996 – Juliana e João Paulo Amaral apresentam “Açoite” como atração do Composição Ferroviária em Poços de Caldas (MG)

A voz marcante de Juliana Amaral e a viola vigorosa de João Paulo Amaral serão atrações neste domingo, 10 de setembro, em Poços de Caldas, cidade do Sul de Minas Gerais. Os irmãos levarão ao público que prestigia o projeto Composição Ferroviária o espetáculo Açoite, baseado no nome do quarto álbum de Juliana (selo Circus) disco de 2016 cuja direção musical e arranjos couberam a João Paulo. Marca registrada em todas as edições do projeto Composição Ferroviária, o show de abertura sempre é reservado a músicos locais e começa às 10 horas, no pátio da estação da antiga rede Mogyana. Para esta nova rodada, os produtores Wolf Borges e Jucilene Buosi convidaram Jesuane Salvador, intérprete que  oferecerá à plateia um repertório que contempla da MPB ao Jazz.

Continue Lendo “996 – Juliana e João Paulo Amaral apresentam “Açoite” como atração do Composição Ferroviária em Poços de Caldas (MG)”

Anúncios

982 – Tunai e Wagner Tiso apresentam “Saudades da Elis” na estação ferroviária de Poços de Caldas (MG)

Em mais uma rodada do projeto Composição Ferroviária, moradores de Poços de Caldas e região e turistas que estiverem aproveitando o inverno passeando pelo município sul mineiro poderão curtir, gratuitamente, na manhã de domingo, 30 de julho, apresentação dos músicos Tunai e Wagner Tiso, protagonistas do show Saudades da Elis. Antes de eles subirem ao palco do pátio da estação ferroviária, o público terá a oportunidade de matar saudades de músicas que embalam a memória afetiva de várias gerações, recordadas a partir das 10 horas pelo Choro a Dois. O duo é formado por Gabriel Carbonari (violão) e Jéssica Rosado (bandolim), novos talentos que têm encantado a cidade.

Continue Lendo “982 – Tunai e Wagner Tiso apresentam “Saudades da Elis” na estação ferroviária de Poços de Caldas (MG)”

898 – Composição Ferroviária está de volta com shows gratuitos do Cobra Coral e do Tarumã em Poços de Caldas (MG)

Neste domingo, 17 de julho, o público de Poços de Caldas e dos municípios  vizinhos deste aprazível cantinho sul mineiro voltará a curtir no pátio da antiga estação de trens da Mogyana as apresentações musicais do Composição Ferroviária. Coordenado pelos músicos e produtores culturais Wolf Borges e Jucilene Buosi, o projeto que já faz parte do calendário cultural da cidade nesta primeira rodada da temporada 2016 será oferecido como parte da programação do Julhofest.  E como a retomada será mais do que especial, eles prepararam uma Edição Vocal que brindará a plateia com dois shows, ambos sem cobrança de ingressos, levando ao palco a partir das 10 horas o Quarteto Cobra Coral (BH) e o Grupo Tarumã (SP).

Continue Lendo “898 – Composição Ferroviária está de volta com shows gratuitos do Cobra Coral e do Tarumã em Poços de Caldas (MG)”

871 – Paulinho Pedra Azul comemora 35 anos de carreira com shows em duas cidades do Sul de Minas Gerais*

Com Jucilene Buosi, de Poços de Caldas

“O Sul de Minas está no roteiro das melhores plateias”, afirma o cantor e compositor Paulinho Pedra Azul às vésperas de promover apresentações em duas das mais aprazíveis cidades daquela porção do Estado. Em 6 de maio,  a cantoria está prevista para Alfenas, município onde segundo declarações que deu à imprensa não vai há algum tempo. “E vai ser um belo reencontro”, emenda, já antecipando que o regresso na noite seguinte a Poços de Caldas três anos após abrir o projeto Composição Ferroviária, dos amigos Jucilene Buosi e Wolf Borges, também o deixa feliz e ansioso.

Continue Lendo “871 – Paulinho Pedra Azul comemora 35 anos de carreira com shows em duas cidades do Sul de Minas Gerais*”

842- Jucilene Buosi lança “Falsete”, álbum com trilha de longa metragem homônimo que revela a música e a beleza sul-mineira

“Falsete é cantar fino sem fazer força, é aquilo que engana o que seria para acontecer e dá um chapéu na canção, Falsete é o que acontece na vida, demais da conta” 

Dinho Caninana

Vamos dar um pulo rápido à aprazível Poços de Caldas (MG)  para deixar registrado que hoje, 1º de abril,  é dia de lançamento do álbum Falsete, de Jucilene Buosi, em evento que está marcado para transcorrer no Instituto Moreira Sales (IMS), com a participação de Wolf Borges.

O álbum traz a trilha sonora do filme Falsete – o que é de Naturetat, negare pot!., primeiro documentário de longa metragem que proporciona uma imersão no cenário musical do Sul de Minas Gerais contendo paisagens e personagens que fazem a história desta rica vertente reconhecida mundialmente e que tem como expoentes, entre outros, Ivan Vilela, Gildes Bezerra, Fernando Brant, Ceumar, Raimundo Andrade, Sérgio Santos, Casquídeo, Chorões da Pedra Branca e Grupo 13 de Maio.

O filme apresenta Jucilene Buosi, cantora e atriz que conduz os encontros e interpreta as canções do filme. Tem a direção de Rodrigo Infante, produção artística de Wolf Borges e som direto e arranjos de Deivid Santos. Deverá deve ser lançado em breve em Poços de Caldas e em todo o Sul de Minas.

“O sul-mineiro tem uma percepção da natureza muito mais forte, pois vive num lugar bonito que o obriga a percebê-la. Assim, de uma maneira geral, o sul-mineiro é um pouco mais abrandado, tem o coração mais suave, pois o mundo onde vive é lírico, quase onírico”, segundo Ivan Vilela, nascido em Itajubá. Hoje, no show de lançamento do CD, Jucilene Buosi (voz) e Deivid Santos (arranjos e violão) interpretam as canções contidas no trabalho que reforçam esta visão do violeiro por meio de composições, boa parte inéditas, e de rara beleza.

jucilene na janela
Em Falsete, tanto no álbum quanto no documentário, Jucilene Buosi nos abre a janela que dá para o interior de sul de Minas e como anfitriã do passeio por uma região das mais belas revela as riquezas e as particularidades desta peculiar cultura do Brasil profundo

 

anuncio 26a

 

669 – Chorinho, big band, quinteto de metais, recital e violonista italiano: curta o Musica MCB em outubro. De graça!

pnorama

O Museu da Casa Brasileira (MCB), situado em agradável imóvel situado na avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705, no bairro paulistano de Pinheiros, oferece todos os domingos, às 11 horas, o projeto Música no MCB, por meio do qual o público pode curtir sem pagar ingresso apresentações de variados estilos musicais — do caipira ao erudito, passando pelo jazz contemporâneo e pelo samba, por exemplo. Para a primeira atração de outubro, o palco estará reservado neste dia 4 ao grupo Panorama do Choro Paulistano Contemporâneo, criado pelos percussionistas Yves Finzetto e Roberta Valente com o objetivo de registrar e divulgar a expressão atual do choro produzido em Sampa.

Continue Lendo “669 – Chorinho, big band, quinteto de metais, recital e violonista italiano: curta o Musica MCB em outubro. De graça!”

666 – Tavinho Moura dá sequência ao projeto Composição Ferroviária e canta com abertura de Raimundo Andrade (MG)

tavinho moura arte
O projeto Composição Ferroviária, que os músicos Jucilene Buosi e Wolf Borges promovem em Poços de Caldas, oferecerá ao público neste domingo, 4 de outubro, duas atrações, dois dos maiores expoentes da música sul-mineira: Tavinho Moura e Raimundo Andrade, convidado pelo casal para abrir o concerto do cantor e compositor nascido em Juiz de Fora e conhecido nacionalmente por vários sucessos, gravados tanto por ele, quanto por vozes como as dos conterrâneos Milton Nascimento e Pena Branca & Xavantinho. Andrade subirá ao palco, montado no pátio da antiga estação ferroviária, a partir das 10 horas.    

Sérgio Santos encerra projeto Composição Ferroviária, em Poços de Caldas (MG) apresentando sucessos de oito álbuns

arte ssantos
Foto: Divulgação

O compositor e cantor Sérgio Santos (Varginha/MG) é o convidado de Wolf Borges e Jucilene Buosi para a edição de encerramento do projeto Composição Ferroviária, que ambos promovem em Poços de Caldas (MG). Sérgio Santos cantará sucessos da carreira que já conta com oito álbuns e soma mais de 20 anos de parceria com Paulo Cesar Pinheiro a partir das 10 horas do domingo, 5 de julho, no pátio da estação ferroviária da cidade, com entrada franca. No palco que ele ocupará, Wolf e Jucilene já receberam neste ano Ceumar, Kleiton e Kledir, Filó Machado e Zé Renato, entre outros músicos e artistas. Antes da apresentação de Sérgio Santos, haverá uma abertura com Marcelo Machado (Itajubá/MG), violonista e arranjador, e Osmar Fontes Júnior (Santos Dumont/MG), pianista, arranjador, professor e compositor.

Continue Lendo “Sérgio Santos encerra projeto Composição Ferroviária, em Poços de Caldas (MG) apresentando sucessos de oito álbuns”

Zé Renato movimenta mais uma rodada do Composição Ferroviária, com abertura de João Paulo Amaral, em Poços de Caldas (MG)

ze renato arte
Zé Renato já tem quase 40 anos de carreira no país como cantor solo ou integrante da banda Boca Livre e gravou neste período álbuns em homenagem a Silvio Caldas, Zé Keti e Orlando Silva, além de discos autorais  como o mais recente, Breves Minutos(Foto: Daniel Darcoso)

 

O projeto Composição Ferroviária, promovido em Poços de Caldas (MG) pelos músicos Wolf Borges e Jucilene Buosi terá mais uma rodada das mais especiais no domingo, 7 de junho, quando a atração será o boca livre Zé Renato (Vitória/ES). A partir das 10 horas, antes ainda da subida ao palco do convidado que se apresentará no pátio da estação de trens, sem cobrança de entrada, o público ainda poderá desfrutar de todo o talento do violeiro João Paulo Amaral (Mogi das Cruzes/SP).  

Continue Lendo “Zé Renato movimenta mais uma rodada do Composição Ferroviária, com abertura de João Paulo Amaral, em Poços de Caldas (MG)”

Filó e Felipe Machado, avó e neto, são atrações da terceira rodada do projeto Composição Ferroviária, em Poços de Caldas (MG)

 

SONY DSC
Filó Machado e o neto Felipe tocam e cantam juntos desde 2014 e já se apresentaram nas cidades japonesas de Toquio, Nagoya e Yokohama (Foto: Jo Takahashi | Jojoscope)

O público de Poços de Caldas e cidades vizinhas do Sul da Minas Gerais poderá assistir gratuitamente a partir das 10 horas desde domingo, 3 de maio, mais uma rodada do projeto Composição Ferroviária, coordenado pelos músicos Wolf Borges e Jucilene Buosi. A atração no pátio da antiga estação ferroviária desta vez será Filó Machado, que subirá ao palco com o neto, Felipe Machado, também ao violão, e o pianista Fábio Leandro. A abertura caberá à dupla Lorinho Fonseca e Pedro Bertozzi, dois dos mais populares músicos da história da cidade.

Continue Lendo “Filó e Felipe Machado, avó e neto, são atrações da terceira rodada do projeto Composição Ferroviária, em Poços de Caldas (MG)”