1212 – Dois dos melhores violeiros do país são atrações em Sampa, no domingo, 21

Entre a missa ou o culto, um antes, outro depois da macarronada: Neymar Dias e Valdir Verona tocarão em espaços próximos e em horários que permitem acompanhá-los, de graça ou gastando quase nada, em ótimos programas em companhia da família inteira

A cidade de São Paulo terá no próximo domingo, 21 de julho, concertos de dois dos mais respeitados violeiros do país na atualidade, o paulistano Neymar Dias, pela manhã, e o gaúcho de Caxias do Sul Valdir Verona, à tarde, portanto em horários nos quais será possível acompanhar ambos sem sacrificar a tradicional macarronada em família. Os dois, aliás, são excelentes dicas para juntar todo mundo, incluindo o nenê, o vovô, a vovó e os sobrinhos, como naquela música dos Titãs, longe da famigerada televisão ou, mais modernamente, do tambor cortado ao meio, na laje. E dá tempo, inclusive, de ir à santa missa ou ao culto, ainda no começo da manhã ou no final da noite! 

Continue Lendo “1212 – Dois dos melhores violeiros do país são atrações em Sampa, no domingo, 21”

Anúncios

1211 – Wallace Oliveira Trio abre turnê paulista com concerto gratuito na Casa de Cultura Ipiranga*

Proposta dos músicos  é apresentar a versatilidade da guitarra portuguesa, acompanhada por violão e percussões, com repertório que vai do rock à milonga, da world music ao baião em uma narrativa musical que une o tradicional ao contemporâneo, parte do repertório do álbum lançado em 2018 com concorridas apresentações além-mar

Com Eliane Verbena, da Verbena Comunicação

Após turnês de sucesso em Portugal, o Wallace Oliveira Trio traz a versatilidade da guitarra portuguesa, instrumento tradicional do fado, para espaços da cidade de São Paulo, em quatro concertos gratuitos neste mês e em agosto, e ao 19º Festival de Inverno de Paranapiacaba (FIP), em Santo André (SP). Formado por Wallace Oliveira (guitarra portuguesa), Sérgio Borges (violão de sete cordas) e Adriano Busko (percussão), o trio tocana Casa de Cultura Ipiranga, neste domingo, 21 de julho, às 16 horas. Duas apresentações no FIP estão previstas para uma semana depois, no dia 28 de julho: a partir das 15 horas, no Palco Mercado, e, depois acompanhada pela fadista luso-brasileira Ciça Marinho, no Palco Rua Direita, às 18 horas. Wallace, Borges e Busko regressarão à Capital para novas rodadas em 16 , 21 e 23 de agosto (ver a guia Serviços)

Continue Lendo “1211 – Wallace Oliveira Trio abre turnê paulista com concerto gratuito na Casa de Cultura Ipiranga*”

1204 – “Duofel com Passoca” une consagrada dupla de violonistas e cronista do cotidiano de Sampa

Álbum com dez faixas traz composição inédita do cantor em parceria com Renato Teixeira e regravação de clássico de Noel Rosa mescladas a temas instrumentais em comemoração aos 40 anos de carreira dos músicos

Cantor e compositor que se destacou como um dos expoentes da Vanguarda Paulista e que sucede à altura Adoniran Barbosa e Paulo Vanzolini na arte de ser cronista do cotidiano da maior cidade brasileira por meio das letras de suas canções, Passoca se uniu à (não menos consagrada) dupla de violonistas e lançou Duofel com Passoca. O álbum, de 10 faixas, distribuído pela Atração Fonográfica e disponível nas plataformas digitais, já foi atração no Sr. Brasil em programa levado ao ar em 22 de abril pela TV Cultura, com apresentação de Rolando Boldrin. A paulistana Revista Fórum também abriu espaço para a novidade e em sua edição eletrônica de 18 de março destacou: Tanto o Duofel quanto Passoca, veteranos com carreiras longevas, que beiram os 40 anos de trajetória, têm em comum o compromisso de não envelhecer. A música que fazem é sempre inquieta, inovadora, sem nunca perder o direito do ouvinte ao prazer e à fruição.”

Continue Lendo “1204 – “Duofel com Passoca” une consagrada dupla de violonistas e cronista do cotidiano de Sampa”

1200 – Kuarup estreia no audiovisual com série sobre bastidores do pop brasileiro nos anos 1970

A História Secreta do Pop Brasileiro, dirigida pelo jornalista André Barcinski, traz Gretchen, Raul Gil, Os Pholhas, Dudu França e Gilliard entre outros em oitos episódios, a partir do dia 17

Produzida pela Kuarup e dirigida pelo jornalista André Barcinski, História Secreta do Pop Brasileiro revela histórias desconhecidas dos bastidores da música pop brasileira. O lançamento, quando serão apresentados os três primeiros episódios, será no dia 17 de junho, às 21 horas, durante o 11º. Festival In-Edit Brasil. Após a exibição haverá um debate com Barcinski e o produtor musical Hélio Costa Manso, com mediação da jornalista, escritora, curadora e DJ Cláudia Assef.

Quem foram os “clones” brasileiros de astros internacionais como Trini Lopez? Como surgiu a onda dos “falsos gringos”, que revelou, na década dos anos 1970, nomes como Morris Albert e Mark Davis (Fábio Júnior)? Quem foi responsável pela explosão da música infantil nos anos 1980, com nomes como Xuxa e A Turma do Balão Mágico? Quem eram os músicos de estúdio que gravaram – sem créditos – tantos clássicos do nosso pop?

Continue Lendo “1200 – Kuarup estreia no audiovisual com série sobre bastidores do pop brasileiro nos anos 1970”

1198 – Trio Café Mestiço faz show de lançamento de álbum homônimo na Casa Museu Ema Klabin (SP)

Depois de passar por  quatro cidades, Michi Ruzitschka, Ricardo Araújo e Beto Angerosa encerram a turnê de lançamento do primeiro álbum que gravaram com instrumentos de universos diferentes para oferecer aos ouvintes uma viagem musical poética e inusitada, com a participação especial de Toninho Ferragutti

O Trio Café Mestiço, formado por Michi Ruzitschka (violão 7 cordas), Ricardo Araújo (guitarra portuguesa) e Beto Angerosa (percussão), vai se apresentar neste sábado, 8 de junho, a partir das 16h30, como atração o Programa Tardes Musicais na Casa-Museu Ema Klabin, no jardim Europa, em São Paulo. O público ouvirá sem precisar pagar ingresso músicas do álbum Café Mestiço, o primeiro do trio, que mescla no repertório estilos musicais como o choro, o chamamé, e tangos tais quais Oblivion, do argentino Astor Piazolla, e o clássico La Catedral, do compositor paraguaio Agustín Barrios, com arranjo inspirado no ritmo flamenco Bulería.

Continue Lendo “1198 – Trio Café Mestiço faz show de lançamento de álbum homônimo na Casa Museu Ema Klabin (SP)”

1195 – Luis Kiari (PB) lança De Dentro, pelo selo Kuarup, com participações de Nando Cordel e Chico Lobo

Canções promovem a integração das raízes tradicionais sertanejas à modernidade sonora do artista de Campina Grande que mora na cidade do Rio de Janeiro  um dos mais destacados talentos da nova MPB

O selo Kuarup está lançando De Dentro, segundo álbum de Luis Kiari, paraibano de Campina Grande há seis anos radicado na cidade do Rio de Janeiro (RJ) e que acaba de promover miniturnê por cidades do Nordeste visitando os estados da Paraíba e de Pernambuco. O disco, gentilmente enviado ao boteco do Barulho d’água Música pelo produtor Rodolfo Zanke — ao qual mais uma vez somos gratos, estendendo os agradecimentos à toda a equipe da gravadora e editora — tem produção de Ricardo Gomes e mixagem e masterização feitas pelo consagrado engenheiro de som Ricardo Carvalheira. Reúne nove singelas, mas poéticas faixas nas quais se ouve a participação especial do cantor, compositor e instrumentista pernambucano Nando Cordel  — em A Paz de Esperar, que assina a parceria com Kiari na composição –, mais o brilhante e toque inconfundível das violas caipira e dinâmica do músico mineiro Chico Lobo, em todo o repertório¹. As canções promovem a integração das raízes tradicionais sertanejas à modernidade sonora do artista, um dos mais destacados talentos da nova geração da MPB. E o projeto gráfico De Dentro é outra atração do álbum. Assinado pelo conterrâneo do cantor, Vito Quintans, revela um conceito artístico baseado em xilogravura, conforme pode ser conferido nos clipes disponibilizados no sítio eletrônico de Kiari, acompanhado das letras (lyrics) das canções, ou nas principais plataformas digitais.

Continue Lendo “1195 – Luis Kiari (PB) lança De Dentro, pelo selo Kuarup, com participações de Nando Cordel e Chico Lobo”

1193 – Chico Lobo (MG) lança “Sagração”, álbum pelo selo Kuarup inspirado nos sertões de Guimarães Rosa

LTexturas instrumentais compõem canções explorando temas como o amor, a religiosidade, a força da trilha dos sertões e veredas de Minas Gerais no projeto em parceria com o poeta Wander Lourenço que tem participações de João Di Souza, Sérgio Santos, Simone Guimarães, Bruna Morais e Mariana Nunes.

As audições matinais dos sábados aqui no boteco do Barulho d’água Música neste dia 25 de maio começou com o álbum Sagração, mais recente e encantador trabalho do cantor, compositor e violeiro Chico Lobo em parceria com o poeta Wander Lourenço e com os músicos Sérgio Rabello e Leíse Renhe, complementado por um belo projeto gráfico e encarte, assinados por Adriano Alves. Sagração será lançado em São Paulo na quinta-feira, 30, abrindo uma miniturnê que terá escalas na cidade de Belo Horizonte (MG), do Rio de Janeiro (RJ) e na mineira São João Del Rey (ver guia Serviços). O álbum é mais um lançamento da gravadora Kuarup, com produção executiva de Ângela Lopes (Viola Brasil Produções), à qual e a Rodolfo Zanke agradecemos pela gentileza do envio do exemplar que rolamos na vitrolinha.

Continue Lendo “1193 – Chico Lobo (MG) lança “Sagração”, álbum pelo selo Kuarup inspirado nos sertões de Guimarães Rosa”

1190 – Fábio Jorge canta, em francês, sucessos da MPB no Teatro Itália (SP)

Público curtirá lançamento de Connexions, álbum no qual o cantor mixa suas duas pátrias, Brasil e França, com versões para o francês de sucessos de Caymmi, Dalto, Edu Lobo, Vinicius de Moraes, Sullivan & Massadas, Carlos Lyra e outros

O cantor e letrista paulistano Fábio Jorge lançará o seu quarto álbum solo, Connexions, no palco do glamouroso Teatro Itália, em São Paulo, na terça-feira, 28, a partir das 21 horas (veja a guia Serviços). O disco foi nos gentilmente enviado por Beto Priviero, amigo do Barulho d’água Música, que ao lado de Moisés Santana coordena a Tambores Comunicações, aos quais somos gratos. No texto de apresentação de Connexions sua assessoria aponta que Fábio Jorge chegou mais longe e explica: o cantor, que há anos, vem aproximando o universo musical brasileiro da canção francesa em discos e em shows, deu uma cara mais personalizada ao trabalho. Connexions reúne sucessos da música brasileira que o próprio Fábio Jorge verteu, do seu jeito, para o francês. Assim, Arrastão (Edu Lobo/Vinicius de Moraes) se tornou Les bateaux sur la mer; Primavera (Lyra/Vinicius) virou Notres PrintempsPessoa (Dalto/Cláudio Rabello) agora é L’éternité, e Estranha Loucura (Sullivan/Massadas), sucesso na voz de Alcione, passou a ser Mon énorme folie, por exemplo.

Continue Lendo “1190 – Fábio Jorge canta, em francês, sucessos da MPB no Teatro Itália (SP)”

1189 – Bemti, mineiro autor de um dos melhores disco de 2018, apresenta-se na Sala Itaú Cultural (SP)

“Com a viola em mãos e vários convidados do mais alto escalão do indie brasileiro, cantor e compositor mineiro abre o coração para falar sobre rupturas, paixões desenfreadas, auto-aceitação, inseguranças, tensões, desequilíbrios e retomada da confiança.
Do site Hits Perdidos

O músico mineiro radicado em São Paulo Bemti está confirmado como atração no sábado, 25 de maio da galeria Itau Cultural, situada em São Paulo, e a partir das 20 horas cantará as faixas do álbum era dois, que ele lançou em agosto de 2018. Eleito entre os melhores daquele ano pela revista Rolling Stone Brasil e pelo blogue online do jornal O Povo, era dois tem como base a viola caipira de dez cordas e mistura timbres orgânicos e eletrônicos.

Continue Lendo “1189 – Bemti, mineiro autor de um dos melhores disco de 2018, apresenta-se na Sala Itaú Cultural (SP)”

1187 – Paranapanema, grupo de São Paulo, lança Luzeiro, trabalho que exalta as tradições de matriz africana do Sudeste

O trabalho autoral surge como resultante entre o novo e o tradicional, entre as manifestações “de raízes” e o samba contemporâneo que circula na cosmopolita capital paulista; uma leitura artística cuja pretensão é ser a “ponte” entre as margens socioculturais mostrando que as tradições continuam vivas na atualidade e sendo transformadas com o tempo, e o quanto grande é a necessidade de mantê-las e de propagá-las.

As audições matinais dos sábados neste dia 11, aqui no Barulho d’água Música, véspera do Dia das Mães, começou com Luzeiro, um bem produzido e recém-lançado álbum, abre alas do grupo paulistano Paranapanema. O grupo reúne músicos, militantes da valorização e reconhecimento das culturas tradicionais brasileiras que, desde 2004, vêm construindo um trabalho que exalta as tradições de matriz africana do Sudeste, patrimônio cultural pouco conhecido e reconhecido, sobretudo pela população do estado de São Paulo, e um repertório que une as origens do samba paulista, as manifestações “de raízes” e o samba presente nos grandes centros urbanos. Luzeiro foi aprovado e realizado por meio do edital de Promoção das Culturas Populares e Tradicionais do Programa de Ação Cultural (ProAc) da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do governo do estado de São Paulo.

Continue Lendo “1187 – Paranapanema, grupo de São Paulo, lança Luzeiro, trabalho que exalta as tradições de matriz africana do Sudeste”