Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!


Deixe um comentário

1014 – Piracicaba (SP) é contemplada com a estreia do ConSertão, novo projeto de Cláudio Lacerda, com Neymar Dias e Lula Barbosa*

* Com  NTZ Comunicação e Marketing

Um novo projeto do cantador e compositor Cláudio Lacerda, o ConSertão, começará a percorrer várias cidades do Interior de São Paulo na sexta-feira, 19 de janeiro, quando estreará em Piracicaba, a partir das 18 horas. Da forma como está concebido o ConSertão promoverá apresentações gratuitas ao ar livre embaladas por um bem selecionado repertório em homenagem a compositores renomados da música caipira. A abertura está programada para transcorrer no campus da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq/USP), com entrada solidária equivalente à doação de 1 quilograma (1 kg) de alimento não perecível. Cláudio Lacerda estará acompanhado pelos músicos Neymar Dias e Lula Barbosa e a Orquestra Sinfônica de Piracicaba.

Continuar lendo

Anúncios


Deixe um comentário

Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc cantam em programa do Terra Viva

DSC01434a

Rodrigo Zanc e Cláudio Lacerda entraram ao vivo para o quadro “Diversão e Arte”, do “Dia a Dia Rural” (Marcelino Lima)

Os cantores Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc participaram na manhã da sexta-feira, 13 de junho, do programa “Dia a Dia Rural”, ancorado por Tavinho Ceschi, no canal Terra Viva, emissora do grupo Bandeirantes. Ao vivo, eles cantaram “Triste Berrante”, de Adauto Santos e Solange Maria; “Chuá Chuá”, de Tonico e Tinoco; e “Bons Amigos”, de N.Ribeiro, M.Rivas, B. Rivas, L. Fraia. J. Reis. As duas primeiras fazem parte do repertório dos shows que Lacerda e Zanc escolheram para homenagear a dupla “Pena Branca e Xavantinho” em tributos que ambos vêm fazendo desde janeiro de 2010, quando, ainda ao lado de Pena Branca, iniciaram no SESC Pompeia uma série de apresentações baseadas em clássicos imortalizados pelos irmãos cujos nomes eram José Ramiro Sobrinho e Ranulfo Ramiro da Silva, respectivamente.

Tavinho Ceschi apresenta ao público do Terra Viva o álbum “Fruto da Lida”, que Zanc lançou em 2013 (Marcelino Lima)

Pena Branca (José Ramiro) morreria pouco mais de um mês depois, em 10 de fevereiro daquele ano. Xavantinho havia falecido em 8 de outubro 1999. O projeto, entretanto, foi mantido: Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc seguem levando a poesia da dupla que transformou em sucessos do universo caipira e regional composições como “Cio da Terra”, de Chico Buarque e Milton Nascimento, e “Vaca Estrela e Boi Fubá”, de Patativa do Assaré, entre outras.

Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc também formam com Wilson Teixeira e Luiz Salgado o grupo “4 Cantos”. Em carreira solo, Lacerda já gravou “Alma Lavada” (2003), “Alma Caipira” (2007) e “Cantador” (2010). Zanc é autor de “Pendenga” (2006) e no ano passado lançou “Fruto da Lida”. Durante o programa “Dia a dia Rural”, Ceschi apresentou ao público “Cantador” e “Fruto da Lida”.

Linque para ver o vídeo da apresentação: http://tvterraviva.band.uol.com.br/noticia.aspx?n=717839

DSC01436a

Ao final da apresentação dos violeiros, Tavinho Ceschi fez questão de posar com a dupla. E ouviu, de presente, fora do ar, “Bandeira do Divino”, de Ivan Lins. (Marcelino Lima)