1513 – Renata Arruda (PB) lança disco com clássicos de sambas para comemorar 30 anos de carreira

A cantora e compositora paraibana Renata Arruda estreia na gravadora e produtora Kuarup com o lançamento de novo álbum com sambas clássicos e o inédito Foi Embora, de sua autoria, que segundo a artista, foi a maior dor de cotovelo que ela já compôs. Já com onze discos na carreira, este é o segundo disco do projeto Roda de Samba, lançado em 2013 a partir de repertório que Renata Arruda cantou em João Pessoa, Capital do Estado. O espetáculo deu tão certo que os músicos que a acompanham sugeriram registrar todas as canções apresentadas. Como os shows tinham mais de 25 canções e mais de duas horas de duração, parte do conteúdo entrou no primeiro trabalho e o restante ficou guardado para o lançamento de agora. As músicas foram escolhidas com o único critério: sambas que a cantora gosta de cantar.

Continuar lendo

1215 – Divulgados homenageados e datas de realização do 5º Prêmio Profissionais da Música, em Brasília (DF)

Cerimônia de entrega do troféu Parada da Música aos vencedores das 67 categorias de 3 modalidades está marcada para 3 de novembro

Os organizadores do 5º Prêmio Profissionais da Música (PPM) conseguiram driblar os efeitos das canetadas que cortaram recursos anteriormente garantidos à promoção dos eventos e à cerimônia de premiação dos finalistas, inicialmente planejadas para abril, e anunciaram que tudo será realizado entre 1º e 3 de novembro, em Brasília (DF). Os homenageados desta edição também foram divulgados: Ronaldo Bastos (Criação), Genildo Fonseca (Produção) e Claudio Santoro (Convergência), as três modalidades que concentram as 67 categorias dos finalistas, que juntas, envolvem 492 artistas e profissionais (selecionados a partir de mais de 1500 inscrições de todo o país que se submeteram às três etapas de votação ao longo do primeiro semestre de 2019). O Barulho d’água Música é finalista pela segunda vez consecutiva da categoria Canais de Divulgação de Música/Convergência e já confirmou que estará presente na capital federal.

Continuar lendo

1105 – Tempo de Paz, show do novo disco de Chico Lobo e Zé Alexandre, será atração do teatro Rival (RJ)

Álbum de  onze faixas começa com o clássico Bandolins e  aborda valores que enfatizam a necessidade de transformarmos, por meio de ações que promovam o bem estar geral, nosso cotidiano hoje tão avassalador e cada vez mais violento

Os cantores e compositores Chico Lobo e Zé Alexandre e a banda que os acompanha vão protagonizar na quinta-feira, 13 de setembro, cantoria de apresentação e de lançamento de Tempo de Paz , álbum que acabaram de produzir e que tem o selo da gravadora Kuarup. O show deverá começar às 19h30, no palco do Teatro Rival (veja detalhes na guia Serviços).

Continuar lendo

697 – Flávia Bittencourt lança em Sampa DVD que traz Florbela Espanca, Alcione, Ednardo, João do Vale…

 

A cantora e compositora maranhense Flávia Bittencourt fará show para lançamento do DVD Leve neste sábado, 24 de outubro, no Sesc Belenzinho. O espetáculo começará às 21 horas e contará com participação especial do multiartista potiguar Antúlio Madureira, que contribuiu com a composição Assum Preto para o DVD.

O novo trabalho marca os 10 anos de carreira de Flávia Bittencourt. Gravado em setembro de 2014, no Teatro Arthur Azevedo, localizado em São Luís, cidade natal da artista, o DVD tem ainda outros convidados como Alcione e Bloco Tradicional Os Feras (em O Surdo), Luiz Melodia (em Congênito), as coreiras Josélia Santos e Ivone Barros (em Franqueza) e a bailarina Ana Botafogo (em Rèconfort)​. Os arranjos são coletivos e a direção musical é assinada pelo guitarrista e produtor Aquiles Faneco. Entre as faixas há composições inéditas tais quais Rèconfort (versão em francês de Clélia Morali para De Volta Pro Aconchego, de Dominguinhos e Nando Cordel), Maracá Curumim (Carlinhos Veloz),Um Teu Segundo e Leve (Flávia Bittencourt) e Solidão (Sérgio Habibe).

Continuar lendo

Léo e Bia, musical de Oswaldo Montenegro, ganha turnê de três dias em São Paulo

Leo e Bia filme 1

Cena de Léo e Bia, na versão em filme, com Paloma Duarte ao centro: estreia de Montenegro como diretor e roteirista de cinema; em fevereiro, a obra volta ao teatro, em SP

O horário das três sessões  ainda não está divulgado. Mas o cantor, compositor, cineasta e diretor teatral Oswaldo Montenegro já soltou que para o primeiro final de semana de fevereiro retornará ao palco, do Teatro Dias Gomes (SP), o musical Léo e Bia. O público poderá ver nos dias  6, 7 e 8 o sucesso dos anos 1980 que, na ocasião, teve plateia superior a 500 mil pessoas e, recentemente, ganhou uma versão para o cinema.

Continuar lendo

USP FM dedica especial ao cantor, compositor e cineasta carioca Oswaldo Montenegro

OM1

Oswaldo Montenegro grava discos desde 1975 e também compõem musicais consagrados pela crítica e filmes para o cinema (Fotos do acervo pessoal)

Os admiradores de Oswaldo Montenegro terão um bom motivo para não saírem de casa na noite de sábado, 15, data reservada pela rádio USP FM, de São Paulo, para apresentação a partir das 20 horas de programa especial dedicado a relembrar a trajetória de sucessos do cantor, compositor, e cineasta carioca. A emissora, sintonizada em 93,7 no dial paulistano, poder[a ser captada também por vários canais disponíveis na internet mediante download de um plugin  instalado na hora, como o http://www.radios.redecol.com.br/2012/02/ouvir-radio-usp-fm-937-de-sao-paulo-ao.html.

Continuar lendo

“Sons da Tarde”, do SESC São Carlos, recebe banda Ruído Fino

Sesc Presidente Prudente (780x519)

Apresentação da Ruído Fino no SESC de Presidente Prudente: shows são festas com ritmos brasileiros e de outros países que variam do soul ao instrumental

A banda Ruído Fino será a primeira atração de setembro do SESC de São Carlos e tocará pelo projeto “Sons da Tarde” neste domingo, 7, feriado da Independência,  às 15h30, na Praça de Convivência externa. Os shows do grupo são sempre dos mais animados, verdadeiras festas proporcionadas pela execução de canções que se destacam pela valorização do groove e pelas letras poéticas que extravasam as fronteiras do funk. O trabalho é marcado por passagens pelo soul, pop, MPB e instrumental, fortemente influenciado pelas obras de Stevie Wonder, Ed Motta, James Brown, Sandra de Sá, The Meters e Djavan.

A Ruído Fino é formada por Fabíola Ognibeni (voz e guitarra), William de Paula (teclado), Felipe Gianei (baixo) e Vinicius Suzuki, (bateria), além de contar com o apoio da forte seção rítmica de um duo de metais. Existe desde 2009 e já teve a canção própria «Permita-se calma», classificada para o Festival Interunesp de MPB de Ilha Solteira (SP). Participou também da abertura do show da banda Pato Fu no Festival da Cerejeira de Garça (SP). Desde 2013, a Ruído Fino vem se apresentando em diversas unidades do SESC do Interior paulista, nas quais  já contou com participações especiais das cantoras Nanny Soul e Izzy Gordon.

O SESC São Carlos fica na avenida Comendador Alfredo Maffei, 700.

Demais atrações do projeto Sons da Tarde:

14| Flor de Abóbora 21| Grupo Xotirado 28|Samba da Antiga