Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!


Deixe um comentário

987 – Teatro da Rotina promove em Sampa apresentação de Túlio Borges (DF), com participação de Consuelo de Paula

* Com Sara Loiola, Padê Produções

“A paixão é uma casa feita na beira da encosta. É barco navegando à deriva. É o inacessível juízo, emergente. É súbita combustão, o fogo espontâneo nascendo da pele, eriçando os pelos. É feita de versos, castelo de areia. É uma ordem, uma sentença e uma pena. E se for veneno, desce uma dose aí…” 

O cantor e compositor Túlio Borges será atração do acolhedor Teatro da Rotina (São Paulo) no sábado, 12 de agosto, a partir das 21 horas, quando apresentará músicas da carreira que já conta com dois álbuns bastante elogiados pelos críticos e um terceiro, enviado para masterização no final de julho e que ele planeja lançar em outubro, em Brasília (DF), cidade onde nasceu e mora. Borges estará acompanhado pelo amigo Victor Angeles (bandolim) e contará com participação para lá de especial de Consuelo de Paula (MG), parceira dele na música Caracará, que o brasiliense interpretará pela primeira vez, ao piano. O Teatro da Rotina fica na rua Augusta , 912, no bairro Consolação. Para mais informações há o telefone (11) 3582-4479

Continuar lendo

Anúncios


Deixe um comentário

730 – Coisa Fina homenageia mestres como Jacob do Bandolim e Moacir dos Santos em álbum novo, apresentado no MCB (SP)

coisa fina antiguidade

O Barulho d’água Música recebeu gentilmente cedido por Daniel Nogueira um exemplar de Coisa Fina, segundo álbum do grupo paulistano homônimo integrado por ele e mais um punhado de amigos. A formação que em agosto do ano passado entrou no estúdio já era naquela ocasião maior do que um time de futebol e no começo deste ganhou o reforço de Igor Pimenta, cujo contrabaixo logo se entrosou à bem temperada “cozinha” desta afinada e espetacular big band. Há dez anos tocando entre outros temas de pontas de lança como Jacob do Bandolim, Laércio de Freitas, Theo de Barros, Guinga, Mozar Terra, Moacir Santos e, agora, no mais recente CD, vestindo a camisa de compositores de novíssima geração como Henrique Brand, o Coisa Fina literalmente encheu em São Paulo o palco do Museu da Casa Brasileira (MCB) na manhã do domingo, 15, e enquanto apresentava as músicas do disco que leva o selo Sesc pôs várias pessoas para dançar, ainda com mais entusiasmo durante Assanhado, de Jacob do Bandolim.

Continuar lendo