1144 – Morre o cantor e compositor Pedro Bento (SP), parceiro de Zé da Estrada, autor de “Galopeira”

O artista estava internado há 50 dias, em São Caetano do Sul. Ao lado do seu companheiro de trajetória, gravou mais de 2 mil músicas e se consagrou pelo estilo “mariachi” adotando sombreros nos trajes e trompete nas canções

O luto começou cedo em 2019 para a música brasileira, em especial, para o gênero caipira e seus amantes com a passagem no dia 3 de janeiro do cantor Pedro Bento, que fez sucesso em dupla com Zé da Estrada. Para quem não se recorda ou sabe Pedro Bento era um dos compositores, junto com o paraguaio Mauricio Cardoso Ocampo, entre outros sucessos que emplacou com seu companheiro,  da música Galopeira, guarânia que ficou famosa na versão de Chitãozinho e Xororó. Pedro Bento estava com 84 anos e morreu por complicações de uma pneumonia após 50 dias de internação, em São Caetano do Sul, cidade da Grande São Paulo. O corpo foi cremado na sexta-feira, 4/1, em Porto Feliz, terra natal do cantor, no Interior do estado bandeirante.

Continue Lendo “1144 – Morre o cantor e compositor Pedro Bento (SP), parceiro de Zé da Estrada, autor de “Galopeira””

Anúncios

São Francisco Xavier (SP) recebe João Lucas & Léo em show que fará homenagem ao compositor Goiano

JoaoLucas_Leovb
João Lucas e Léo já estão preparando o primeiro álbum e em SFX farão tributo a um dos mestres que os influenciaram, Goiano (Foto: Divulgação Juá Cultural)

 

A dupla João Lucas & Léo é a atração deste sábado, 17, na terceira rodada do Festival São Chico das Violas, que está rolando desde 3 de janeiro no acolhedor distrito de São Francisco Xavier, em São José dos Campos (SP). A apresentação, como nas duas primeiras do ano, começará às 21h30 no Largo São Sebastião, 105, com o ingresso ao custo de R$ 15,00. Promotora do festival, a Photozofia Cozinha e Arte abriu o São Chico com o casal Oswaldinho e Marisa Viana, e, no dia 10, reservou o palco para Ricardo Vignini. Em 24 de janeiro, o convidado será Zeca Collares. A programação será encerrada no dia 31, com Adriana Faria.

Continue Lendo “São Francisco Xavier (SP) recebe João Lucas & Léo em show que fará homenagem ao compositor Goiano”

Música de raiz perde Goiano, parceiro de Paranaense

 

goiano
Goiano (dir.) e Paranaense, dupla que se desfaz com a morte precoce do primeiro cantor e violeiro

O Barulho d’Água, infelizmente, também traz más notícias.

E, com tristeza, comunica aos amigos e seguidores que na tarde e sexta-feira, 18, Dia do Trovador, a música de viola ficou sem o cantor e compositor Goiano.

Valdomiro Neres Ferreira, como ele se chamava, tinha apenas 54 anos. Vivia com a família em Pinhalzinho, no interior de São Paulo, ao lado da esposa, Juliana de Souza. Era pai de Dáblio, Leonardo, Carolina, João e Maria. O nome artístico era uma referência ao nascimento em Sítio d’Abadia, no interior de Goiás.

A carreira ganhou fama em 1978, ao lado de Valdo da Viola, com o qual formou a dupla Neres e Nerinho. Atualmente, o parceiro de cantorias era Paranaense ( João Roberto Alonso, Londrina) com o qual trabalhava desde o final da década dos anos 1980. Goiano escreveu ou interpretou com o ex-companheiro entre outros sucessos “O poder do Criador”, “Casa de Capim”, “O Doutor e o Caipira”, “Mãe Viola” e “Pagode na poesia”. Na véspera do óbito, a dupla Rodrigo Nali e Anderson Baptista apresentaram no SESC Osasco um variado repertório de modas no qual havia as composições de Goiano “Lamento de um peão” e “Trono da Saudade”.

Goiano e Paranaense lançaram o primeiro disco, ainda em vinil,  em 1988,  com o título “Lágrimas de Pai”.

Clique nos linques abaixo e curta uma gravação em áudio e vídeos de apresentações de Goiano e Paranaense.

http://www.letras.com.br/#!goiano-e-paranaense/casa-de-capim

http://letras.mus.br/goiano-paranaense/1915078/