1171 – Reforce esteios ouvindo Zé Modesto (SP) ao pé do ouvido e sinta mais leve a nossa cruz

O cantor e compositor independente, que em maio participará da Virada Cultural Paulista de 2019. violonista, é autor de três poéticos discos. O repertório tem o amor como inspiração e este fio alinhava no mesmo tecido uma plêiade de músicos dos mais tarimbados

As audições matinais que promovemos aos sábados aqui em São Roque, Interior de São Paulo, no boteco do Barulho d’água Música, começaram neste dia 30 de março – acompanhadas por Pablito Neruda, um dos gatos da casa, confortavelmente ronronando sobre a vitrolinha– com Ao Pé do Ouvido, terceiro álbum do paulistano Zé Modesto, ao qual agradecemos pelo envio de vários exemplares deste precioso trabalho.

Continuar lendo

1000 – Neymar Dias transcreve para a viola obra que passeia pela mente de Deus e lança álbum novo no MCB (SP)

Neymar Dias, um dos mais conceituados violonistas brasileiros da atualidade, será atração do concerto gratuito que o Museu da Casa Brasileira (MCB) oferecerá no domingo, 8 de outubro, a partir das 11 horas. Na ocasião, a plateia que sempre lota o auditório e o acolhedor jardim do terraço do prédio situado em São Paulo conhecerá o recém lançado álbum no qual o multi-instrumentista paulistano promove releituras da obra de Johann Sebastian Bach  para a viola brasileira, produzido em parceria com André Mehmari. Neymar Dias Feels Bach reúne 20 composições divididas em três movimentos, mais três peças avulsas, impecavelmente executadas pelo autodidata que desde criança encanta seu público e domina com maestria viola caipira, guitarra, violão, baixo elétrico, contrabaixo, guitarra havaiana e bandolim, habilidades que esmerou ao se formar em Composição e Regência pela Faculdade de Artes Alcântara Machado (FAAM) e integrando orquestras respeitadas tais quais a Sinfônica da Universidade de São Paulo (Osusp) e a Experimental de Repertório.

Continuar lendo

715- Neymar Dias apresenta no Espaço 91 (SP) músicas que vão para o próximo disco

neymar

O Espaço 91, casa de shows situada na região da Pompeia, em São Paulo, terá como atração a partir das 20h30 deste sábado, 7, Neymar Dias, músico paulistano que acompanhado por Igor Pimenta e Gabriel Altério apresentará músicas que integrarão o seu próximo álbum, além de releituras de outras obras do jazz, clássico, rock e pop. Multi-instrumentista, arranjador, compositor, Neymar Dias é um dos mais versáteis e renomados músicos da atualidade, autor de trabalhos próprios como os álbuns A Caminho de Casa e Capim, nos quais apresenta sua faceta caipira, tocando viola de dez cordas, e assina parcerias consagradas como Festa na Roça, que gravou com o acordeonista Toninho Ferraguti.

Continuar lendo

Dos bares noturnos ao estrelato nacional, Renato Braz, aniversariante de hoje

renatobraz 2w

Renato Braz começou na estrada pelos caminhos que muitos escolhem para iniciar a carreira de músico, cantando em bares noturnos na região de Osasco e na Capital, influenciado após ouvir o amigo Kleber apresentando, ao violão, Waves, de Tom Jobim, e amadurecendo em festivais.

Hoje, é aclamado com unanimidade como uma das mais belas vozes da música popular e de outras vertentes brasileiras, quase duas décadas após lançar em 1996 o primeiro álbum. Neste trabalho cujo título leva o seu nome, interpreta canções do amigo Mário Gil (que o tornou atração noo famoso Café Paris/SP), e entre outros expoentes  de Paulo César Pinheiro, Zeca Baleiro, Dorival Caymmi, Jean Garfunkel e Pratinha, e Silas de Oliveira e Joaquim Ilarindo, com participações de Sizão Machado, Mário Gil, Laércio de Freitas e de Mônica Salmaso.

Continuar lendo

Tarita de Souza apresenta “A Árvore e o Vento” na Casa do Núcleo e será atração no SESC Pinheiros ao lado de Neymar Dias e André Mehmari

Tarita 3

Apresentação de Tarita, ao centro, na Casa do Núcleo, teve participação de Daniel Conti, Thais Nicodemo (à direita da cantora), Neymar Dias (com a viola), Kabé Pinheiro e Daniel Amorim (ao fundo) Fotos de Elisa Espíndola

É poesia pura “A Árvore e o Vento”, álbum que está chegando assim coladinho com a Primavera, o primeiro trabalho de  competentíssima interpretação da mais nova cantora da música paulistana, paulista e brasileira: Tarita de Souza. Filha da poetisa Jacira de Souza (“filho de peixe…”), Tarita assina a estreia muito bem acompanhada com  a participação de expoentes como Renato Braz, Neymar Dias,  André Mehmari, Caito Marcondes, Daniel Conti e parcerias que incluem Cristina Saraiva, Zé Modesto, Elder Costa, Fred Martins e Manuel Gomes, entre outros. Destacam-se ainda no repertório do disco as releituras para Dona Benta e Canavial, de Ivan Lins e Victor Martins, e Viramundo, de Gilberto Gil e Capinam. 

Continuar lendo

Dea Trancoso recebe Consuelo de Paula em apresentação na Casa do Núcleo (SP)

DSC03410

Dea Trancoso e Consuelo de Paula cantaram e emocionaram o público, que as prestigiou bem de pertinho, apresentando canções das discografias de ambas e declamando poemas (Fotos Marcelino Lima)

A Casa do Núcleo, espaço que promove e fomenta várias atividades relacionadas à cultura, abriu suas portas no último final de semana de setembro para o “Especial Déa Trancoso”, durante o qual a cantora e poetisa de Almanara (MG) recebeu amigos para apresentações musicais, promoveu oficinas e uma exposição de imagens do marido, o fotógrafo Marcelo Oliveira.

Continuar lendo