899 – Imagens do Brasil Profundo recebe em Sampa juiz-forano Mario Gil para novo bate papo musical

O cantor, arranjador e compositor Mario Gil, mineiro de Juiz de Fora radicado em São Paulo, estará no palco do auditório da Biblioteca Mário de Andrade na quarta-feira, 27 de julho, para participar do bate papo musical Contos do Mar e da Montanha com Jair Marcatti, curador do Imagens do Brasil Profundo. O projeto oferecido quinzenalmente às quartas-feiras, sempre com entrada franca, já está em sua terceira temporada. Marcatti recebe convidados com os quais esmiúça a cada nova rodada aspectos das diversas culturas regionais do Brasil, desvendando-os em shows, bate-papos, debates, palestras e, ainda, atividades dirigidas ao público infantil. O público já teve a oportunidade de prestigiar em 2016 artistas como Consuelo de Paula, Paulo Freire, Thadeu Romano, Jean e Joana Garfunkel, Pascoal da Conceição, Ugo Giorgetti, Lúcia Helena Gama, e Zé Paulo Medeiros.

Continue Lendo “899 – Imagens do Brasil Profundo recebe em Sampa juiz-forano Mario Gil para novo bate papo musical”

Anúncios

895 – Estreia em Porto Alegre (RS) “Violas ao Sul”, projeto para difusão da música gaúcha e clássicos do cancioneiro nacional

A Fundação Ecarta reservou o palco onde está acostumada a receber em Porto Alegre (RS) grandes talentos da resistência cultural gaúcha para o primeiro concerto, transcorrido na noite do sábado, 25, do grupo Violas ao Sul, reunião de quatro violeiros, quatro vertentes, quatro mentes e quatro corações que se dedicam à guerrilha artística por meio da música. Valdir Verona, Mário Tressoldi, Angelo Primon e Oly Júnior têm a viola de 10 cordas permeando seus trabalhos ao longo dos anos e agora, juntos, irão se dedicar à apresentação de canções autorais, clássicos do cancioneiro gaúcho e brasileiro, bem como da música contemporânea. No programa de estreia constaram Milonga Blues e Desculpe Meu Filho (Oly Júnior), Das Bandas do Poente e Chamamé Blues (Valdir Verona), 10 de Fole (Angelo Primon), Violas do Sul do Brasil (Chico Saga/Mário Tressoldi), Na Volta que o Mundo Dá (Vicente Barreto/Paulo Cesar Pinheiro), Lamento (Fernando Reis Júnior), Maré Baixa (Ivo Ladislau/Mauro Moraes), Portas dos Sonhos (Mário Barbará/Sérgio Napp), Cantiga de Eira (Barbosa Lessa) e Os Homens de Preto (Paulo Ruschel).

Continue Lendo “895 – Estreia em Porto Alegre (RS) “Violas ao Sul”, projeto para difusão da música gaúcha e clássicos do cancioneiro nacional”

890 – Karine Telles (MG) recebe Luizinho 7 Cordas e Renato Braz para cantar “Flor do Samba”, em Sampa

A mineira Karine Telles cantará nesta sexta-feira, 24, musicas de Flor do Samba, a partir das 21 horas, na unidade Pompeia do Sesc de São Paulo. Durante a apresentação, a uberlandense radicada em São Paulo pretende universalizar temas do estado natal, Minas Gerais, mesclando às canções do primeiro álbum sucessos consagradas da MPB. Flor do Samba, segundo Karine Telles, consumou em 2011 o projeto de ser ponte para novos mercados da produção de compositores da região do Triângulo Mineiro, por meio de uma leitura de músicos paulistas que não conheciam aqueles compositores. Participam do disco Virgílio Azevedo, Sueli Telles, Paulo Cesar Nunes, Renato Braz, Wagner Dias, João do Vale, Consuelo de Paula, Monalisa Lins, Mauro Mendes e Carlin de Almeida. Morro Velho e Canção Amiga, de Milton Nascimento, e Por que Razão, composta por Eduardo Gudin e Toquinho, além  da composição autoral, Criança da Rua, também integrarão o repertório preparado para o Sesc Pompeia.

Flor do Samba contará com as participações no palco dos músicos Luizinho 7 Cordas (violão 7 Cordas e direção musical), Renato Braz (violão 6 cordas), João Poleto (flauta e sax), Ricardo Valverde (percussão) e Bré (percussão). O disco saiu com recursos da Lei de Incentivo à Cultura por meio da empresa Sankhya, com participações especiais de Luizinho 7 Cordas, Oswaldinho do Acordeon e Coral de Crianças da Casa do Caminho do bairro Joana Darc, entre outros ilustres convidados. Em show de lançamento em sua cidade natal no dia 1 de dezembro de 2011, véspera do Dia do Samba, Karine Telles contou com direção do diretor teatral Elias Andreato, timoneiro de muitos mares navegados e que já conduziu palcos estrelados por Maria Bethânia, Paulo Autran e Marília Pera.

ktellesdisco

Em Sampa, entre outros eventos e atividades, Karine Telles já se  apresentou ao lado de Adriana Moreira, Ilana Volcov, e Karina Ninni em show de tributo ao compositor Nelson Cavaquinho, cujo nascimento completava 100 anos, no Centro Cultural São Paulo. Em Notícias dum Brasil 4,  de Eduardo Gudin,  interpreta Tempo de Espera mostrando, enfim, ao público o samba que Gudin e Paulo César Pinheiro tinham na gaveta desde a década de 1980 e era inédito em disco. Karine Telles forma Notícias dum Brasil com Cezinha Oliveira, Ilana Volcov, Karine Telles, Mauríciso Sant’Anna, Ewerton de Almeida, Jorginho Cebion, Osvaldo Reis e Raphael Moreira, além de cantar com Renato Braz, outro egresso das fileiras de Gudin, Água de Minha Sede (Dudu Nobre/ Roque Ferreira), entre outras.

858 – Fica pronto segundo DVD da Orquestra de Violeiros Terra da Uva (SP), com participações de Rodrigo Delage e João Araújo (MG)

O Barulho d’água Música recebeu  na noite de sexta-feira, 15 de abril, quando havia récem saído do forno e ainda queimava nas mãos, o DVD e o álbum que a Orquestra de Violeiros Terra da Uva (OVTU), de Jundiaí, gravou em 15 de agosto de 2015, no tradicional Teatro Polytheama e contou com as participações dos músicos de Minas Gerais Rodrigo Delage e João Araújo. O repertório das obras, como frisou o regente da OVTU e professor de viola  Daniel Franciscão no início da gravação, permite um passeio por vários estados brasileiros por meio de composições consagradas pelo público de autores como Almir Sater, José Gomes e Paulo Simões; Xavantinho; Luiz Gonzaga e Hervê Clodovil, Patativa do Assaré; Milton Nascimento e Chico Buarque; Ivan Lins e Vitor Martins; Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle; Sirlan e Paulo César Pinheiro; Dory Caymmi; Tião Carreiro, Piraci e Lourival dos Santos

Continue Lendo “858 – Fica pronto segundo DVD da Orquestra de Violeiros Terra da Uva (SP), com participações de Rodrigo Delage e João Araújo (MG)”

781-Caixa Cultural promove “A Dama e o Maestro”, quatro concertos de voz e piano em celebração aos 462 anos de Sampa

MônicaSalmaso e AndréMehmari - foto de Glauker Bernardes 1b
André Mehmari e Mônica Salmaso serão atração do projeto em 21 de janeiro (Fotos: Glauker Bernardes)

A Caixa Cultural de São Paulo promoverá entre 21 e 24 de janeiro concertos durante os quais uma consagrada cantora subirá ao palco acompanhada por um às do piano. As rodadas do projeto A Dama e o Maestro estão programadas para começar às 19h15, sem cobrança de ingresso. Todas as apresentações transcorrerão na Praça da Sé, 111,  e integram atividades comemorativas aos 462 anos de fundação da capital paulista, em 25 de janeiro. “Dama e o Maestro foi concebido com o intuito de proporcionar ao público refinados encontros entre mestres pianistas brasileiros e grandes intérpretes, musas inspiradoras para os elaborados arranjos criados especialmente para os espetáculos que celebrarão o que há de mais sofisticado na música popular brasileira”, declarou Vander Lopes, coordenador geral.

Continue Lendo “781-Caixa Cultural promove “A Dama e o Maestro”, quatro concertos de voz e piano em celebração aos 462 anos de Sampa”

769 – Obra de Selma Reis tem álbuns com arranjador de Paul McCartney e de canções de Paulo César Pinheiro

selma-reis-por-vinc3adcius-campos3
Selma Reis participou de grandes musicais e novelas na TV Globo. O mais recente CD, Poeta da voz, tem apenas canções de Paulo César Pinheiro. (Foto: Vinícius Campos)

O meio musical está de luto pela morte, precoce, da cantora fluminense Selma Reis, ocorrida na manhã de sábado, 19, após quinze dias internada no Hospital São José, em Teresópolis (RJ).  Mais do que cumprir a função de informar, para além do mero registro jornalístico o Barulho d’água Música também lamenta e reforça a corrente solidária de amigos, de fãs e de familiares.

Continue Lendo “769 – Obra de Selma Reis tem álbuns com arranjador de Paul McCartney e de canções de Paulo César Pinheiro”

764 – Laiza Moraes encerra em Beagá temporada do Elas, projeto que destaca cantoras mineiras

12219479_1152590404768659_9149316016112369412_n
Laiza Moraes, além de cantora e intérprete, é atriz e incorpora elementos de danças em suas apresentações (Fotos: Divulgação, acima, e Denis Dias, no destaque)

Laiza Moraes, cantora, compositora e instrumentista da nova geração da MPB encerrará o projeto Elas protagonizando show com canções autorais e releituras de sucessos como Conto de Areia, de Paulo César Pinheiro, imortalizada na voz de Clara Nunes; Desenredo, parceria de Dori Caymmi com Paulo César Pinheiro; e Baião Barroco, de Juarez Moreira, dentre outras. A apresentação de Laiza Moraes começará às 19h30 da terça-feira, 15, no Cine Teatro Brasil, situado na Praça Sete de Setembro, bem no Centro de Belo Horizonte, entre as avenidas Afonso Pena e Amazonas.

Continue Lendo “764 – Laiza Moraes encerra em Beagá temporada do Elas, projeto que destaca cantoras mineiras”

647 – Flor do Samba, de Karine Telles (MG), chega ao acervo do Barulho d’água Música

ktelles
Imagens do álbum de Karine Telles e, no destaque, foto de Daniel Kersys/SP

O Barulho d’água Música recebeu da própria cantora uma joia, lapidada com sambas da melhor qualidade e interpretação, todos de autores do Triângulo Mineiro, região na qual estão Uberlândia e Uberaba, cidades mais afamadas pelas criações dos seus violeiros e expoentes da música de raiz e regional, entre os quais São Dércio Marques. Pois é, mas naquelas bandas a cuíca também ronca, uai! Graças a Deus, e mescladas com outros instrumentos que fazem balançar as cadeiras e colocam na roda de bambas Karine Telles, uberlandense que gravou, em 2011, Flor do Samba, seu primeiro disco autoral. 

Continue Lendo “647 – Flor do Samba, de Karine Telles (MG), chega ao acervo do Barulho d’água Música”

610 – Orquestra de Violeiros Terra da Uva (SP) convida Rodrigo Delage e João Araújo e grava clássicos regionais, com pitada italiana, para novo DVD

dvdovtu1

A Orquestra de Violeiros Terra da Uva (OVTU), de Jundiaí, cidade do Interior de São Paulo, gravou na noite de 15 de agosto dezesseis músicas do cancioneiro regional brasileiro para um DVD que o regente e violeiro Daniel Franciscão pretende ter pronto para distribuição em dezembro. O Barulho d’água Música acompanhou o evento.

Continue Lendo “610 – Orquestra de Violeiros Terra da Uva (SP) convida Rodrigo Delage e João Araújo e grava clássicos regionais, com pitada italiana, para novo DVD”

600 – Conheça Simone Guimarães (SP), cantora e compositora paulista que Milton Nascimento adora!

simone guimarães arte

“Simone Guimarães canta como na letra de uma de suas canções: parece o som do instante quando o rio encontra o mar! Simone é a melodista de uma geração, uma divina compositora, uma grande artista.”

Consuelo de Paula, cantora, compositora e poetisa

Nove álbuns gravados, indicações ao Grammy, parcerias com vários expoentes da música popular brasileira, entre os quais o padrinho musical Milton Nascimento, Danilo Caimmy, Ivan Lins, Paulo César Pinheiro, Renato Braz, Cristina Saraiva, Leila Pinheiro, Maria Rita e Maria Bethânia são marcas e conquistas do currículo da cantora, compositora, instrumentista e intérprete Simone Guimarães,  a quem o Barulho d’água Música dedica esta matéria especial, com a qual chega a seiscentas publicações.

Simone Guimarães é natural de Santa Rosa do Viterbo, cidade do Interior paulista, neta do compositor Antônio Guimarães, e desde muito cedo tem a música como elemento condutor em sua vida. Aos sete anos já tocava um cavaquinho que ganhara de presente, abrindo caminho para apresentações em pequenos eventos escolares e no Teatro de Arena da cidade. Já residente  em Ribeirão Preto (SP), após cursar o segundo grau, matriculou-se no Conservatório Carlos Gomes. Mais tarde, ao conhecê-lo, recebeu convite de Milton Nascimento para cursar a Escola Livre de Música, do próprio Bituca, em Belo Horizonte (MG). Ficou um ano por lá, e de volta a Ribeirão Preto, entrou para a universidade, em cursos de Jornalismo, História e Letras.

Continue Lendo “600 – Conheça Simone Guimarães (SP), cantora e compositora paulista que Milton Nascimento adora!”