1592 – Moisés Navarro (MG) grava músicas pouco conhecidas de Gilberto Gil em álbum com direção de Jaime Alem*

#MPB #Samba #Cinema #CulturaPopular

Parte das mais luminosas estrelas da constelação Maior da Música Popular Brasileira já adentrou a casa dos 80 anos de idade (ou está bem perto dela), como os baianos Gilberto Gil e Caetano Veloso, o carioca Paulinho da Viola, além do mais mineiro dos cariocas, Milton Nascimento, que, há poucos dias, despediu-se do cenário musical com uma memorável apresentação no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG), sobre a qual, em breve, publicaremos aqui neste Barulho d’água Música texto escrito pelo poeta, cantor, violonista, violeiro, produtor cultural e compositor Makely Ka, um dos milhares de fãs que prestigiaram o emocionado adeus de Bituca aos palcos. No caso de Gil, a extensa e memorável contribuição às causas culturais do Imortal ora reconhecida pela Academia Brasileira de Letras (ABL) e com passagem pelo Ministério da Cultura (quando a pasta não servia como abrigo de gente com capacidade sofrível e desprovida de moral encarregada de desmontar nossas tradições) acaba de ganhar uma nova e imperdível releitura, disponível nas plataformas digitais, desde 17 de novembro. Aquele Abraço, Gilberto Gil, álbum do mineiro Moisés Navarro, funde o repertório de três epês que o autor lançara ano passado em tributo à obra de um dos nossos mais encantadores sábio e ocupante da cadeira 20 da ABL, mais duas gravações inéditas: Logos versus logo, em dueto de Navarro com o rapper Renegado, e Serafim, faixas de abertura e de fechamento, respectivamente

Continuar lendo

1571 – Paranga (SP) lança Redoma, disco com obra instrumental inédita de Elpídio dos Santos*

#MPB #MúsicaInstrumental #SãoLuizdoParaitinga #CulturaPopular #17ºSemanaElpidiodosSantos

Disco com composições das décadas de 1950 e 1960 que serão apresentadas durante a 17ª Semana Elpídio dos Santos traz à luz um tesouro guardado pela família do autor de mais de 1.000 composições

*Com Luciana Gandelini

O Grupo Paranga, de São Luiz do Paraitinga (SP) fará apresentação virtual neste feriado de 7 de setembro, a partir das 17 horas, do álbum Redoma, que reúne músicas instrumentais, como parte das atrações da 17ª Semana Elpídio dos Santos, que é promovida anualmente e está transcorrendo no município da parte paulista do Vale do Paraíba. O Paranga já fez o lançamento do disco físico em 3 de setembro, quando subiram ao palco Negão dos Santos, filho de Elpídio, e João Gaspar, no Coreto que leva o nome do homenageado. Elpídio dos Santos é um dos ícones da música caipira, mas também faz parte do panteão de muitos outros gêneros, o que lhe confere o inegável status de genuíno representante da cultura musical brasileira.

O concerto virtual estará disponível no canal do http://www.youtube.com/parangaoficial. Redoma foi gravado com o objetivo de registrar e preservar dez obras instrumentais inéditas de Elpídio, com produção executiva de Lia Marques e Renata Marques, integrantes do grupo. A direção artística e musical coube a Negão dos Santos, a produção musical a João Gaspar. Redoma conta, ainda, com participações especiais de Gabriel Sater, Mestrinho, Neymar Dias, Toninho Carrasqueira, Salomão Soares, Choro das 3, Thadeu Romano e Léo Couto.

Continuar lendo

1493 – Até 29/12, assista Os Quatro Cantos de Elpídio, produção da Companhia Navega Jangada de Teatro(SP)*

*Com Miriam Bemelmans, Assessoria de imprensa Bemelman’s, e Cláudio Lacerda, cantor e intérprete

Os Quatro Cantos de Elpídio, projeto da Companhia Navega Jangada, com 50 minutos de duração e classificação etária livre, poderá ser visto entre 19 e 29 de dezembro no canal online cujo linque estará ao final desta atualização. Contemplado pelo edital ProAC Expresso Programa de Ação Cultural Expresso Lei Aldir Blanc (LAB), Os Quatro Cantos de Elpídio busca revelar o universo de sons e cores do maestro e compositor Elpídio dos Santos, que nasceu e morreu em São Luiz do Paraitinga (entre janeiro de 1909 e setembro de 1970), município encravado na porção paulista do Vale do Paraíba, a cerca de 170 quilômetros da Capital de São Paulo. A companhia contará com a participação do grupo musical Paranga, integrado por familiares de Elpídio: Lia Marques, neta; Negão dos Santos, filho; e Renata Marques, nora; além do músico e compositor João Gaspar.

Continuar lendo