1328- Clube da Esquina ao cair da tarde: Márcio Hallack lança Desse Modo, pela produtora e gravadora Kuarup

#MPB #MúsicaInstrumental #MúsicaIndependente #ClubeDaEsquina

Sexto disco do pianista traz canções inéditas e versões de músicas de Lô Borges e Milton Nascimento

Já está disponível nas plataformas digitais Desse Modo, novo trabalho da carreira do arranjador e pianista mineiro de Juiz de Fora Márcio Hallack, lançado pela produtora e gravadora Kuarup. Agora com seis álbuns em sua trajetória e já premiado em duas edições do BDMG Instrumental, além da indicação ao Prêmio Tim de 2003, o compositor assina os arranjos e presta homenagem a importantes nomes da nossa MPB, aqui numa versão estritamente instrumental.

O disco traz na formação um trio que reúne Márcio Hallack, ao piano, Enéas Xavier (baixo acústico) e Esdras Ferreira “Neném” (bateria), apresentando convidados em algumas faixas. Dos compositores mineiros, Hallack escolheu Tudo Que Você Podia Ser, de Lô e Márcio Borges, imortalizada por Milton Nascimento no disco Clube da Esquina, de 1972.

Continue Lendo “1328- Clube da Esquina ao cair da tarde: Márcio Hallack lança Desse Modo, pela produtora e gravadora Kuarup”

1210- Sérgio Santos (MG) lança disco interpretando clássicos da MPB, pela Kuarup

Músico premiado celebra novo disco, São Bonitas As Canções, com produção de André Mehmari e participações de Nailor Proveta, Rodolfo Stroeter e Tutty Moreno e repertório que traz Edu Lobo, Chico Buarque, Gilberto Gil, Tom Jobim e Moacir Santos

O cantor e compositor mineiro Sergio Santos está lançando o álbum São Bonitas As Canções, editado pela produtora e gravadora Kuarup, escolhido para abrirmos as audições matinais de sábado aqui no boteco do Barulho d’água Música neste dia 13 de julho em São Roque, aprazível cidade do Interior paulista de Pindorama, a popular República das Bananeiras, no ano I da dinastia Bozo. Compositor reconhecido, com uma obra consagrada com o poeta Paulo César Pinheiro, indicado ao Grammy Latino e com inúmeros prêmios por suas composições, Sergio Santos  nunca havia se aventurado a gravar nenhuma música que não fosse de sua autoria em seus oito anteriores discos. Agora, no entanto, Sergio Santos resolveu pela  se entregar a esta tarefa de interpretar o que não compôs, incentivado pelo músico André Mehmari, o idealizador e coprodutor deste sofisticado projeto que conta com os músicos Nailor Proveta, Rodolfo Stroeter e Tutty Moreno.

Continue Lendo “1210- Sérgio Santos (MG) lança disco interpretando clássicos da MPB, pela Kuarup”

1078 – Noneto de Casa, grupo paulista, é atração do Museu da Casa Brasileira (SP) neste domingo sem futebol

Repertório da banda  passeia por gêneros como samba, baião, afro-latin, maracatu e jazz e no show de domingo terá também sucessos de Hermeto Pascoal
Marcelino Lima, com assessoria de imprensa do MCB  (Foto do Noneto de Casa:  Lucas Mercadante)

A bola não vai rolar no domingo, 8, pela Copa do Mundo da Rússia, abrindo para quem curte além de futebol música de qualidade a possibilidade de conhecer o trabalho do grupo paulista Noneto de Casa, anunciado como atração do Museu da Casa Brasileira, situado em São Paulo. Com entrada franca, a apresentação está prevista para começar às 11 horas. Passeando por gêneros como samba, baião, afro-latin, maracatu e jazz, a banda apresentará músicas do terceiro e mais recente álbum da discografia, Resbucando, além de canções de Hermeto Pascoal cuja obra será revisitada no disco seguinte do Noneto de Casa.

Continue Lendo “1078 – Noneto de Casa, grupo paulista, é atração do Museu da Casa Brasileira (SP) neste domingo sem futebol”

1034 – Tavinho Moura recebe amigos e lança no Clube da Esquina (MG) O Anjo na Varanda

O 18° álbum do mineiro de Juiz de Fora traz safra singular de canções de um dos mais originais e sofisticados compositores do Brasil

Marcelino Lima, com Dubas Música

O cantor, compositor, escritor e fotógrafo Tavinho Moura, um dos mais aclamados violonistas e violeiros do país, lançou no dia 10 de março o décimo-oitavo álbum da carreira em apresentação concorrida que levou amigos e fãs ao templo sagrado da música mineira, o Museu do Clube da Esquina, em Belo Horizonte (MG). O Anjo na Varanda, lançado pelo selo Dubasdá sequência à premiada carreira iniciada com Como Vai Minha Aldeia, há 40 anos.

Continue Lendo “1034 – Tavinho Moura recebe amigos e lança no Clube da Esquina (MG) O Anjo na Varanda”

789 – Sesc Ipiranga promove em janeiro atividades e espetáculos com expoentes da Vanguarda e do Lira Paulistana

Casa-Benedito-Calixto-credito-Calil-Neto
O Lira Paulistana começou como um pequeno teatro em Pinheiros, depois acolheu várias outras formas de manifestação artística dos integrantes da Vanguarda Paulistana engajada com a renovação de linguagens e do conceito de entretenimento durante seis anos, agitando os parâmetros culturais não apenas em Sampa, mas país afora (Foto: Arquivo Pessoal de Calil Neto)

O Sesc Ipiranga está promovendo espetáculos musicais e atividades protagonizados por expoentes da turma de artistas que formou a Vanguarda Paulista entre 1979 e 1986, inicialmente concentrada no teatro Lira Paulistana, que ficava situado no bairro de Pinheiros, na cidade de São Paulo. Batizado Lira Paulistana: 30 anos. E depois?, o projeto pretende gerar reflexões e por em debate a produção contemporânea, convidando-os para discorrer sobre os caminhos da criação e como se desenha hoje, em Sampa, os espaços catalisadores da nova produção e do experimentalismo. O cronograma começou a ser cumprido com apresentações de Luiz Tatit, Arrigo Barnabé e Lívia Nestrovski e Cida Moreira, nos dias 8, 9, e 10, e terá sequência até o último dia de janeiro, com ingressos cotados entre R$ 6 e R$ 20,00.

Continue Lendo “789 – Sesc Ipiranga promove em janeiro atividades e espetáculos com expoentes da Vanguarda e do Lira Paulistana”

730 – Coisa Fina homenageia mestres como Jacob do Bandolim e Moacir dos Santos em álbum novo, apresentado no MCB (SP)

coisa fina antiguidade

O Barulho d’água Música recebeu gentilmente cedido por Daniel Nogueira um exemplar de Coisa Fina, segundo álbum do grupo paulistano homônimo integrado por ele e mais um punhado de amigos. A formação que em agosto do ano passado entrou no estúdio já era naquela ocasião maior do que um time de futebol e no começo deste ganhou o reforço de Igor Pimenta, cujo contrabaixo logo se entrosou à bem temperada “cozinha” desta afinada e espetacular big band. Há dez anos tocando entre outros temas de pontas de lança como Jacob do Bandolim, Laércio de Freitas, Theo de Barros, Guinga, Mozar Terra, Moacir Santos e, agora, no mais recente CD, vestindo a camisa de compositores de novíssima geração como Henrique Brand, o Coisa Fina literalmente encheu em São Paulo o palco do Museu da Casa Brasileira (MCB) na manhã do domingo, 15, e enquanto apresentava as músicas do disco que leva o selo Sesc pôs várias pessoas para dançar, ainda com mais entusiasmo durante Assanhado, de Jacob do Bandolim.

Continue Lendo “730 – Coisa Fina homenageia mestres como Jacob do Bandolim e Moacir dos Santos em álbum novo, apresentado no MCB (SP)”

726 – Domingo do MCB (SP) terá Carlinhos Antunes em dose dupla, com Coisa Fina e Sexteto Mundano, ambas na faixa!

Convite_15_11

O Museu da Casa Brasileira (MCB) programou para este domingo, 15, duas apresentações que contarão com a participação do cantor e compositor Carlinhos Antunes, ambas com entradas francas. A partir das 11 horas, Carlinhos Antunes estará no palco com os músicos do Projeto Coisa Fina, criado há 9 anos, para mostrar à plateia temas de Jacob do Bandolim, Moacir Santos, Laércio de Freitas, Theo de Barros, Guinga e Mozart Terra, além de compositores da nova geração como o saxofonista Henrique Band, que estão em álbum gravado recentemente pelo selo Sesc. O disco, cujo repertório está informado abaixo será lançado na ocasião. 

Mais tarde, às 16 horas, Carlinhos Ferreira e os amigos do Sexteto Mundano protagonizarão sessão retrospectiva de músicas dos três mais recentes álbuns dele, entremeadas por composições que fazem parte de Violeta Terna y Eternaálbum de 10 faixas com o qual prestam tributo à chilena Violeta Parra, com a especial participação da neta da homenageada, Tita Parra. 

Continue Lendo “726 – Domingo do MCB (SP) terá Carlinhos Antunes em dose dupla, com Coisa Fina e Sexteto Mundano, ambas na faixa!”

Festival de Inverno de Botucatu (SP) recebe Andrea dos Guimarães e Orquestra Sinfônica no Camilo Dinucci

festival  botucatu

Entre 16 e 25 de julho, a Secretaria de Cultura de Botucatu realizará mais uma edição do Festival de Inverno, com dez apresentações de diferentes manifestações culturais programadas para o Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci. Todas as atividades serão gratuitas e realizadas a partir das 20h30. O acesso da plateia às 518 poltronas do Teatro estará liberado a partir de 20 horas.

Neste domingo, às 16 horas, como “esquenta” para o Festival, a Secretaria de Cultura promoverá a apresentação da montagem infantil com o teatro de bonecos Brisa Lenta, na praça Rubião Júnior, ao lado do prédio da Prefeitura. Em caso de mau tempo, o público será convidado a ocupar o Cine Teatro Nelli, ao lado da praça.

Programação do Festival: 

Dia 16, quinta-feira, Tiago Gomes Quinteto 

Tiago Gomes é natural de Botucatu e radicado em Campinas desde 2008. O Quinteto formado por Tiago Gomes (piano), Renato Leme (bateria), Juninho Pereira (sax, clarinete e flauta), Luccas Martins (percussão) e Rogério Botter Maio (contrabaixo) possui uma sonoridade sofisticada, resultado da liberdade dada ao tratamento dos arranjos nos quais as melodias são o fio condutor para a espontaneidade e interação que transita entre a música brasileira e o jazz.  O público ouvirá músicas inéditas e canções de Toninho Horta, Hermeto Pascoal, Moacir Santos, Ary Barroso,  Astor Piazzolla, dentre outros.

Dia 17, sexta-feira, Fernando Vasques em Do vão ao ventre e do ventre ao vão

Fernando Vasques convidará o público a passear por atmosferas sonoras e poéticas por meio de canções e de forma performática, com pitadas de comicidade. As sonoridades passeiam por tensões ora caóticas e expansivas, ora serenas e acolhedoras – assim como os movimentos da vida. Fernando Vasques usa a voz e instrumentos como extensões do próprio corpo para interagir com o espectador e comunicar suas urgências e inquietudes.

andrea dos guimaraes

Dia 18, sábado, Andrea dos Guimarães em Desvelo

A cantora, arranjadora, compositora e pianista Andrea dos Guimarães apresenta o show de seu primeiro álbum solo, Desvelo, uma mescla de música popular, erudita e o jazz contemporâneo com músicas próprias, além de composições de Chico Buarque, Björk e Dorival Caymmi, entrelaçadas com Tião Carreiro, Edu Lobo e Luiz Gonzaga. Bossa Jazz Trio e Grupo Medusa

Dia 19, domingo, Concerto especial da Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu

O repertório terá peças de Zé Cláudio Lino e apresentação de arranjos inéditos do maestro Carlos Lima para as músicas Manhãs de Minha Terra, Encruzilhada e Meu País, de Angelino de Oliveira Maestro.

Dia 20 e 21 de julho, segunda e terça-feira

O Grupo Má Companhia Provoca apresenta Os adultos estão na sala, comédia dramática da autora e diretora paulistana Michelle Ferreira ambientada em um apartamento por onde circulam três mulheres. Enquanto elas se preocupam com suas questões individuais, um garoto está no quarto e, pelas ruas, uma manifestação contra a construção de uma ponte ameaça paralisar a cidade. O vazio das três mulheres que protagonizam a obra, cujas características espelham neuroses do ser humano atual, é expresso não só pelos diálogos frenéticos, mas também pela expressão exagerada das intérpretes.

Dia 22, quarta-feira, Amilson Godoy em Na Base do Improviso

Amilson Godoy é pianista, arranjador, maestro e compositor e um dos maiores nomes da música brasileira. Como pianista de música popular, integrou os Grupos Bossa Jazz Trio e Grupo Medusa. Apresentou-se e gravou com os expressivos artistas entre os quais Elis Regina, Ray Conniff, Dizzy Gillespie, Shirley Bassey e Sadao Watanabe.

Desvelo no MCB

O público paulistano terá a oportunidade de rever Andrea dos Guimarães depois que ela lançou Desvelo no Itaú Cultural, em fevereiro. A  pianista que também compõe o trio Conversa Ribeira juntamente com João Paulo Amaral e Daniel Muller vai apresentar as músicas do álbum a partir das 11 horas do domingo, 12, no terraço do Museu da Casa Brasileira (MCB). Situada em Pinheiros, o MCB é um dos mais agradáveis espaços para shows e convivência de São Paulo e não cobra a entrada para ver suas atrações. O estacionamento, entretanto, não é gratuito. O endereço é avenida Barão Faria Lima, 2705, Pinheiros, São Paulo. Para mais informações ligue para os números  11 3032 3727.

Leia no linque abaixo mais informações sobre o álbum Desvelo, de Andrea dos Guimarães.

https://barulhodeagua.com/2015/02/12/cantora-arranjadora-compositora-e-pianista-andrea-dos-guimaraes-lanca-cd-desvelo/

11105172_942854222404143_3966080222931713982_o