

Hamilton de Holanda (RJ), Chico Lobo (MG) e Adriano Grineberg (SP) estão entre os vencedores do 2º Prêmio Profissionais da Música, anunciados em Brasília (DF) entre 1º e 3 de abril. O projeto idealizado com o objetivo de reconhecer o potencial e premiar a contribuição de profissionais envolvidos na criação, produção e circulação de obras de arte físicas e digitais relacionados à música contou com 117 finalistas de 39 categorias que compuseram as modalidades Criação (na qual Holanda, Lobo e Grineberg concorreram), Produção e Convergência. Todos os ganhadores levaram para casa o Troféu Fernando Brant, músico mineiro de Caldas (MG) que integrou o Clube da Esquina e se consagrou como compositor de sucessos nacionais como Travessia, em parceria com Milton Nascimento.

Veja abaixo a relação dos contemplados da modalidade Criação e suas respectivas categorias

Autor, Thiago Amud; Instrumentista, Hamilton de Holanda (bandolim); Cantor, Pedro Sá Moraes; Cantora, Verônica Ferriani; Arranjador, André Vasconcellos; Hip-Hop, Lurdes da Luz; Gospel, Anayle Sullivan; Instrumental, Panorama do Choro Paulistano; Rock’n Blues, Adriano Grineberg; Metal & Hardcore, As Verdades de Anabela; Groove & Pop, Aláfia; Raiz Regional, Chico Lobo; MPB, Roberta Campos; Folclore e Cultura Popular, Mawaca; e Samba Choro, Galo Cego.

Os demais vencedores poderão ser conferidos mediante acesso ao linque http://www.ppm.art.br/pt/

Roberta Campos

Roberta Campos (ao violão) faturou o troféu da categoria MPB, na qual concorreu com a parceira do projeto de Manifesto Poesia, Nô Stopa. Nesta foto de Rita Araújo ambas estão no palco do Sesc Belenzinho, de São Paulo


Deixe um comentário

Dia Nacional do Choro, em homenagem a Pixinguinha, completa 15 anos

A0715p09

Pixinguinha, compositor e arranjador, flautista e saxofonista, deixou obras primas do choro como Carinhoso, 1×0 e Lamento

 

Hoje, 23 de abril, comemora-se o 15º ano da introdução no Brasil do Dia Nacional do Choro, data escolhida em 2.000 por ser o dia de nascimento de Alfredo da Rocha Vianna Filho, que ficou conhecido por Pixinguinha (Rio de Janeiro, 1897, Rio de Janeiro, 1973), flautista, saxofonista, compositor e arranjador brasileiro, criador entre outros do célebre Carinhoso.

Continuar lendo


Deixe um comentário

Hamilton de Holanda grava programa no Sr.Brasil e em novembro vai a Londres

DSC03767

Hamilton de Holanda com Rolando Boldrin: carioca é um dos artistas mais cultuados do país depois de Jacob do Bandolim e admirado por seu virtuosismo em vários países além do Brasil (Fotos de Marcelino Lima)

Hamilton de Holanda, um dos mais conceituados bandolinistas do Brasil lançou em primeira mão na quarta-feira, 15/10, no palco do Sr.Brasil, o projeto “Brasil Afora”, no qual apresentará músicas como A escola da bola, Caliandra e Caprichos do Sul, esta do recente álbum Caprichos. O convidado de Rolando Boldrin, que pela primeira vez ocupou o palco do Teatro do SESC Pompeiadeixou hipnotizada a plateia que prestigiava a gravação do programa, pela execução de seu bandolim de dez cordas, das quais parece tirar com extrema facilidade composições que evocam tanto o clássico, como o popular, e vão do baião e do maracatu ao chamamé, aproveitando ainda o tampo como instrumento de percussão. Desta forma, o repertório visita boa parte dos ritmos que mais encantam e estão presentes nos vários estados do país.

Continuar lendo


Deixe um comentário

Atração do Metrópolis, Fernando Sodré tira a viola do lugar tradicional em concerto no SESC Consolação

ponta cabeçca

Fernando Sodré toca com técnica apurada e extrai das cordas toques inusitados para elevar a viola a patamares pouco explorados no país

Fernando Sodré, uma dos mais destacados violeiros do país atualmente, será a atração do programa Metrópolis que a TV Cultura colocará no ar na noite desta quarta-feira, 17 de setembro, logo após a reapresentação do Sr. Brasil. Colecionador de prêmios como instrumentista, Sodré inova na utilização do instrumento obtendo dele tensões harmônicas e melódicas raras ao introduzi-lo em concertos nos quais dialoga com o piano de Írio Júnior, a harmônica de Gabriel Gross, o contrabaixo de Thiago Espírito Santo e a bateria de Esdras Neném. Com este time bem afinado e muito bem entrosado, vem percorrendo as principais salas do país apresentando composições próprias ou de expoentes da música brasileira e internacional como Toninho Horta, Hermeto Paschoal, Tom Jobim, Edu Lobo e Capinam, Garoto e o argentino Astor Piazzola, presentes nos três discos da carreira: “Fernando Sodré”, “Rio de Contrastes” e “Viola de ponta cabeça”.

Continuar lendo