812 – Em meio a várias homenagens, Passoca, Alzira Espíndola e Gereba relembram sucessos do Vozes e Viola, que apresentavam no Lira Paulistana (SP)

Os cantores e compositores Passoca, Alzira Espíndola e Gereba se encontraram na noite de domingo, 14 de fevereiro, para protagonizarem acompanhados por Noel Bastos (percussão) e Peri Pane (violão e violoncelo) mais um show do projeto Lira Paulistana: 30 anos. E depois? que vem sendo promovido desde janeiro no teatro da unidade Ipiranga do Sesc da cidade de São Paulo. Mais do que recordarem canções que os consagraram quando integravam a Vanguarda Paulista, o trio homenageou vários expoentes da música regional e popular brasileira, um dos quais Geraldo Roca. Com voz embargada, Alzira Espíndola (que tem como nome artístico, atualmente, Alzira E.) conseguiu conter o choro, mas não represou a emoção ao interpretar, ao violão, Trem do Pantanal, que Roca compôs com o conterrâneo Paulo Simões e que se tornou um hino oficioso do Mato Grosso do Sul. Geraldo Roca foi encontrado morto em seu apartamento situado em Campo Grande (MS), na manhã do mais recente Natal.

passoca ate

Continue Lendo “812 – Em meio a várias homenagens, Passoca, Alzira Espíndola e Gereba relembram sucessos do Vozes e Viola, que apresentavam no Lira Paulistana (SP)”

Anúncios

729 – América 4 (ES) volta ao berço natal para apresentação única em Belo Horizonte (MG)

america 4

O Grupo América 4 surgiu na década dos anos 1980 em Minas Gerais com a união de músicos de destacada trajetória artística tanto no Brasil, quanto na Bolívia, na Argentina, no Peru, no Uruguai, em Honduras e na Venezuela. Hoje radicado em Vila Velha (ES), depois de 15 anos o América 4 regressará ao berço para brindar o público de Belo Horizonte, onde tocará como atração do Cine Theatro Brasil, neste dia 25 de novembro, a partir das 19h30. nstrumentos como zamponhas, toyos, quenachos, charangos, casacas, bombos legueros e tambores do Congo comporão o ambiente de encantamento do público durante a apresentação que visa a fomentar a integração dos povos latino-americanos. A  base da música do América 4 é o rico universo da América Latina, mas os músicos também carregam influências dos ritmos mineiros, principalmente do Vale do Jequitinhonha, e dos tambores de Congo que ecoam pelo Espírito Santo, amálgama que gera a energia que protagoniza nos palcos.

Continue Lendo “729 – América 4 (ES) volta ao berço natal para apresentação única em Belo Horizonte (MG)”

Flávio Venturini, Sá & Guarabyra, 14 Bis: Encontro Marcado em 15/05, em São Paulo, depois ES, RJ, GO e DF

maxresdefault
As apresentações do Encontro Marcado começaram em BH, passaram por várias cidades mineiras antes de chegar a SP e vão nos próximos dias ao ES, ao RJ, a GO e ao DF

 

Flávio Venturini, Sá & Guarabyra e a banda 14 Bis estarão juntos em São Paulo na noite de sexta-feira, 15, para uma única apresentação do show Encontro Marcado, no qual devem recordar sucessos como Espanhola, Dona, Caçador de mim, Sobradinho e Canção da América, entre outras que marcaram a trajetória do cantor, da dupla e do grupo. O local do show fica na Avenida das Nações Unidas (Marginal Pinheiros), 17.955, Vila Almeida. O preço do ingresso varia de R$ 40 a R$ 240,00.

Continue Lendo “Flávio Venturini, Sá & Guarabyra, 14 Bis: Encontro Marcado em 15/05, em São Paulo, depois ES, RJ, GO e DF”

Flávio Venturini, 14 Bis, e Sá e Guarabyra começam em BH turnê “Encontro Marcado”

falviosa6601
Da direita para a esquerda: Guarabyra, Sá, Cláudio Venturini, Hely Rodrigues, Sérgio Magrão, Vermelho e Flávio Venturini (Crédito: Divulgação)

 

O Barulho d’água Música sabe que mineiro não perde o trem, mas em se tratando de um evento que juntará Flávio Venturini, o grupo 14 Bis e a dupla Sá e Guarabyra em uma turnê que começará por Belo Horizonte (MG) nunca será cedo demais para “espaiá” a notícia; ao contrário, poderá até pintar algum caboclo dizendo: “demorô”! Então que fique devidamente divulgado a partir de já: para comemorar quatro décadas de carreiras, os sete ilustres amigos estrearão Encontro Marcado no dia 7 de março, às 21 horas, no Palácio das Artes. Ainda na capital mineira, antes de pegar a estrada para Juiz de Fora e outras cidades das Alterosas, eles fazem um bis no dia 8 de março, a partir das 19 horas.

Amigos desde a década de 1970, a história dos artistas sempre foi permeada pela amizade nas andanças da profissão de músico. Para esta memorável apresentação, está planejado um repertório composto por sucessos que o Brasil inteiro canta, como Espanhola, Caçador de Mim, Criaturas da Noite, Linda Juventude e Planeta Sonho.

Continue Lendo “Flávio Venturini, 14 Bis, e Sá e Guarabyra começam em BH turnê “Encontro Marcado””

Grupo América 4, de Vila Velha (ES), reforça acervo do blog com nova coletânea que comemora 25 anos de trabalho e resistência

10958556_343767179157381_2047787895_o
Tobi Gil (ao centro) e os demais músicos do grupo capixaba América 4: fusão de ritmos e de instrumentos brasileiros e andinos para divulgação de uma nova sonoridade e revitalização das lutas e do engajamento dos povos latino-americano em 25 anos de estrada (Foto: Divulgação)

O Barulho d’água Música recebeu do amigo Tobi Gil, um dos fundadores do Grupo América 4, de Vila Velha (ES), coletânea de 25 anos de trajetória dos pioneiros do gênero no estado capixaba. A obra do América 4, que já conta com oito álbuns incluindo entre eles três discos de vinil, alimenta-se das raízes brasileiras e andinas. A pesquisa constante do América 4 propõe e alcança por meio da utilização de instrumentos que são referências em ambas as culturas uma nova sonoridade. Aos  admiradores e ao público, ecoa o que se produz de melhor em toda a América Latina.

Continue Lendo “Grupo América 4, de Vila Velha (ES), reforça acervo do blog com nova coletânea que comemora 25 anos de trabalho e resistência”

Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc fazem nova cantoria para Pena Branca e Xavantinho, agora em Presidente Prudente

Tributo Pena Branca Xavantinho 2
Rodrigo Zanc e Cláudio Lacerda levam à estrada desde 2010 tributos à dupla Pena Branca e Xavantinho, legítimos representantes caipiras (Foto: Adriano Rosa)

 Se você mora em Presidente Prudente ou em cidades próximas, anote em sua agenda, convide um amigo e leve a família!

O SESC Thermas de Presidente Prudente programou para sábado, 20 de dezembro, dentro do projeto Múltiplos Sons, show no qual os cantores Cláudio Lacerda (São Paulo) e Rodrigo Zanc (São Carlos) prestam tributo a Pena Branca e Xavantinho. A apresentação começará às 16 horas, na Área de Convivência, com entrada franca. O SESC Prudente fica na rua Alberto Peters, 111, Jardim das Rosas.

Continue Lendo “Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc fazem nova cantoria para Pena Branca e Xavantinho, agora em Presidente Prudente”

Compositor brasileiro: hoje é dia de quem com talento, compromisso, sensibilidade e delicadeza torna a vida mais alegre

Villa Lobos 1f
Heitor Villa-Lobos, ao lado da musa Arminda Villa-Lobos, um dos mais consagrados compositores brasileiros de todos os tempos, em nossa terra e mundo afora (Foto: Acervo Museu Villa Lobos-RJ)

Hoje, 7 de outubro, comemora-se o Dia do Compositor Brasileiro.

Alguns amigos e seguidores podem até pensar que o Barulho d’água Música estaria se confundindo, pois também se comemora data semelhante em 15 de janeiro. No começo de cada ano, porém, a efeméride é dedicada aos compositores de todo mundo, então, naquela ocasião, celebra-se o Dia Mundial do Compositor.

Muito justa a homenagem a esta incrível e indispensável categoria de artistas tupiniquins já que em nosso meio cultural há uma lista das mais extensas de gente boa que nos legou para sempre canções e obras extremamente belas, carregadas de significados sobre a brasilidade e, claro, poesia, muita poesia da melhor qualidade. Há, é claro, quem meta os pés pelas mãos e, neste delicado terreno, “escreva” bizarrices inclassificáveis, faça sonetos piores que as emendas, principalmente nos dias de hoje; seriam os “pernas de pau”, para traçar uma analogia com o futebol, sem nos esquecer, entretanto, que boa parcela deles é estimulada, bem paga e venerada pelo mercado e pela indústria do espetáculo só para rimar amor com dor e cantar frustrações amorosas, dores de cotovelo e cortejar musas inalcançáveis e de coração mais duro que pedra.

A riqueza neste quesito que o Brasil guarda, entretanto, é tanta que nem vale a pena queimar vela para mal defunto, e, sim aclamar aqueles que elevam nossa alma, cura-nos de tristezas, espalham valores positivos que ajudam a manter tradições ou até renova-las, mas sempre com muita delicadeza, talento, compromisso, engajamento, pensando, escrevendo, pesquisando…

Continue Lendo “Compositor brasileiro: hoje é dia de quem com talento, compromisso, sensibilidade e delicadeza torna a vida mais alegre”

Rodrigo Zanc leva a Jaboticabal músicas dos discos “Pendenga” e “Fruto da Lida”, mais clássicos da música brasileira moderna e de raiz

RZ Jabiticabal
Rodrigo Zanc transita em sua obra entre a música caipira, com composições próprias ou interpretando clássicos, à sonoridade dos autores mineiros como Ivan Lins, além de Almir Sater e Renato Teixeira (Foto: Marcelino Lima)

Jaboticabal, conhecida como “Cidade das Rosas”, é a próxima cidade na qual o cantor e compositor Rodrigo Zanc vai se apresentar, levando ao público um repertório de excelentes composições próprias  e de vários parceiros, gravadas nos discos “Pendenga” (2006) e “Fruto da Lida” (2013). A cantoria está marcada para começar às 20 horas, com as participações de Rodrigo Zanin (violão) e Ricieri Nascimento (contrabaixo), na sede da Associação Regional de Engenheiros e Arquitetos (AREA), situada na avenida Carlos Berchieri, 300. É necessário reservar mesas pelos telefones 16 3203-1605 ou 16 3202 1214.

Continue Lendo “Rodrigo Zanc leva a Jaboticabal músicas dos discos “Pendenga” e “Fruto da Lida”, mais clássicos da música brasileira moderna e de raiz”