Subtotal grava com Edvaldo Santana álbum ao vivo

Subtotal 2

O acervo do Barulho d’Água acaba de ser enriquecido com o álbum M.úsica P.ropositalmente B.izarra, enviado pelos manos Drausio e Douglas Silva, de Oz, nome pelo qual popularmente é conhecida Osasco, cidade da Grande São Paulo onde já comi muita grama, mas que tem talentos brotando em todas as áreas desde bem antes da chegada do trem trazido por Antonio Agu. Entre estes poetas, compositores e músicos oriundi estão os irmãos do Grupo Subtotal, que nos enviaram um exemplar do álbum e do DVD simultaneamente gravados ao vivo em agosto de 2012, no SESC Belenzinho. O trabalho é biscoito fino, com duas letras assinadas pelo Drausião em poemas com o saltimbanco Paulo Netho, parceiro do também músico Salatiel Silva no projeto “Balaio de Dois”.

Para tornar o trabalho ainda mais instigante, o Subtotal convidou Edvaldo Santana, camarada lá de São Miguel Paulista cuja obra retrata o cotidiano das periferias em sambas, baladas, rock, folk, blues e que neste blog vai sempre navegar na janelinha da canoa. Santana canta “Raios do Oriente Médio” e, depois, no encerramento, volta com “Quem é que não quer ser feliz”.

Tá dado o recado Douglas, Dráuzio, Gilberto Campos, Jurah di Anin, Marco Soledade (Pepito). Agora é degustar umas empadas e umas brejas lá no Sr. Glutton por conta do Sala e do Paulo Netho…

SCAN0001
Capa do primeiro álbum do Subtotal, gravado ao vivo, no SESC Pinheiros em agosto de 2012, com participação de Edvaldo Santana e letras do poeta Paulo Netho