Paulo Matricó (PE) relança vinte anos depois álbum Outro Verso, com nova capa e encarte especial

 

paulomatricoarte
Paulo Matricó ganhou projeção nacional após a primeira tiragem do álbum que relançará vinte anos depois em Pernambuco (Foto: Marcelino Lima)

 

O cantor e compositor Paulo Matricó (Recife/PE)  lançará nesta quinta-feira, 14, a edição comemorativa do álbum Outro Verso, que está completando 20 anos e cuja primeira tiragem esgotou-se completamente após a projeção do artista no cenário da música brasileira. O evento ocorrerá na Passa Disco, situada na Estrada do Encanamento, 480, Parnamirim, a partir da 19 horas. O disco agora remasterizado ganhou também uma releitura visual da capa e do encarte por meio de primoroso trabalho assinado por Paulo Rocha, constituindo-se em uma autêntica joia para colecionadores.

capa matrico

miolo matricó
Novos capa e encarte do álbum Outro Verso, trabalho primoroso assinado por Paulo Rocha

 

Outro Verso réune as músicas autorais ou em parcerias Pau de Atiradeira (Papalo Monteiro), Da cor do chão (Anchieta Dali e Luiz Homero), Na roça (Anchieta Dali e Paulo Matricó), Moenda (Paulo Matricó, Luiz Homero e Miguel Marcondes), Fuxico (Dinho Oliveira, Gutemberg Vieira), Avoante Saudade (Paulo Matricó), Canção da lua (Paulo Matricó), Prosa mineira (Lima Júnior e Milton Edilberto), Terra Mãe (Luiz Homero e Miguel Marcondes), Fulorando (Anchieta Dali), Absorto (Zeto) e Coração Mamulengo (Paulo Matricó). Para mais informações há os telefones de Maria do Carmo de Andrade (81-9635 9740) e o do próprio Matricó (81- 866 9930).

 

excecao

Deo Miranda, Mauri Noronha e Fernando Guimarães dividem palco em Suzano em evento do Festival do Alto Tietê (SP)

Os músicos Déo Miranda (SE), Mauri Noronha (PE) e Fernando Guimarães (MG) foram atrações do projeto Cantoria de Todos os Cantos, atividade do 3º Festival de Arte Popular do Alto Tietê, e fizeram marcantes apresentações na noite de sábado, 2 de maio, no Teatro Contadores de Mentira, situado em Suzano (SP). Deo Miranda, sergipano residente em Mogi das Cruzes e produtor do Festival, fez a abertura dos shows cantando ao violão músicas de sua autoria, como Navio Negreiro, e homenageou Elomar Figueira de Melo com Puluxia das Sete Portas.

Continue Lendo “Deo Miranda, Mauri Noronha e Fernando Guimarães dividem palco em Suzano em evento do Festival do Alto Tietê (SP)”

Alegria com apresentação no Sesc Interlagos (SP) marca retorno de João Bá (BA) aos palcos

Interlagos arte
Daniela Lasalvia, Esther Alves, João Arruda, Galba, Danilo Bá, João Bá, Nanah Correia e Levi Ramiro na cantoria Prosa de Mestres promovida pelo Sesc Interlagos (Foto: Marcelino Lima)

 

A apresentação do cantor, compositor, ator e poeta João Bá (BA) voltou a se apresentar em público após o período de internação e recuperação, em Belo Horizonte (MG), da cirurgia pela qual teve de ser submetido, em março, para correção de um delicado problema no sistema urinário. Do alto de toda meninice e alegria dos seus mais de 80 anos, João Bá cantou e proseou com o público que acompanhou na tarde de 30 de abril a cantoria Prosa de Mestres, que o Sesc de Interlagos (SP) promoveu no Viveiro de Plantas como parte dos eventos do projeto Pétala por Pétala, que destaca por meio da instalação Territórios da Mata vários aspectos relacionados à fauna, à flora e às atividades de preservação e exploração sustentável do bioma Mata Atlântica. O show coordenado pelo cantor, compositor e multi-instrumentista João Arruda (SP) juntou ainda Esther Alves, João Galba, Danilo Bá (filho de João), Nanah Correia e Levi Ramiro. A cantora Daniela  Lasalvia estava na plateia e foi convidada a cantar com João Bá Cachoeira do Aracá, faixa que ambos gravaram com Pereira de Manaus no álbum do baiano Pica-pau Amarelo. Luiz Carlos Bahia, coautor de Chapéu de Palha (que fez parte do repertório em Interlagos e que Arruda incluiu em Celebra Sonhos), também estava no público.     

Continue Lendo “Alegria com apresentação no Sesc Interlagos (SP) marca retorno de João Bá (BA) aos palcos”

Mauri de Noronha, Chico Pedro e Fernando Guimarães são atrações de sábado do III Festival de Arte Popular do Alto Tietê

mnfg

Neste sábado, 2 de maio, a programação do  III Festival de Arte Popular do Alto Tietê prosseguirá com apresentações de de cantadores, em noite de verso, poesia e encontros artísticos.  Um dos destaques é poeta e compositor pernambucano Mauri de Noronha, que subirá ao palco do Teatro Contadores de Mentira, em Suzano, para entoar versos e músicas de um  trabalho belíssimo que transita entre o canto e a declamação, evoca sertão e mar com a mesma maestria. Mauri de Noronha fará o seu show acompanhado pelo flautista chileno Chico Pedro, integrante da lendária banda Raíces de América.

A noite em Suzano ainda terá a  participação do cantador e  violonista mineiro Fernando Guimarães, um dos mais representativos artistas de movimento musical chamado por muitos de Cantoria, ao lado de nomes com Xangai, Geraldo Azevedo, Elomar Figueira de Melo, Dércio Marques e Vital Farias. Fernando gravou o primeiro disco em 1987 com o título Bem-ti-viagem primeiro a Ribeirão Fundo que teve produção e participação de Vital Farias, amigo e parceiro musical.

Continue Lendo “Mauri de Noronha, Chico Pedro e Fernando Guimarães são atrações de sábado do III Festival de Arte Popular do Alto Tietê”

João Arruda (SP) e índios Kariri Xocó abrem temporada do Circuito Dandô em Barão Geraldo (SP)

11013079_877754108954351_5991223816877587225_o

O cantor e compositor João Arruda abrirá a programação deste ano do Dandô – Circuito de Música Dércio Marques no Centro Cultural Casarão de Barão Geraldo, situado em Campinas (SP). Autor de Celebra Sonhos e Vento Moinho e integrante, ainda, dos grupos Flautins Matuá e CantaVento, João Arruda estará acompanhado por Marcelo Falleiros (violão), Esther Alves (flauta) e Yandara Pimentel (percussão) e informa que contará no palco com a participação especialíssima dos índios Kariri Xocó integrantes do Grupo Sabuká!

Continue Lendo “João Arruda (SP) e índios Kariri Xocó abrem temporada do Circuito Dandô em Barão Geraldo (SP)”