649 – Cláudio Lacerda no Imagens do Brasil Profundo: a arte de melhorar o que já é ótimo!

cródio bma

Cláudio Lacerda, cantor e compositor paulistano, acompanhado por Daniel Franciscão (viola caipira) e Leonardo Padovani (violino), protagonizou na noite de quarta-feira, 16, mais um dos seus memoráveis shows, durante o qual cantou na Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo, sucessos da carreira que já soma três álbuns gravados, um prestes a ser colocado à disposição dos amigos e fãs (inúmeros, mas ainda poucos para um artista da sua magnitude e capacidade interpretativa e veia composicional!) e vários projetos dedicados à pesquisa, preservação e divulgação das tradições populares que abastecem o inesgotável e rico manancial da  música regional e de raiz nacionais, concebidos e costurados independentemente não sem mergulhar em dedicados estudos.  Cláudio Lacerda atendia ao convite do curador do projeto Imagens do Brasil Profundo, o professor de Sociologia Jair Marcatti, e mais uma vez provou: quando ele sobe ao palco o que já é normalmente ótimo pode ficar ainda melhor!

Continue Lendo “649 – Cláudio Lacerda no Imagens do Brasil Profundo: a arte de melhorar o que já é ótimo!”

633 – João Arruda fala sobre a carreira, cultura popular e canta em nova rodada do Imagens do Brasil Profundo (SP)

arrudinha

O compositor, pesquisador e multi-instrumentista João Arruda, de Campinas (SP), animou mais uma rodada do projeto Imagens do Brasil Profundo, realizado a cada quinze dias, sempre às quartas-feiras, na Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo. Abrindo a programação de setembro, João Arruda conversou com o curador Jair Marcatti sobre temas e ritmos relacionados à cultura brasileira e que influenciam sua carreira que, neste ano, completa 10 anos. O bate-papo transcorreu entremeado por músicas dos álbuns Celebra Sonhos e Venta Moinho, além de um terceiro, ao vivo, com músicas do show Entre Violas e Cordas (que está gravando), e as canções Minha História (João do Vale/MA) e Tapera (Vitor Ramil/RS). Para acompanhá-lo, Arruda chamou ao palco o violinista Antônio Galba e a cantora Katya Teixeira.

Continue Lendo “633 – João Arruda fala sobre a carreira, cultura popular e canta em nova rodada do Imagens do Brasil Profundo (SP)”

628 – João Arruda (SP) fala sobre cultura popular e canta sucessos da carreira em nova rodada do projeto Imagens do Brasil Profundo

joão arruda

O cantor e compositor João Arruda (Campinas/SP), que também é pesquisador e se define como sonhador inquieto, será a atração desta quarta-feira, 2 de setembro, do Imagens do Brasil Profundo, a partir das 20 horas, na Biblioteca Mário de Andrade, situada em São Paulo. A entrada é franca.

João Arruda é um artista múltiplo que se caracteriza pela irreverência e pela alegria. Ainda bem jovem, está completando em 2015 dez anos de carreira conhecida e apreciada inclusive fora do país, marca que vem comemorando apresentando o repertório do novo álbum que lançará em breve, Entre Violas e Couros. O disco será o terceiro da discografia autoral que inclui, ainda, Celebra Sonhos e Venta Moinho.

Continue Lendo “628 – João Arruda (SP) fala sobre cultura popular e canta sucessos da carreira em nova rodada do projeto Imagens do Brasil Profundo”

João Arruda grava “Entre Violas e Couros”, álbum para marcar 10 anos de carreira, em Barão Geraldo (SP)

e arruda cordas couros
Ao celebrar dez anos de carreira João Arruda convida amigos e admiradores para mais uma festa no Centro Cultural Casarão, em Campinas (Foto: Adriano Rosa/ASN Campinas)

O violeiro, cantor, pesquisador e sonhador inquieto João Arruda já está costurando o espetáculo Entre Violas e Couros, por meio do qual o músico planeja tornar inesquecível e especial a noite da sexta-feira, 10 de julho, em Campinas. João Arruda está comemorando, em 2015, dez anos de carreira solo e nessa data promoverá no palco do Centro Cultural Casarão (situado em Barão Geraldo, distrito de Campinas/SP), um show imperdível em comemoração à caminhada ao longo deste frutífero período no qual despontou como um dos mais criativos e originais nomes da música regional, dentro e fora do país. A partir das 20 horas, ele cantará composições de sua autoria (algumas inéditas) mescladas a cantigas e brincadeiras do folclore brasileiro e de compositores que se expressam por meio da cantoria e da cultura popular, como João do Vale (MA) e Elomar Figueira de Melo (BA).

Continue Lendo “João Arruda grava “Entre Violas e Couros”, álbum para marcar 10 anos de carreira, em Barão Geraldo (SP)”

Garrincha bate bola, Cora Coralina divide doces e Cartola puxa o refrão em novo álbum de Zeca Collares (MG)

zeca collares campinas arte 2 

O cantor e compositor Zeca Collares (Grão Mogol/MG) lançou no domingo, 21 de junho, o oitavo álbum da carreira, acompanhado pelos músicos Cléber Almeida (percussão), Zé Marcos (violão) e Luiz Anthony (contrabaixo) e como plateia para a primeira audição de Estação, biscoito de nata que chegara apenas dois dias antes, teve o público que frequenta a unidade Campinas do Sesc. Zeca Collares ocupou o palco da área de convivência como atração do projeto Folias de Junho. O disco tem dez faixas, das quais duas são instrumentais, e apresentam o universo das rezas, das folias e das vivências sertanejas que formam o ambiente onde, desde menino, ele está inserido, compostas em parceria com Valter Silva e que extrapolam a sonoridade da viola caipira com inovações nas propostas melódicas e harmônicas. “Sempre fui conhecido como um violeiro dedicado ao lado tradicional do instrumento, e já toquei, por exemplo, com Pena Branca e Xavantinho, mas neste novo trabalho vocês notarão: fiz questão de manter os pés nas raízes, com a cabeça colocada no mundo”, disse Zeca Collares que, atualmente, reside em Sorocaba (SP).

Continue Lendo “Garrincha bate bola, Cora Coralina divide doces e Cartola puxa o refrão em novo álbum de Zeca Collares (MG)”

Centro Cultural Casarão terá Flautins Matuá e Sexteto Clariô (SC) em nova rodada do Dandô-Dércio Marques

dando clario

O grupo Flautins Matuá será anfitrião de uma nova rodada do Dandô Circuito de Música Dércio Marques programada para esta quinta-feira, 18, a partir das 20 horas, quando receberá o catarinense Sexteto Clariô, no Espaço Cultural Casarão, situado no distrito de Barão Geraldo (Campinas/SP). O Flautins Matuá atua desde 2002, formado da vontade de seus integrantes em aprender a tocar pífano e de pesquisar as brincadeiras tradicionais brasileiras. Ex-alunos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Fernando Tocha (pífano e flauta transversal); João Arruda (viola); Marina Reiter (percussão); Franco Galvão (zabumba) e Bruno Dutra (pífanos) desde então já percorreram cidades do país e excursionaram mundo a fora, passando por países como Itália e França.

Já o Sexteto Clariô destaca-se pelo tratamento atualizado em seus arranjos e instrumentação, empregando instrumentos associados à cultura popular brasileira (viola brasileira, rabeca e pífano)  e à música urbana e de concerto (violino, violoncelo, viola de arco, saxofone e flauta transversal). O repertório reúne temas ligados ao Brasil rural e aos ritmos ibéricos, com o intuito de divulgar as vertentes da música brasileira em que as fronteiras entre o popular e o erudito se divergem e se renovam na base das tradições. A escolha do repertório deste espetáculo buscou reunir influências de autores com práticas composicionais diversas, como, por exemplo, César Guerra Peixe, Tião Carreiro, Almir Sater, Elomar Figueira Mello e músicas autorais. Formam o sexteto de Florianópolis Caio de Souza (viola caipira), Marcelo Portela (violão 7 cordas, cavaquinho e rabeca), Jorge Linemburg (violino e rabeca), Tácio Vieira (violoncelo), Fábio Mello (flauta transversal, pífano e sax soprano) e Guilherme Tebet (percussão).

Continue Lendo “Centro Cultural Casarão terá Flautins Matuá e Sexteto Clariô (SC) em nova rodada do Dandô-Dércio Marques”

Levi Ramiro e Paulo Freire e grupo de Arapiraca (SE) abrem série de 480 concertos do Sonora Brasil/15, em Vitória (ES)

ppppiutre

Os violeiros e compositores Levi Ramiro e Paulo Freire, ambos de São Paulo, abriram ontem, 28 de maio, a 18ª edição do projeto Sonora Brasil com um show no Centro Cultural Sesc Glória, em Vitória (ES). O Sonora Brasil, promovido pelo Sesc, é considerado o maior do país em circulação musical e na edição de 2015 terá, até dezembro, 480 concertos em mais de 130 cidades brasileiras. Além de Levi e Paulo Freire,  estreia contou ainda com apresentação do grupo Destaladeiras de Fumo de Arapiraca (AL), com mestre Nelson Rosa, representando o tema Cantos de trabalho.

Continue Lendo “Levi Ramiro e Paulo Freire e grupo de Arapiraca (SE) abrem série de 480 concertos do Sonora Brasil/15, em Vitória (ES)”

Susana Travassos, cantora de Lisboa, comemora aniversário hoje

1619597_10202529052043390_1752420509_n
Susana Travassos, nascida em Faro, Portugal, já gravou no Brasil com Chico Saraiva, Fagner, Katya Teixeira e Luiz Salgado, e canta em um dos seus álbuns músicas de Elis Regina

 

O Barulho d’água Música envia para além mar um abraço dos mais especiais, destinado à cantora e interprete Susana Travassos (Faro/Portugal), aniversariante de hoje. Susana Travassos reside em Lisboa e costumeiramente visita o Brasil para brindar amigos e fãs com shows nos quais apresenta músicas que vão do canto lírico ao jazz, além da popular brasileira, portuguesa e latino-americana. Em 2008, Susana Travassos gravou álbum com sucessos de Elis Regina, no qual fez questão de manter o sotaque nativo. Depois, em parceria com o compositor Chico Saraiva, colocou no mercado Tejo-Tietê, que intercala composições com clássicos de Portugal e Brasil e com poesias de Mário de Andrade e Fernando Pessoa. Susana Travassos também participa de 2 Mares, álbum de Katya Teixeira e Luiz Salgado indicado ao 25º Prêmio da Música Brasileira, e de Palavras Acesas, no qual canta com Fagner Noturno nº 2, disco que divulga a poesia do maranhense José Chagas.

Parabéns, Susana Travassos! Muita luz e sucesso para toda a vida!

500

TV Cultura reapresenta Sr.Brasil com Zeca Baleiro e Zélia Duncan

zecazjpg
Zeca Baleiro e Zélia Duncan, com Rolando Boldrin: dupla vai cantar no palco do Sr. Brasil (Foto: Marcelino Lima)

 

O Sr. Brasil deste domingo, 3, trará a reapresentação das participações de Zeca Baleiro (MA) e Zélia Duncan (RJ), convidados de Rolando Boldrin (SP). O programa terá ainda a participação do violonista Edmílson Capelupi (SP) e vai ao ar a partir das 10 horas. A reapresentação ocorrerá a partir de 1 hora de terça-feira, 5 de maio. O Barulho d’água Música acompanhou as gravações feitas no Teatro do Sesc Pompeia e recomenda ao amigo e seguidor curtirem esta atração!

SEM FLORESTA NÃO TEM ÁGUA!

O filme A Lei da Água mostra a importância das florestas para a conservação dos recursos hídricos no Brasil, e problematiza o impacto do novo Código Florestal nesse ecossistema e na vida dos brasileiros.

Nós do Barulho d’água Música também apoiamos ações de mobilização pela preservação de nossas florestas, entre elas a campanha Desmatamento Zero, promovida pelo Greenpeace Brasil. Assine a petição e participe!

Existem muitas razões para a crise hídrica que vivemos hoje no Brasil, e o desmatamento é uma delas, pois interfere diretamente no ciclo da água.

Por isso, o Greenpeace está coletando assinaturas para levar ao Congresso Nacional e exigir que seja criado o projeto de lei pelo fim da destruição das florestas, ou seja, queremos #DesmatamentoZero!

Assine a petição e faça parte desta rede:

10891808_376819919178289_1326467974373455637_n

TV Cultura leva ao ar Zeca Baleiro e Zélia Duncan no Sr.Brasil, com Rolando Boldrin

ZecaZeliaw
Zeca Baleiro e Zelia Ducan fizeram de um limão uma limonada:  para não perder viagem a Salvador (BA), apresentação virou show descontraído e intimista, gravado em outubro por Rolando Boldrin (Foto: Elisa Espíndola)

Zeca Baleiro e Zélia Duncan, dois dos mais versáteis e irrequietos cantores e compositores brasileiros, juntaram os talentos e a inspiração e prepararam um projeto musical que ganhou espaço para divulgação no palco do Sr. Brasil, em outubro, e que irá ao ar neste domingo, 30, a partir das 10 horas, na tela da TV Cultura.  Rolando Boldrin gravou com Zélia e Zeca por mais de uma hora, no  SESC Pompeia. De forma descontraída, brincando entre si e com o público, interagindo com os causos narrados por Boldrin, os convidados contaram que a ideia da parceria surgiu em janeiro, quando ambos deveriam participar de um festival de encontros, em Salvador (BA), mas que acabou antes da hora.

Continue Lendo “TV Cultura leva ao ar Zeca Baleiro e Zélia Duncan no Sr.Brasil, com Rolando Boldrin”