1571 – Paranga (SP) lança Redoma, disco com obra instrumental inédita de Elpídio dos Santos*

#MPB #MúsicaInstrumental #SãoLuizdoParaitinga #CulturaPopular #17ºSemanaElpidiodosSantos

Disco com composições das décadas de 1950 e 1960 que serão apresentadas durante a 17ª Semana Elpídio dos Santos traz à luz um tesouro guardado pela família do autor de mais de 1.000 composições

*Com Luciana Gandelini

O Grupo Paranga, de São Luiz do Paraitinga (SP) fará apresentação virtual neste feriado de 7 de setembro, a partir das 17 horas, do álbum Redoma, que reúne músicas instrumentais, como parte das atrações da 17ª Semana Elpídio dos Santos, que é promovida anualmente e está transcorrendo no município da parte paulista do Vale do Paraíba. O Paranga já fez o lançamento do disco físico em 3 de setembro, quando subiram ao palco Negão dos Santos, filho de Elpídio, e João Gaspar, no Coreto que leva o nome do homenageado. Elpídio dos Santos é um dos ícones da música caipira, mas também faz parte do panteão de muitos outros gêneros, o que lhe confere o inegável status de genuíno representante da cultura musical brasileira.

O concerto virtual estará disponível no canal do http://www.youtube.com/parangaoficial. Redoma foi gravado com o objetivo de registrar e preservar dez obras instrumentais inéditas de Elpídio, com produção executiva de Lia Marques e Renata Marques, integrantes do grupo. A direção artística e musical coube a Negão dos Santos, a produção musical a João Gaspar. Redoma conta, ainda, com participações especiais de Gabriel Sater, Mestrinho, Neymar Dias, Toninho Carrasqueira, Salomão Soares, Choro das 3, Thadeu Romano e Léo Couto.

Continuar lendo

1493 – Até 29/12, assista Os Quatro Cantos de Elpídio, produção da Companhia Navega Jangada de Teatro(SP)*

*Com Miriam Bemelmans, Assessoria de imprensa Bemelman’s, e Cláudio Lacerda, cantor e intérprete

Os Quatro Cantos de Elpídio, projeto da Companhia Navega Jangada, com 50 minutos de duração e classificação etária livre, poderá ser visto entre 19 e 29 de dezembro no canal online cujo linque estará ao final desta atualização. Contemplado pelo edital ProAC Expresso Programa de Ação Cultural Expresso Lei Aldir Blanc (LAB), Os Quatro Cantos de Elpídio busca revelar o universo de sons e cores do maestro e compositor Elpídio dos Santos, que nasceu e morreu em São Luiz do Paraitinga (entre janeiro de 1909 e setembro de 1970), município encravado na porção paulista do Vale do Paraíba, a cerca de 170 quilômetros da Capital de São Paulo. A companhia contará com a participação do grupo musical Paranga, integrado por familiares de Elpídio: Lia Marques, neta; Negão dos Santos, filho; e Renata Marques, nora; além do músico e compositor João Gaspar.

Continuar lendo

Luís Perequê, Paranga e Katya Teixeira encerram IV Mês da Cultura Popular do Tamar Ubatuba

 O encerramento do IV Mês da Cultura Popular do Tamar Ubatuba reunira neste sábado, 23 de agosto, os músicos Luís Perequê (Paraty/RJ), Negão dos Santos e Renata Marques, do Grupo Paranga (São Luís do Paraitinga/SP), e a premiada cantora, compositora e instrumentista paulistana que está completando vinte anos de estrada Katya Teixeira. O encontro memorável destes talentos cujas carreiras musicais são dedicadas à valorização da cultura popular ocorrerá no show “Assim na Serra como no Mar”, programado  para começar às 20 horas.

Katya Ubatubae

Katya Teixeira comemora 20 anos de carreira e será atração em Ubatuba (Foto: Marcelino Lima)

O IV Mês da Cultura Popular é uma iniciativa do Projeto Tamar em parceria com o Silo Cultural de Paraty. Um vídeo intitulado “Preservar é resistir” será apresentado antes do show. Produzido pelo Fórum de Comunidades tradicionais (Paraty/Angra/Ubatuba), a exibição do material audiovisual  concluirá a participação deste coletivo, que manteve mostra fotográfica sobre as comunidades tradicionais da região no Espaço de Exposição do Centro de Visitantes do Tamar, desde o dia 1 de agosto.

Luís Perequê, ativista cultural, cantor e compositor, de Paraty (RJ)

Luís Perequê, ativista cultural, cantor e compositor da cidade de Paraty (Foto: Marcelino Lima)

A programação do IV mês da Cultura Popular contou com os apoiadores culturais Restaurante Perequim e Pousada Recanto das Palmeiras e permitiu, ao longo do mês do folclore brasileiro, a o realização de diversas manifestações culturais de Ubatuba e região litorânea.  Entre as atividades destacam-se contações de histórias e de causos; as oficinas “‘Como se faz’” de rabeca e canoa; danças; músicas e exposições que valorizam as raízes do nosso povo e ajudam a conquistar aliados para a proteção das tartarugas marinhas, maior meta do Tamar.  .

Paranga

João Gaspar, Renata Marques, Lia Marques, Negão dos Santos e Luís Pirez (Foto: Wellington Tibério)


Criado há 33 anos, o Projeto Tamar é uma cooperação entre o Centro Tamar/ICMBio e a Fundação Pró-Tamar. Tem patrocínio oficial da Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental, e o apoio do Título de Capitalização Bradesco Pé Quente. Está presente e atua em nove estados brasileiros, nos quais recebe apoios locais.  A Arcor do Brasil e a Prefeitura Municipal vestiram a camisa do Tamar em Ubatuba. Todos os recursos captados são revertidos integralmente para as atividades de conservação das tartarugas marinhas.

SERVIÇO:

Durante o mês de agosto, o Centro de Visitantes do Projeto Tamar Ubatuba estará aberto todos os dias, exceto às quartas-feiras, das 10 às 18 horas (entre segunda e quinta) e das 10 às 20h (sextas e sábados). Não haverá cobrança de ingressos para o  show encerramento do IV Mês da Cultura Popular. O endereço é Rua Antonio Athanásio, 273, bairro Itaguá, Ubatuba/SP. Para mais informações há os números de telefone (12) 3832-6202 e 3832-7014.